Chapadão do Sul: Menina de 15 anos foi mantida por mais de 12 horas em cativeiro pelo namorado

O autor já tem passagem por violência doméstica por agredir a própria mãe

Na tarde desta quarta-feira, dia 05/08/2020, a Polícia Civil de Chapadão do Sul realizou a prisão em flagrante de Jùnior Faria de Oliveira, Júnior Faria de Oliveira, 25, suspeito pelos crimes de tortura, cárcere privado e ameaça contra sua namorada de apenas 15 anos.

A jovem foi mantida em cárcere privado desde a noite de terça-feira, dia 04/08/2020 até a tarde de hoje, período em que foi cruelmente torturada. Segundo a vítima, o homem a arrastou pelos cabelos e a espancou com socos, chutes e chegou a bater em sua cabeça com um botijão de gás.

Além disso, o autor ainda cortou os cabelos da vítima com uma faca e a filmou ensanguentada dizendo que enviaria o vídeo para seus “irmãos” do PCC. O motivo das agressões teria sido ciúmes.

A vítima conseguiu escapar do cárcere apenas por volta das 17:00h do dia de hoje, oportunidade em que, acompanhada de sua mãe, procurou a Delegacia de Polícia de Chapadão do Sul e denunciou o ocorrido. Diante das informações, os investigadores do SIG da Polícia Civil de Chapadão do Sul realizaram diligências para localizar o autor e realizaram sua prisão em flagrante.

A vítima que apresenta várias escoriações e hematomas pelo corpo, além de uma fratura no nariz, foi encaminhada para o Pronto Socorro do Hospital Municipal de Chapadão do Sul onde está recebendo atendimento médico.

O autor preso em flagrante foi recolhido ao cárcere da Delegacia de Polícia Civil de Chapadão do Sul onde aguarda decisão do Poder Judiciário.

Fonte Policia Civil / O Correio News

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .