Clique no anúncio

Clique no anúncio

Clique no anúncio

Clique no anúncio

Gente de Cassilândia: Tiãozinho da Kaiser atende na Conveniência 3J, na Vila Pernambuco

Sebastião Garcia, o popular Tiãozinho da Kaiser, atende os clientes da Conveniência 3J, na Avenida JK, na Vila Pernambuco, em Cassilândia, ao lado da família

O empresário Sebastião Garcia, o “Tiãozinho”, está sempre atendendo na Conveniência 3J, uma empresa especializada em distribuição de bebidas em geral.

Lá o cliente também pode alugar freezers, cadeiras, mesas, térmicas e acessórios para grandes eventos públicos e festas particulares.

Além disso, há toda variedade em bebidas. Passe lá na Avenida JK, 416, Vila Pernambuco, ou ligue para 3596-4066 / 98213-6214 / 99921-8384.

E você será bem atendido.

Motorista de 28 anos morre em acidente após bater em carreta na BR-463

Os Bombeiros chegaram a ser acionados para socorrer a vítima, mas ela morreu no local

Foi identificada como Nádia Caroline Ramires Canteiro, de 28 anos, a motorista que morreu em colisão com carreta na tarde desta terça-feira (28) na BR-463, em Ponta Porã. A jovem morreu no local.

Conforme informações do portal Ligados na Notícia, Nádia conduzia uma Fiat Toro quando em trecho da rodovia bateu em uma carreta. O veículo que a moradora estava saiu da pista e capotou algumas vezes até parar na mata.

Foi acionado a equipe do Corpo de Bombeiros de Ponta Porã para realizar o socorro da vítima, mas ao chegar no local, os militares constataram que Nádia Caroline já estava morta.

Polícia Civil esteve no local e investigará as causas do acidente. Midiamax

 

No auge da pandemia em MS, escolas particulares retornam em duas cidades

escolas particulares já retornaram às aulas

Escolas particulares em duas cidades de MS já retornaram às aulas. (Foto: Reuters)

Enquanto Mato Grosso do Sul está perto de atingir o pico da pandemia pelo novo coronavírus, que causa o Covid-19, escolas particulares em duas cidades do interior já retornaram às aulas.

Em São Gabriel do Oeste – a 140 quilômetros de Campo Grande, as unidades de ensino haviam retornado em maio. Entretanto, o avanço da doença no município fez com que as aulas fossem suspensas. No início de julho, os alunos entraram de férias e, no segundo semestre, já voltaram a frequentar as escolas.Leia Mais

Cantora Simone, dupla de Simaria, anuncia gravidez

Cantora Simone, dupla de Simaria, anuncia gravidez

A informação foi confirmada pela assessoria da sertaneja

A cantora Simone Mendes que faz dupla com Simaria, anunciou que está grávida. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da dupla sertaneja. A artista, que já é mãe de Henry de 6 anos, com o marido, o empresário Kaká Diniz, já está grávida de dois meses.O casal ainda não sabe qual o sexo do bebê.Leia Mais

Cassilândia: Casa lotérica permanece fechada hoje

Devido a um caso de Covid-19, a casa lotérica permanece fechada na Rua Sebastião Leal, no centro de Cassilândia, nesta terça-feira, 4 de agosto.

Assim os demais pontos de recebimento de contas estão com longas filas, um dia após o feriado de aniversário da cidade.

Confira a imagem.

Cassino Loterias: sem atendimento

Cassilândia: Márcio Miranda, o homem do Posto Independência

O nosso destaque empresarial cassilandense é o Márcio Miranda, proprietário do Auto Posto Independência, localizado na saída para o Chapadão do Sul.

O empreendedor é herdeiro do saudoso Edmundo Miranda e da dona Vilma Miranda, que até hoje está sempre presente na empresa que ajudou a erguer durante quase meio século.

Márcio Miranda tem a oferecer no Auto Posto Independência produtos e combustíveis da marca Petrobras com o melhor serviço e atendimento graças a uma equipe bem preparada.

Márcio Miranda é o nosso destaque empresarial.

Márcio Miranda, do Independência: produtos Petrobras

Mulher é agredida ao pedir que netas parassem com som alto e bebedeira

Delegacia de Rio Negro Arquivo Midiamax)

Uma mulher de 60 anos foi agredida no momento em que duas netas, de 17 e 23 anos, faziam uma confraternização em uma casa no Bairro Santa Fé em Rio Negro, cidade a 154 quilômetros de Campo Grande, na noite deste domingo (02).

A vítima disse à polícia que as netas ingeriam bebida alcoólica e escutavam som alto com mais três homens na casa que fica em frente à sua. Consta no boletim de ocorrência, que ela foi até o local, para pedir que parassem com a bebedeira e som alto, pois precisava dormir para trabalhar no dia seguinte.

Neste momento, ela então foi xingada e empurrada duas vezes por um dos homens que estava no local. Uma das netas ainda teria tentado agredi-la, quando uma filha da vítima chegou ao local e a impediu. O caso foi registrado como lesão corporal dolosa, injuria e pertubação da tranquilidade na delegacia da cidade.

Midiamax

 

Cassilândia: Você conhece o número de WhatsApp da Fibernet?

A FIBERNET,  empresa de internet fibra óptica de Cassilândia, visando a melhor comunicação com seus clientes, disponibiliza também o contato através de mensagens via WhatsApp.

Neste canal você poderá solicitar segunda via de boleto, comunicar um problema técnico, abrir ordem de serviço, solicitar informação sobre planos e velocidade e muito mais!

No WhatsApp 067 98402-7674 você encontrará todas as vantagens de ter um suporte técnico local, falando diretamente com a equipe técnica da cidade de Cassilândia, acelerando assim o atendimento com o cliente.

E claro, o telefone fixo 3596 2616 continua disponível para todas essas funções.

É a FIBERNET visando sempre a transparência e a facilidade de comunicação com seus clientes.

Auxílio Emergencial: governo divulga calendário de pagamento para mais 1,15 milhão de beneficiários

O Ministério da Cidadania divulgou nesta segunda-feira (3) o calendário de pagamentos do Auxílio Emergencial para novos aprovados e pessoas que tiveram o pagamento reavaliado. O total de beneficiados no novo calendário chega a 1,15 milhão de pessoas. Com isso, o total de brasileiros já aprovados ao auxílio chega a 66,2 milhões.Leia Mais

A dureza do protocolo da COVID-19 causando sofrimentos

Verdadeiras ditaduras são as regras impostas nos protocolos da COVID-19, tanto para o tratamento, que já levou a Anvisa a exigir receita médica até para um simples vermífugo, atendimento médico e destino de corpos dos falecidos que tem causado grandes sofrimentos.

Nenhum morador de Chapadão do Sul morreu até o momento por insuficiência respiratória causada diretamente pelo vírus COVID-19, mas das consequências, apenas dois casos até o momento.

Nesta semana faleceu um cidadão do município por infarto fulminante, mas em teste rápido realizado no Hospital Municipal, constatou-se inicialmente que ele estava contaminado pelo vírus, a aí começou o sofrimento.

O protocolo de atendimento no hospital é duríssimo com os profissionais da saúde, e quando há falecimento, com suspeita de contaminação da COVID-19, a sua dureza se estende aos agentes funerários e mais ainda, aos familiares, que se quer tem o direito de olhar o ente falecido.

Lembra um agente funerário de Chapadão do Sul, que eles são chamados no Hospital, quando falece uma pessoa contaminada pela COVID-19, ou em consequência direta dela, são obrigados a seguir o protocolo. Como os familiares, os agentes não vêm o corpo, quando são autorizados a agir ele já está embalado em duas capsulas e apenas é colocado em uma urna e levado direto para o cemitério. Não há preparação do corpo como nos demais casos de morte.

Por falta de vacinas, de supostos mais conhecimentos sobre o vírus, interesses obscuros, que aparentemente estão levando à demora na aprovação dos remédios, que já são usados para a cura da doença respiratória causada pela COVID-19, até pelas mais altas autoridades do mundo, os protocolos seguem com as suas rigidezes.

Existem orientações sobre o acondicionamento de corpos contaminados em necrotérios, desde que em primeiro lugar haja o necrotério e em segundo a existência da câmara refrigerada. Nesses casos existe a possibilidade da entrega do corpo a uma funerária, que lacra a urna e realiza o velório. Para este caso são necessários investimentos públicos na montagem dos necrotérios com as câmaras frias. Na região de Chapadão do Sul, ou Bolsão não existe câmara em funcionamento. Na cidade de Paranaíba, segundo funerárias de Chapadão do Sul, existe uma câmara no IML, porém está desativada por falta de manutenção.

Infelizmente teremos outros casos de morte de pessoas contaminadas em Chapadão do Sul e demais localidades pelo Brasil e pelo mundo afora, mas enquanto não tivermos a segurança e garantia dos remédios e métodos de cura da doença causada pelo vírus, deveremos conviver com a dureza dos protocolos.

Casal com recém-nascido capota veículo lotado de droga durante perseguição

Carro capotou na entrada da cidade (Foto: Jornal da Nova)

Na noite de segunda-feira (3), um homem que não teve nome ou idade divulgados foi preso por tráfico de drogas em Nova Andradina, a 297 quilômetros de Campo Grande. Acompanhado da esposa e do filho recém-nascido, ele fugiu da polícia e acabou capotando o carro.

O motorista seguia pela MS-276 com o Fiat Siena, placas de São Paulo (SP), quando furou o bloqueio policial e iniciou a fuga. Assim, foram aproximadamente 30 quilômetros de acompanhamento tático, até que o homem perdeu o controle da direção.

Casal com recém-nascido capota veículo lotado de droga durante perseguição
(Foto: Jornal da Nova)

Cassilândia: Casa Lotérica está fechada devido ao Coronavírus

A Casa Lotérica de Cassilândia, localizada na Rua Sebastião Leal, está fechada desde a sexta-feira, 31 de julho, em função de um caso de Covid-19.

A empresa decide hoje cedo se irá abrir as portas nesta terça-feira. Leia a nota.

“A Lotérica Cassilândia informa que devido uma de suas funcionárias ter diagnosticado positivo para o Covid-19, mesmo estando afastada de suas funções há mais de 20 (vinte) dias, para resguardar a saúde das demais funcionárias e de seus clientes, ponderou em suspender as atividades para uma completa higienização de suas instalações, bem como para aguardar os resultados dos testes das demais colaboradoras da empresa. Nesta terça-feira, as 8h30, haverá uma reunião com a Secretaria Municipal de Saúde para tratar sobre o assunto. Agradecemos a compreensão de todos.”

Casa Lotérica de Cassilândia

Polícia Militar Ambiental de Cassilândia autua infrator em R$ 10 mil por degradação de nascentes para plantio de pastagem e manter gado na área protegida

Polícia Militar Ambiental de Cassilândia autua infrator em R$ 10 mil por degradação de nascentes para plantio de pastagem e manter gado na área protegida

Polícia Militar Ambiental de Cassilândia autua infrator em R$ 10 mil por degradação de nascentes para plantio de pastagem e manter gado na área protegida

Policiais Militares Ambientais de Cassilândia realizaram fiscalização nas propriedades rurais do município de Água Clara, a 60 km da cidade de Paraíso das Águas hoje (14) e autuaram um proprietário rural de 64 anos, por degradação de área protegida de preservação permanente. O infrator, residente em Chapadão do Sul, realizou a gradeação com tratores de uma área de nascentes, depois da retirada de matas ciliares e formou pastagem.

Além disso, havia uma represa nessas áreas de nascentes iniciais de um curso d’água que corta a propriedade que foi feita para dessedentação de animais, o que agravava o problema, pois o gado pisoteava a região, acentuando mais ainda os danos. As atividades foram interditadas e o proprietário rural foi notificado a retirar o gado e a recuperar a área degradada.

O infrator foi autuado administrativamente por danificar área considerada de preservação permanente (APP – nascente) e foi multado em R$ 10.000,00. Ele também responderá por crime ambiental e poderá pegar uma pena de detenção de um a três anos.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Futebol: Jogos de hoje na TV

JOGOS AO VIVO DE TERÇA-FEIRA – 04/08/2020
Horário de Brasília (GMT -3)

tvtest3

15:45 Campeonato Inglês – 2ª divisão (playoff, final) : Brentford x Fulham
  ESPN BRASIL

tvtest3

20:00 Torneio do Interior – SP (final) : Red Bull Bragantino x Guarani
  SPORTV

tvtest3

21:30 Copa do Nordeste (final, volta) : Bahia x Ceará
  SBT NE; FOX SPORTS; COPA DO NORDESTE (Youtube); LIVE FC

Doentes por Futebol

Uems vai selecionar professores temporários para seis cidades

Sede da Uems, em Dourados (Foto: Folha de Dourados)

Sede da Uems, em Dourados (Foto: Folha de Dourados)

A Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) abriu seleção para contratação de professores temporários nas cidades de Campo Grande, Dourados, Nova Andradina, Jardim, Naviraí e Cassilândia. As inscrições seguem até o dia 7 de agosto.

Os interessados em participar da seleção devem se inscrever no site da Universidade destinado para concursos. As vagas abertas em seus unidades são para aulas nos cursos de Ciências Contábeis (Nova Andradina), Língua Inglesa (Jardim), Língua Portuguesa (Naviraí), Letras (Cassilândia), Letras/Inglês (Campo Grande) e Química (Dourados).

Os candidatos serão avaliados em provas didáticas e de títulos. O contrato terá duração de 12 meses, podendo ser prorrogado uma vez. Para os professores com doutorado o salário será de  R$ 4,3 mil em 20 horas semanais e R$ 8,6 mil (40 horas semanais).

Aos mestres o subsídio será de R$ 3.086,31 (20 horas) e R$ 6.172,62 (40 horas). Já os aprovados que tiverem especialização irão receber R$ 2.144,93 ou R$ 4.289,85, dependendo da carga horária. Já aqueles que só tiverem graduação a remuneração ficará em  R$ 1.191,63 (20 horas) e R$ 2.383,25 (40 horas).

As inscrições seguem até o dia 7 de agosto, sendo que as provas práticas estão previstas para 24 e 25 de agosto. Os candidatos terão acesso ao resultado final do certame no dia 31 do mesmo mês.

CAMPO GRANDE NEWS

‘Caso zero’ de Covid-19 em Figueirão, médico diz que não foi isolado mesmo com sintomas

A confirmação do primeiro caso positivo da Covid-19 em Figueirão causou controvérsia entre um médico de posto de saúde da cidade, que seria o “paciente zero” de Figueirão, o prefeito Rogério Rosalin (PSDB) e o secretário de saúde, Giovanni Bertolucci Alves. Isso porque, ao ter o município incluído pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) no boletim epidemiológico, Rosalin contestou a confirmação alegando que o paciente não seria residente da cidade e nem estaria cumprindo isolamento no município.Leia Mais

Cassilândia: História de Antônio Paulino e a fusão com a família Castro

Antônio Paulino era espanhol da Catalunha, mais precisamente de Barcelona, e seu nome de batismo era Pablo Altafay Ereza

Um dos patriarcas dessa fusão de famílias foi o senhor Antônio Paulino, nascido na cidade espanhola de Barcelona, no dia 22 de abril de 1881, com o nome de Pablo Altafay Ereza, que aos nove anos de idade veio com a família para o Brasil.

Vamos saber um pouco mais sobre a fascinante vida de Antônio Paulino a seguir.

O que se sabe é que ele chegou ao Rio de Janeiro anos depois, mais precisamente em 1890, depois mudou-se para Franca, no Estado de São Paulo, onde iniciou trabalho numa indústria de calçados. O Tio Quinca, umas das mais importantes fontes de informação para este livro, lembra que o pai foi, além de tudo, um grande sapateiro, um excelente farmacêutico e ainda alfaiate.

Ele saiu de Franca e foi morar em Santa Rita dos Passos, em Minas Gerais, onde conheceu Rita Augusta de Araújo, que se tornaria sua esposa no ano de 1899. Teve 18 filhos: Joaquim Eurípedes, Emília, Armanda, Veridiano, Paulo, Donato e Donato (Os Cocãos), Iracema, Aracy, Dolores, Esmeralda, Otávia, Otávio, Esmengalda, Isa, Maria e Cotinha.

Com o passar dos anos a família mudou-se para a Fazenda Coqueiro, no Estado de Goiás, sendo que parte dos filhos nasceu naqueles dois estados.

Alguns deles faleceram devido à difteria e porque não havia soros ou vacinas capazes de combater essa terrível doença.

De acordo com informação, seu Antônio Paulino chegou a esta região e requereu junto ao governo, através de carta adjudicatória, uma gleba de terras de cerca de 2, 5 mil hectares, onde passou a trabalhar juntamente com sua prole, tornando-se um próspero produtor rural.

Há fonte que citou que seu Antônio Paulino se tornou muito conhecido pelos moradores por causa de suas rezas e benzeções que curavam quebrantos, encostos, mal-olhados e males espirituais.

E a verdade é que ele fazia lá as suas orações e todos acreditavam nelas. E não era só “médico”, benzedor, curador, fazendeiro; era além de tudo, um bom alfaiate e, por extensão, sapateiro dos bons. Por tudo isso, tornou-se também uma espécie de conselheiro da comunidade, alguém que tinha a palavra certa na hora da dúvida, e, portanto, era sempre muito procurado por toda a gente.

Dona Isabel, esposa do seu Tiuca, contou que certa vez ficou doente e teve que ser operada numa cidade do Estado de São Paulo. O velho caridoso se prontificou a leva-la até lá e não cobrou nada. Assim, lembrou ela, fazia com todos, não negando a ninguém os seus préstimos.

A junção com a família Castro começou já em 1931 com o casamento de sua filha Armanda Paulino que contraiu núpcias com Manoel de Castro, o “Velho Moleque” quando este tinha seus 29 anos. Daí nasceram os filhos Íbio, Eduardo, Ilda, Isaura, Antônio, Nilo e Dairson.

A segunda filha a se casar foi Iracema, que nasceu no dia 5 de julho de 1921, com José da Silva Castro, que havia nascido em 12 de outubro de 1912, na mesma Fazenda Ariranha, de propriedade do pai.

No dia 3 de abril de 1944, na cidade de Paranaíba, casava-se Aracy Paulino, nascida em 3 de abril de 1925, com João da Silva Castro, que nasceu no dia 4 de junho de 1919; da união nasceram os filhos Rita, casada com Valdir Alves Gonçalves, o “Liquinho Cadete”; Laerte, Isaura e Nilva.

E finalmente, no dia 11 de janeiro de 1947, casava-se a última Paulino com e um Castro. Era Dolores Paulino Borges, que nasceu no dia 7 de janeiro de 1931, na Fazenda Viradouro, com Divino da Silva Castro, nascido em 23 de março de 1923, com quem teve os filhos Celes, Eltes, Fatima, Élio de Castro Paulino, Sidnei e Arceli.

O outro arrimo de família foi o saudoso Eduardo de Castro, próspero agropecuarista e homem da lida diária, que casou-se com Isaura da Silva Lata e teve os filhos Manoel, Antônio, José, Sebastião, Jerônimo, Divino, João, Idalina, Josefa, Ana, Tereza, Helena e Maria da Silva Castro.

Antônio da Silva Castro, que nasceu em 20 de agosto de 1917, casou com Maria Perpétua da Silva, no dia 15 de fevereiro de 1947 e teve os seguintes filhos: Odeces, Odeíles, Nilda, Dilza, Odenil, Donizete e Aldna.

Pode-se dizer, portanto, que duas famílias viraram uma só, a Castro-Paulino. Com o falecimento de seus patriarcas Antônio Paulino e Eduardo de Castro, os herdeiros seguiram na missão de cuidar da tradição das duas famílias cassilandenses.

Os registros dizem que seu Antônio Paulino faleceu no dia 20 de setembro de 1955, vítima de um assassinato covarde, ocorrido ao descer do ônibus em Paranaíba, na época em que a lei do velho Mato Grosso era o 44, e até hoje não se sabe ao certo a motivação do crime.

As famílias Castro e Paulino sempre tiveram uma grande importância na formação sócio-cultural e econômica de Cassilândia, oferecendo à comunidade muitos filhos que se tornaram profissionais de renome nas áreas da saúde, educação e cultura. Extraído do livro A História de Cassilândia, de Corino de Alvarenga / Foto de Antônio Paulino reproduzida do livro História da Formação de Cassilândia, de Élio de Castro

Gente de Cassilândia: Donizete Rezende, da Bio Extratus, um empreendedor

Donizete Rezende: Sucesso nos negócios

 

O grande sucesso da marca Bio Extratus em boa parte do Estado se deve ao trabalho do empreendedor Donizete Rezende, um homem da batalha que logo cedo está visitando clientes e oferecendo essa excelente linha de produtos.

Além disso, Donizete entende de cuidar do cabelo de seus clientes e oferecendo, principalmente, satisfação em tudo que faz.

E nós, os amigos, ficamos aqui sempre torcendo pelo seu sucesso. Bola pra frente, garoto!

Donizete Rezende é gente de Cassilândia.

Cassilândia: A história de Cassinha e a ideia de fundação da cidade

Joaquim Balduíno de Souza, o Cassinha, nasceu em 14 de maio de 1895, em Patrocínio, interior do Estado de Minas Gerais, filho de lavradores.
Como a família era humilde, logo cedo passou a trabalhar para ajudá-la no sustento da casa, de acordo com depoimento de familiares. E isso logo aos oito anos de idade.
De acordo com um historiador, Cassinha gostava de andar descalço, mania que ele tinha desde a tenra idade.
Uma fonte mineira dá conta de que Cassinha, aos dez anos de idade, ajudava o pai em seu engenho de cana, na fabricação de açúcar, rapadura, melado e outras guloseimas rústicas.
Aos 15 anos, segundo essa fonte, Cassinha foi vitimado por uma doença muito grave, que seria difteria ou malária, e só não morreu devido a socorros urgentes num período em que a saúde pública era muito precária.
Alguns anos depois Cassinha resolveu trocar Patrocínio pelo cerrado mato-grossense, na companhia de sua esposa Maria Francisca de Jesus, que lhe deu os três primeiros filhos.
A viagem foi dura e demorada. Ele ensacou os utensílios de uso pessoal e domésticos, trelando-os numa égua baia, arreou um cavalo e uma outra égua roxa, segundo narrativa de um familiar. Assim deixou sua terra natal por uma estradinha estreita e rudimentar em viagem rumo ao velho Mato Grosso.

Conheça melhor a História de Cassinha, o nosso fundador

Há fonte ouvida que garantiu ter Cassinha e a família viajado sobre carros de bois, enquanto outros diziam que a peleja foi a pé.
Após dias e dias de viagem, Cassinha chegou à fazenda de Isaias Bito, cognome de Isaias de Teixeira Borges, o marido de Dona Tonica. Penalizado, Isaias Bito deu à família de Cassinha amparo e agregação.
O mineiro desbravador construiu de início um açude, cercas, pequenas obras rústicas de grande utilização para seu Isaias Bito, além dos trabalhos roceiros convencionais, fato este que veio provocar grande admiração por parte do patrão. O mineiro perambulante de então se tornou o homem de confiança de Isaias Bito.
– Havia nele qualquer coisa de diferente. De estranho… e eu não sei o que era, não. De um pedaço de pau bruto ele construía uma ferramenta ou qualquer coisa de utilidade. E olha que era analfabeto de tudo! – diz seu Tiuca, apelido de Sebastião da Silva Borges, com o pensamento voltado para décadas passadas.
O nosso fundador trabalhou duro no primeiro ano. O senhor Isaias Bito custeou-lhe de tudo. O serviço era lavoura. Mineiro dos bons, “Cassinha” pegou pesado no serviço e no final da colheita conseguiu quitar suas dívidas junto ao fazendeiro. Quando saiu de suas terras não foi à-toa, mesmo porque já estava conseguindo o seu lote de terra no tal Sertão dos Garcia, que, por sinal, era a área que compreende hoje o território da cidade de Cassilândia.
Naquela época dezenas de homens de homens que não possuam terras nem tantos bens materiais estavam se movimentando para adquirir um pedaço por mais pequeno que fosse. E “Cassinha”, vendo-se na possibilidade de se tornar também um proprietário, não pensou duas vezes e encarou a parada. O mesmo acontecia com o senhor Manoel da Silva Castro, conhecido por todos pelo apelido de “Velho Moleque”. Ele nos lembra que o procurador do senhor Antônio Paulino requereu um pedaço de terra para todos que estavam interessados em adquiri-la. Lembra seu “Moleque” que o senhor Isais Bito e o seu Isaias Cândido, após o reconhecimento da carta adjudicatória, enviada pelo Estado, aproximadamente no ano de 1935, encarregou-se de escriturá-la em Paranaíba. “Cassinha” requereu 50 alqueires goianos.
Nestas terras em que pisamos ele construiu uma casa, cujas paredes foram feitas de madeira lapidada a machado e coberta por capim do brejo, extraído da redondeza. O mineiro “Cassinha” começou a derrubar a mata densa ao redor de sua casa. Assim também o fizeram os demais pioneiros, iniciando assim a colonização da chamada Vila São José.
Sem implementos agrícolas ou maquinários, o fundador e os intrépidos pioneiros passaram a lidar com suas lavouras na base do braço e de poucas ferramentas, escoando depois a produção em carros de madeira, fabricados rusticamente, afinal estradas praticamente não existiam, uma viagem a Paranaíba era muito trabalhosa devido à falta de uma boa estrada.
Outros montaram pequenos estabelecimentos comerciais como armazéns, empórios e farmácias, sempre na base de grande sacrifício e muita economia, afinal os clientes eram muito poucos, dezenas – ou centenas, se tanto.
O senhor João dos Santos Leal lembra que “Cassinha” havia fabricado um pequeno carro de madeira que era puxado por dois cães de raça misturada.
– O macho chamava-se “Motor” e a fêmea ganhou a alcunha de “Baleia” – conta João Leal, irmão do saudoso Sebastião Leal, que assumiu depois o loteamento de terrenos, continuando, assim, o pequeno povoado.
João Leal lembra que no ano seguinte o fundador conseguiu dois carneiros para puxar o pequeno carro de madeira.
Alguns mais piadistas lembram que “Cassinha” havia atrelado o carro a dois cães na sua parte traseira porque os carneiros tinham medo deles e corriam em alta velocidade máxima para não serem alcançados pelos dentes afiados dos caninos. A história desse carrinho de madeira repercute na memória dos últimos contemporâneos do fundador cassilandense.

A brilhante ideia
Corria o ano de 1926. “Cassinha”, a princípio, viera única e exclusivamente com o objetivo de estabilizar-se por aqui ou algum lugar qualquer. Se não estava ainda rico, pelo menos havia melhorado de vida, chegando, inclusive, até a aumentar a família. Em terras do velho Mato Grosso nasceram outros quatro filhos, totalizando sete: Cândida, Anésia, Ornatino, Sebastião, Odélio, Odílio e José Balduíno de Souza, que ganhou o apelido de “Zé Cassinha”.
O arrimo da família resolveu um dia montar um engenho movido por força animal, produzindo rapaduras, melados, doces e, claro, açúcar, além de lidar com engorda de porcos, vendendo o que podia no comércio de Cassilândia e também em Paranaíba e Três Lagoas.
Já morando numa casa mais confortável às margens do Rio Aporé, “Cassinha” passou a lidar com uma balsa de madeira que era usada para fazer o transporte de pessoas até o Estado de Goiás.
Ele era um homem com ideias progressistas para a sua época e um dia resolveu promover uma reunião na residência do ex-patrão Isaias Bito, sua esposa Tonica e o libanês Amin José.
O fundador apresentou a ideia de se erguer um povoado nas terras de seu Isaias Bito, mas dona Tonica foi contra, o que fez com que o assunto terminasse ali.
Em outras oportunidades, “Cassinha” voltou a tocar no assunto do povoado, mas sempre havia alguém para ser contra, por achar que não havia moradores suficientes para se erguer ali um povoado ou uma cidade.
Ele era um homem progressista, mas era visto como um desvairado, que havia perdido de vez o juízo.
Só que “Cassinha” estava lúcido e muito determinado, a ponto de estusiasmar os seus pares naquele sertão intocado, de terra muito fértil, que lhe parecia ter a vocação para ser uma próspera cidade.
Sua intenção era começar tudo lá pelos lados da Vila Pernambuco, mas seu Ricardo Barbosa Sandoval lembrou-lhe que ali não era um bom começo devido ao grande desnível. E, assim, “Cassinha” começou o empreendimento da partilha de lotes em sua área de terra, transformando, em algum tempo, o Sertão dos Garcias em Vila São José e depois em Cassilândia, que, conforme já mencionamos, significa, ao pé da letra, “Terra de Cassinha”, uma homenagem, portanto, ao fundador.
Segundo alguns, ele contratou um engenheiro prático para auxiliá-lo nos trabalhos de medição dos lotes, separação das áreas para os órgãos públicos, logradouros diversos etc.
Uma outra fonte garante que “Cassinha” foi em Paranaíba e contratou os engenheiros Augusto Correa e César Mansini para a lida de medição e ordenamento da urbe.
Isso teria ocorrido nos idos dos anos 40. Ali estava começando Cassilândia. Extraído do livro A História de Cassilândia, de Corino Rodrigues de Alvarenga

Radiadores JS e Auto Socorro, uma empresa parceira dos motoristas

Se o carro quebrar na cidade, chame a Radiadores JS. Se o carro quebrar ou bater na estrada, chame a Auto Socorro JS com serviço de guincho. Assim trabalha a Radiadores JS e Guincho 24 horas, com socorro automotivo rápido e eficiente.

A Radiadores JS e Guincho é comandada pelos sócios João Batista Soares Vaz, Renata Bernardes Souza e Alessandro Pereira da Silva, que atua no mercado de Cassilândia há diversos anos.

Radiadores JS e Auto Socorro JS: Apoio nas horas difíceis

E é bom anotar aí na agenda os telefones do Guincho 24 horas JS, afinal a gente nunca sabe quando vai precisar. Para chamar o socorro, ligue 67 98185-6066 e 67 99682-6066. A empresa está localizada na Avenida Dr. Adaias Marques Moreira, 45, no Bairro Bom Jesus, em Cassilândia. Já os telefones da Radiadores JS são 67 3596-1552 e 67 99956-5638.

Então já está dado o recado. O carro quebrou ou bateu na estrada, chame o Guincho JS. Ou a Radiadores JS.

O atendimento é bem rápido, eficiente e o preço é bem convidativo.

Cassilândia História: Saiba os nomes de todos os prefeitos e vereadores desde o primeiro mandato em 1954

Foto montagem Cassilândia Urgente

O Cassilândia Urgente publica a partir de agora os nomes de todos os prefeitos e vereadores eleitos de Cassilândia desde 1954. Vale lembrar que Sebastião foi o primeiro prefeito eleito, mas Cassilândia teve antes um prefeito nomeado que exercer o cargo por alguns meses, o senhor Caetano Nogueira da Cunha, o popular Chaim.

De todos os gestores municipais de Cassilândia, Jair Boni é o único prefeito com quatro mandatos eletivos, exercendo o quarto na atualidade. Joaquim Pernambuco e Carlinhos do TRR conquistaram dois mandatos nas urnas.

Eis a primeira ata lavrada no dia 1 de fevereiro de 1955 na Câmara de Vereadores de Cassilândia, assinada pelo primeiro presidente do Poder Legislativo, Arbilião Alves Guimarães.

Diz o documento oficial: Ata de posse e instalação da Câmara Municipal de Cassilândia MT. Às 14h do dia 31 de janeiro de 1955, nesta cidade de Cassilândia, Comarca de Paranaíba, Estado de Mato Grosso, em edifício da Prefeitura Municipal, na sala destinada ao funcionamento da Câmara Municipal, sob a presidência do vereador Manoel da Silva, consoante instruções do Egrégio Tribunal Regional Eleitoral, realizou-se a sessão solene pra posse dos vereadores eleitos no pleito de 3 de outubro de 1954, a instalação da Câmara Municipal deste município para o período de 1955 a 1959.

Conheça a nossa rica história política a partir de agora.Leia Mais

Gente de Cassilândia: Tiãozinho da Kaiser atende na Conveniência 3J, na Vila Pernambuco

Sebastião Garcia, o popular Tiãozinho da Kaiser, atende os clientes da Conveniência 3J, na Avenida JK, na Vila Pernambuco, em Cassilândia, ao lado da família

O empresário Sebastião Garcia, o “Tiãozinho”, está sempre atendendo na Conveniência 3J, uma empresa especializada em distribuição de bebidas em geral.

Lá o cliente também pode alugar freezers, cadeiras, mesas, térmicas e acessórios para grandes eventos públicos e festas particulares.

Além disso, há toda variedade em bebidas. Passe lá na Avenida JK, 416, Vila Pernambuco, ou ligue para 3596-4066 / 98213-6214 / 99921-8384.

E você será bem atendido.

Cassilândia História: Os amigos Valdeir Oliveira Dias e Ordalino Pereira de Almeida nos tempos da Lei de Mato Grosso do 44

Esta foto é do Tiãozinho da Conveniência 3J, da Vila Pernambuco, e mostra os dois amigos Valdeir Oliveira Dias e Ordalino Pereira de Almeida, provavelmente no ano de 1974, brincando com revólveres.

Naqueles tempos predominava a Lei de Mato Grosso, a do 44, que significava chumbo grosso.

A foto é ótima e faz parte da história cassilandense.

Conhecida como ‘Cidade Sorriso’, Cassilândia comemora seus 66 anos nesta segunda

(Divulgação).

Conhecida como ‘Cidade Sorriso’, Cassilândia comemora seus 66 anos nesta segunda-feira (3). A cidade, localizada a 430 km de Campo Grande, foi desmembrada de Paranaíba, e tem sua economia voltada à pecuária de leite e de corte e a silvicultura. Devido à pandemia de coronavírus, o município não deve contar com uma festa neste ano.

A cidade tem uma população estimada em 21,9 mil habitantes segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e salário médio mensal dos trabalhadores do município é de dois salários mínimos.

O  município de Cassilândia surgiu da necessidade de um povoado que servisse de apoio para os fazendeiros que se deslocavam para a região. Segundo relatos, em 1943, Joaquim Balduíno, conhecido como Cassinha, idealizou a formação do povoado.

Ele fez a doação de um terreno a São José, onde seriam construídas uma praça e a igreja. Depois, foi feita a demarcação do terreno da praça e abertura da primeira rua que recebeu o seu nome. Em dezembro de 1944, chegava o libanês Amim José, em companhia de sua família, construindo a primeira casa em terras ainda pertencentes à Fazenda Salto, de propriedade de Cassinha. Em seguida surgiu um botequim e uma pensão, iniciando a formação do município.

Em março de 1946, foi instalada a primeira escola, quando Cassinha foi assassinado por desconhecidos. Coube então a Sebastião Leal continuar a formação do vilarejo. Em 1948, foi criado o Distrito de Cassilândia, que é elevado à categoria de município no dia 3 de agosto. Midiamax

História de Cassilândia: Conto Pitoresco Verídico, de Ivan Fernando Gonçalves Pinheiro

Conto Pitoresco Verídico

Ivan Fernando Gonçalves Pinheiro*

Um advogado mineiro do interior instalou sua banca de advocacia na comarca de Cassilândia-MS, no início da década de 80, imaginando que conhecia a linguagem popular dos sul-mato-grossenses. Logo teve que aprimorar seu vocabulário coloquial quando recebeu para consulta um nativo da região, caboclo rural falastrão, que foi direto ao caso quando disse:Leia Mais

História de Cassilândia: Folclore político em pequenas crônicas

Foto do Museu da Imagem de Cassilândia / Crédito de Durval Vendrame

CRÔNICA: FOLCLORE POLÍTICO CASSILANDENSE

Relato aqui algumas resenhas políticas contadas por cassilandenses como sendo a mais pura verdade. Se elas são verdadeiras ou não, aí já não é comigo. Estou vendendo o peixe do jeito que comprei.

Me chamam de cachorro – Num certo comício realizado em Cassilândia, com a presença do governador biônico Garcia Neto, um conhecido político discursava em praça pública, em lágrimas, tamanha a emoção:

– Senhor governador Garcia Neto, eles me chamam aqui em Cassilândia de cachorro. É cachorro pra cá, governador, é cachorro pra lá.

E o povão presente confirmando aos gritos:

– É verdade! É verdade!

Não se sabe se o povo estava confirmando uma coisa ou outra. Até hoje a dúvida paira no ar. Se ele era um político cachorro, quem vai saber?Leia Mais

Cassilândia: Márcio Miranda, o homem do Posto Independência

O nosso destaque empresarial cassilandense é o Márcio Miranda, proprietário do Auto Posto Independência, localizado na saída para o Chapadão do Sul.

O empreendedor é herdeiro do saudoso Edmundo Miranda e da dona Vilma Miranda, que até hoje está sempre presente na empresa que ajudou a erguer durante quase meio século.

Márcio Miranda tem a oferecer no Auto Posto Independência produtos e combustíveis da marca Petrobras com o melhor serviço e atendimento graças a uma equipe bem preparada.

Márcio Miranda é o nosso destaque empresarial.

Márcio Miranda, do Independência: produtos Petrobras

História de Cassilândia: A vida do pioneiro Sebastião Leal

Sebastião Leal

Sebastião Leal nasceu no dia 22 de fevereiro de 1906, em Santana de Paranaíba, filho do casal Virgínio Leal e dona Brandi Rosa dos Santos. Ele era um homem calmo e decidido, de estatura mediana, de cútis clara, de olhos e cabelos castanhos, cuja fisionomia era meiga e simpática – descreveu com muita propriedade dona Hermelina Leal em seu livro “Cassilândia de Meus Amores”.

Ela retratou que Sebastião Leal levou à frente o trabalho de loteamento da então Vila São José, iniciado por “Cassinha”, sendo responsável, assim, por uma boa parte do crescimento da terra cassilandense. Sebastião Leal não estava só e sempre podia contar com o apoio do irmão João dos Santos Leal.

Conheça a fascinante história do homem que fez o loteamento onde hoje está Cassilândia, dando prosseguimento à obra inicial de Cassinha.

Leia Mais

Cassilândia: Você conhece o número de WhatsApp da Fibernet?

A FIBERNET,  empresa de internet fibra óptica de Cassilândia, visando a melhor comunicação com seus clientes, disponibiliza também o contato através de mensagens via WhatsApp.

Neste canal você poderá solicitar segunda via de boleto, comunicar um problema técnico, abrir ordem de serviço, solicitar informação sobre planos e velocidade e muito mais!

No WhatsApp 067 98402-7674 você encontrará todas as vantagens de ter um suporte técnico local, falando diretamente com a equipe técnica da cidade de Cassilândia, acelerando assim o atendimento com o cliente.

E claro, o telefone fixo 3596 2616 continua disponível para todas essas funções.

É a FIBERNET visando sempre a transparência e a facilidade de comunicação com seus clientes.

História de Cassilândia: A vida de Joaquim Balduíno de Souza, o “Cassinha”, fundador da cidade

Joaquim Balduíno de Souza, o “Cassinha”

Joaquim Balduíno de Souza, o Cassinha, nasceu em 14 de maio de 1895, em Patrocínio, interior do Estado de Minas Gerais, filho de lavradores.
Como a família era humilde, logo cedo passou a trabalhar para ajudá-la no sustento da casa, de acordo com depoimento de familiares. E isso logo aos oito anos de idade.
De acordo com um historiador, Cassinha gostava de andar descalço, mania que ele tinha desde a tenra idade.
Uma fonte mineira dá conta de que Cassinha, aos dez anos de idade, ajudava o pai em seu engenho de cana, na fabricação de açúcar, rapadura, melado e outras guloseimas rústicas.
Aos 15 anos, segundo essa fonte, Cassinha foi vitimado por uma doença muito grave, que seria difteria ou malária, e só não morreu devido a socorros urgentes num período em que a saúde pública era muito precária.
Alguns anos depois Cassinha resolveu trocar Patrocínio pelo cerrado mato-grossense, na companhia de sua esposa Maria Francisca de Jesus, que lhe deu os três primeiros filhos.
A viagem foi dura e demorada. Ele ensacou os utensílios de uso pessoal e domésticos, trelando-os numa égua baia, arreou um cavalo e uma outra égua roxa, segundo narrativa de um familiar. Assim deixou sua terra natal por uma estradinha estreita e rudimentar em viagem rumo ao velho Mato Grosso.

Conheça melhor a História de Cassinha, o nosso fundador.

Leia Mais

História de Cassilândia: A vida de Joaquim Pernambuco, o saudoso prefeito dos pobres

Joaquim Tenório Sobrinho e a inseparável esposa Maria

O Cassilândia Urgente irá publicar a História de Cassilândia em capítulos, com base no livro de Corino Rodrigues de Alvarenga.

Hoje estamos começando por Joaquim Tenório Sobrinho, o Joaquim Pernambuco, por seus valores inestimáveis em favor de Cassilândia e, sobretudo, do povo mais humilde desta terra.

 

A SAGA DE PERNAMBUCO, O PREFEITO DOS POBRES

Joaquim Tenório Sobrinho, o Pernambuco, mais conhecido como o prefeito dos pobres, nasceu na cidade de Custódia, Estado do Pernambuco, sob o sol inclemente no agreste nordestino, no dia 23 de dezembro de 1922.

Pernambuco, segundo as palavras do poeta repentista Carolino Leobas, é o “Herói nordestino/Que se jogou no mundo/Para cumprir seu destino/Pois a sorte da pessoa/Já se traz de pequenino.” Esse poeta, em simples palavra, soube muito traçar a trajetória de Joaquim Pernambuco, que foi dono de uma grande história.

Filho de um lavrador chamado Gabriel Ferreira e de dona Maria Tenória, foi crescendo e aprendendo que no mundo é preciso lutar muito, que na vida é preciso determinação para vencer as barreiras, é preciso ter vergonha na cara. No dia 20 de agosto de 1944, casou com Maria Francisca de Oliveira e com ela teve os filhos Luiz e Maria Isalve.Leia Mais

Cassilândia História: A antiga Escola Marechal Rondon

Escola Marechal Rondon / Foto extraída do Museu da Imagem de Cassilândia

A Escola Estadual de Cassilândia foi fundada no dia 3 de agosto de 1966 por Dr. Alceu Soares de Aguiar e Augusto de Castro Filho. Na época, funcionava no prédio que passou a abrigar a E. E. 1º Grau Ambrosina.

Sua fundação ocorreu na gestão do prefeito  Joaquim Tenório Sobrinho, o Pernambuco, e o governador era Pedro Pedrossian. Através da Lei 4.024, foi mudado o sistema pedagógico e o tamanho da escola também mudou.

Os primeiros alunos ali matriculados foram Antônio Paulino de Castro, Bisar Barbosa de Assis, Agenor Ferreira Martins, Adma Paulino Leal, Adélia de Freitas, dentre outros.

Com o passar dos anos, foi mudado o nome do órgão educacional para Escola Estadual de I e II Graus Marechal Rondon. A mudança ocorreu para homenagear o grande colonizador Marechal Rondon, “responsável pelo avanço das comunicações no País”, conforme disse a diretora da escola em certo momento. Livro A História de Cassilândia, de Corino Rodrigues de Alvarenga

Antigas carteiras escolares / Foto extraída do Museu da Imagem de Cassilândia

História de Cassilândia: João Albino construiu a cadeia em 1960 que foi inaugurada pelo assassino Zé Pinto

João Albino Cardoso, prefeito eleito em 1958 / Foto Museu da Imagem de Cassilândia

Até o ano de 1960, a baderna corria solta em Cassilândia e a segurança era uma palavra que não existia, mesmo com homens de certa periculosidade circulando soltos, a exemplo de Zé Pinto, Camisa de Couro e Getulinho. Não havia polícia por aqui, a não ser, de vez em quando, com a vinda de algum policial de Paranaíba.

Preocupado com essa situação, o prefeito João Albino Cardoso resolveu correr atrás das autoridades, iniciou a construção da delegacia de polícia e conseguiu a transferência de policiais para a Terra de Cassinha. A primeira cadeia foi construída na área onde hoje está o Supermercado Esquerdão, ali na Rua Antônio Paulino.

A cadeia se resumia a uma construção simples com uma boa tranca na porta. Os seus hóspedes mais frequentes eram os bêbados e os maridos que gostavam de bater em suas mulheres. Em dias de baile o movimento era maior, afinal sempre alguém bebia a mais e começava a dar uma de valentão.

João Albino Cardoso era dono de uma serraria entre as ruas Domingos de Souza França e Antônio Paulino, elegeu-se prefeito em 1958, sendo o segundo prefeito de Cassilândia, logo depois de Sebastião Leal, também eleito, já que Chaim, o Caetano Nogueira da Cunha havia sido nomeado para um curto mandato.Leia Mais

História de Cassilândia: Sílvia Paulino faz homenagem ao pai Donato Paulino, o homem que trouxe o cinema para a cidade

O senhor Donato Paulino Borges, junto com sua esposa Dona Augusta Leal Borges, foi um dos homens mais visionários que nasceu e viveu em Cassilândia.

Na década de 60, sem muito ter viajado ou conhecer meios mais evoluídos, montou em pleno sertão matogrossense este meio de diversão que sem medir esforços ou dificuldades, pelo meio de transporte das malas de filme, pois muito mal havia “estradas” pra fazer chegar em data divulgada os famosos filmes da época.
Cassilândia precisa muito de pessoas assim, que com coragem e determinação fez história, não só para a família mas, pra toda nossa querida Cassilândia.
Lembro com muitas saudades do cine Maracanã e Cine Alvorada.
Muito me orgulho de ser sua filha.
Donato e Augusta, fizeram história na cultura de Cassilândia.

Corinthians vence Mirassol e chega à 4ª final seguida do Paulistão

Corinthians

Corinthians consegue vitória e vai para a final do Campeonato Paulista. (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

De quase eliminado a finalista e postulante ao tetracampeonato inédito. A história do Corinthians no Campeonato Paulista de 2020 ganhou mais um capítulo neste domingo com a vitória por 1 a 0 sobre um surpreendente Mirassol na semifinal do Estadual. Éderson fez o gol da classificação em Itaquera.

Os duelos de ida e volta da grande final estão marcados para quarta-feira e sábado, contra o vencedor do confronto entre Palmeiras e Ponte Preta. Se o rival avançar, a decisão será disputada no Allianz Parque. Caso contrário, na Arena Corinthians.Leia Mais

Gente de Cassilândia: Donizete Rezende, da Bio Extratus, um empreendedor

O grande sucesso da marca Bio Extratus em boa parte do Estado se deve ao trabalho do empreendedor Donizete Rezende, um homem da batalha que logo cedo está visitando clientes e oferecendo essa excelente linha de produtos.

Além disso, Donizete entende de cuidar do cabelo de seus clientes e oferecendo, principalmente, satisfação em tudo que faz.

E nós, os amigos, ficamos aqui sempre torcendo pelo seu sucesso. Bola pra frente, garoto!

Donizete Rezende é gente de Cassilândia.

Homem é morto com tiros no pescoço pelo cunhado

Vítima foi atingida por dois tiros no pescoço. (Imagem: Fala Povo, Midiamax)

Homem morreu com dois tiros no pescoço, na noite deste domingo (02), na rua Anacá, no bairro Moreninhas II, em Campo Grande. Conforme informações preliminares, o autor dos disparos seria o cunhado.

A polícia acredita que o suspeito seria homem chamado Jhonatan, que mais cedo teria sido agredido pelo cunhado. A suspeita é de que ele foi atrás do cunhado tirar satisfação e acabou o matando.

O suspeito estava acompanhado de mais um homem. Os dois foram vistos evadindo do local do crime em uma motocicleta Honda Titan, cor prata. Midiamax

Após 48h sem notícias, filha e genro encontram corpo de homem em decomposição sobre a cama

Caso foi registrado na Depac de Três Lagoas e encaminhado do 2º DP da cidade. (Foto: Arquivo Midiamax)

O corpo de um homem de 59 anos foi encontrado sobre a cama pelo genro e filha na tarde deste domingo (2) em Três Lagoas, distante 330km da Capital. A família estava sem notícias dele há dois dias. Ao lado da cama foi encontrada grande quantidade de remédio e a filha confessou que ele havia brigado com a esposa.

Ao visitar a casa da sogra o rapaz, de 27 anos, sentiu falta do sogro e foi informado de que ele estava “sumido” desde a última sexta-feira (31). Ele e a esposa, de 24, foram, então, até a casa do homem e telefonaram para o celular dele. O aparelho tocou no quarto e, como a porta estava trancada, o casal forçou a janela, avistando o idoso sobre a cama.

Devido ao forte cheiro, ele percebeu que o sogro já estava morto e acionou o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que constatou o óbito e orientou o casal a acionar a funerária. Como o corpo estava em avançado estado de decomposição, eles foram aconselhados a acionar a Polícia Civil.

Segundo o boletim de ocorrência, a vítima apresentava problemas no coração e era diabética. Entretanto, ao lado da cama foi encontrada grande quantidade de remédios. Familiares afirmaram que o idoso estava brigado com a esposa, e por isso morava sozinho na casa. A última visualização no WhatsApp, segundo a filha, foi na noite de sexta-feira, por volta das 20h40.

O corpo foi conduzido ao IML (Instituto Médico Legal) de Três Lagoas, seguindo orientações do delegado presente no local, devido ao estado de decomposição do corpo. O caso é investigado como morte a esclarecer, foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Três Lagoas e será encaminhado ao 2º Distrito Polici da cidade. Midiamax

Mercado Pago cobra taxa para transferência do auxílio emergencial

O auxílio emergencial sumiu do Caixa Tem; veja detalhesO Mercado Pago é uma opção popular entre quem deseja fazer transferência do auxílio emergencial de R$ 600 ou FGTS emergencial. A novidade do aplicativo é que, ao fazer a transferência dos benefícios pelo cartão de débito, agora será cobrada uma taxa.

A taxa ainda não é cobrada quando a transferência é feita por boleto bancário, como ocorre para transferir o valor para fintechs. Ainda assim, a nova cobrança de taxa não foi bem aceita entre os internautas. O Mercado Pago está cobrando tarifa 0,8% para esse tipo de transferências. De acordo com a empresa, a taxa serve para cobrir uma parte dos custos da transação com o cartão de débito.Leia Mais

Universidades lançam maratona de 500 aulas online gratuitas nesta segunda, dia 3

Com a pandemia do novo coronavírusaulas online têm ‘salvado’ os estudantes de todos os níveis do ensino. Quem está na graduação, então, pode continuar aprendendo e ainda se qualificando em demais áreas por meio de cursos EAD.

Pensando em contribuir positivamente com esse momento de distanciamento social, a rede Laureate Brasil vai lançar uma maratona de 500 lives com conteúdos sobre diversos temas de interesse acadêmico.

Vale dizer que a Laureate é dona de diversas universidades, sendo elas: Anhembi Morumbi, FMU, UniRitter-RS, UNIFACS-BA, UnP-PB, as quais somam mais de 300.000 alunos em todo o Brasil.

Serão duas semanas para os interessados poderem acessar cerca de 500 aulas online sem custo algum.

Não precisa ser matriculado para assistir aulas

A boa notícia é que não precisa ser aluno das faculdades da rede Laureate para poder assistir às lives. Quem quiser aproveitar o tempo livre em casa para se capacitar basta se inscrever pelos sites das Instituições da rede.

Cada universidade apresenta um link para inscrição, portanto, é preciso acessar aquelas que te interessam para conferir o passo a passo de login.

Todos os conteúdos disponibilizados pelo programa somarão mais de 800 horas de aprendizado. Isso é o equivalente a um ano letivo, ou seja, um vasto material.

As aulas serão agrupadas por disciplinas acadêmicas, o que é ótimo para fazer a revisão de conteúdo. Também serão ministradas palestras sobre assuntos relevantes da atualidade, lideradas por profissionais reconhecidos em cada uma das áreas do conhecimento.

De acordo com a rede de universidades, esse conjunto de 500 lives é voltado principalmente a jovens que estão buscando uma nova oportunidade no mercado de trabalho. Ao final da participação, todos os inscritos vão receber um certificado.

“Esse projeto é a materialização do que aprendemos com a pandemia, de que o meio digital é importante para levar educação às pessoas e impactar positivamente o desenvolvimento do país”, diz Sara Pedrini, vice-presidente Acadêmica da Laureate Brasil. Noticias e Concursos

Duas pessoas foram feridas a tiro e facada em Chapadão do Sul

Na noite deste sábado por volta das 23 horas, ocorreu na cidade de Chapadão do Sul, duas tentativas de homicídios, que deixou uma pessoa ferida a tiros e a outra com uma facada, na Rua Costa Rica, no Parque União.

A ocorrência é bastante complexa, já que envolve uma pessoa identificada como “Lagoa” com diversas passagens pela a Polícia, por roubo e tráfico de drogas e a outra identificada pelos familiares, como Weligton, que veio do estado de Alagoas e que esta na cidade apenas 60 dias.

No local da ocorrência, policiais encontraram uma das vitimas (Wellington), ferida a tiro, que foi socorrida pelos bombeiros e encaminhada ao hospital.

Um homem identificou como sendo irmão de Wellington, afirmando que ele e seu irmão estavam na calçada, quando um veículo gol, chegou e uma pessoa, que ele reconheceu, desceu do carro com arma em punho e veio em sua direção, quando seu irmão entrou na frente e foi atingido pelo tiro. No local os policiais, encontraram uma capsula disparada de calibre 380.

Segundo ele, essa pessoa tem uma rixa antiga com eles, desde Alagoas, quando três pessoas foram assassinadas, sendo um professor e o seu Pai e outro homem e eles foram acusados dos crimes, mas, eles negam. Ele acredita que esse homem, veio atrás deles com intuito de vingança.

Sobre o esfaqueamento da outra vitima, no inicio afirmavam que não eram ele e nem seu irmão. Mas no local foram encontradas duas facas, uma com sangue e outra sem vestígios e que provavelmente foram utilizadas no crime.

Outro detalhe, que chamou a atenção dos policiais era uma grande mancha de sangue na rua, levando a crer que o esfaqueamento também ocorreu no local.

O pai dos irmãos envolvidos no entrevero contou uma longa história de assassinatos ocorridos em Flexeiras (AL), cidade de origem dos os envolvidos, quando na ocasião um terceiro filho seu foi assassinado. Ele ainda denunciou o agressor de seus filhos de ser foragido da justiça e que teria cometido outros três assassinatos em Flexeiras.

O Corpo de Bombeiros fez apenas o atendimento a vitima baleada. O ouro foi socorrido por terceiros.

Há informações de que foi necessária a remoção da vitima identificada como Lagoa, para Capital. Não há informações sobre a outra vitima.

    

O Correio News

Conheceu pela internet e ao marcar encontro teve carro roubado

Caso foi registrado na Depac Cepol.

Um homem de 39 anos teve o veículo Renault Sandero roubado na noite deste sábado (1º), na zona rural de Campo Grande, na BR-060 na saída para Sidrolândia, por um trio, sendo que um dos integrantes era uma mulher que havia conhecido pela internet. 

A vítima contou na delegacia que havia conhecido uma mulher em uma sala debate papo da internet, e que haviam marcado de se encontraram por volta das 21 horas deste sábado (1º) próximo a um mercado para irem até uma festa. Quando se encontraram a mulher que se chamava ‘Bruna’ teria pedido para passarem na casa de uns amigos. 

Após passar na casa dos amigos da mulher, dois homens entraram no carro e todos seguiram até uma drogaria para sacar dinheiro. A vítima desceu do carro acompanhado de um dos homens, que seria magro, moreno e teria aproximadamente 1,75 de altura. Mas, o homem não conseguiu sacar o dinheiro. 

Então, se dirigiram para a festa sendo que a mulher deu a instrução para ele ir em direção a rodovia e pegar uma estrada de terra, que disse não conhecer. Ao entrar na estrada, o trio anunciou o assalto e mandou que ele descesse do carro. A vítima ainda foi agredida com a chave de fenda do veículo e deixada na estrada pelos bandidos que fugiram levando o carro. 

A vítima conseguiu pedir ajuda a um caminhoneiro na estrada e chegar até a delegacia para registrar a ocorrência. 

Midiamax 

Cassilândia: Vai construir ou reformar? Fale antes com a Ferrovale

Vai construir ou reformar, a Ferrovale tem tudo que você precisa em ferragens sob medida da fundação até a cobertura, temos lajes, lajotas e escoras metálica.
Temos também cobogós (elemento vazado), tijolos peyver, concregrama, pésão de jardim.
Tudo que você precisa em um só lugar!
Traga seu projeto de construção para fazer um orçamento sem compromisso!
Contatos:
67 98131-6339 tim whatsapp
67 99849-7183 vivo
67 98156-5576

Engenheira responsável Anndrecy Kaller Paula Pires

CREA-SP 5070629021

Visto-MS 37969

Romulo D. Trevisol
e-mail: ferrovaleferragenscassi@hotmail.com
Rua Iliu Rezende e Silva, 165
Vila Pernambuco
Cassilândia- MS
Cep 79540-000

Futebol: Jogos de hoje na TV

JOGOS AO VIVO DE DOMINGO – 02/08/2020
Horário de Brasília (GMT -3)

tvtest3

07:00 Campeonato Chinês : Shanghai SIPG x Hebei China Fortune FC
  ESPN BRASIL

tvtest3

11:00 Campeonato Mineiro (semifinal) : Caldense x Tombense
  SPORTV; PREMIERE

tvtest3

14:00 Campeonato Mexicano : Toluca x Atlético San Luis
  DAZN – (ASSISTA AQUI DE GRAÇA POR 30 DIAS)

tvtest3

15:30 Campeonato Paraense : Remo x Águia de Marabá
  TV CULTURA (PA)

tvtest3

16:00 Campeonato Paulista (semifinal) : Corinthians x Mirassol
  GLOBO (SP, ES, PR, GO, TO, MT, MS, CE, PB, RN, MA, SE, AL, PA, AM, AP, AC, RR, RO, DF); SPORTV; PREMIERE

tvtest3

16:00 Campeonato Mineiro (semifinal) : Atlético x América
  GLOBO (MG); PREMIERE

tvtest3

16:00 Campeonato Gaúcho (semifinal) : Internacional x Esportivo
  GLOBO (RS); PREMIERE

tvtest3

16:00 Campeonato Catarinense (semifinal, dia) : Juventus x Brusque
  GLOBO (SC)

tvtest3

16:00 Campeonato Paranaense (final, ida) : Athletico x Coritiba
  DAZN – (ASSISTA AQUI DE GRAÇA POR 30 DIAS)

tvtest3

16:00 Campeonato Baiano : Bahia x Jacuipense
  GLOBO (BA); PREMIERE

tvtest3

16:00 Campeonato Baiano : Alagoinhas x Juazeirense
  PREMIERE

tvtest3

16:00 Campeonato Pernambucano : Salgueiro x Santa Cruz
  GLOBO (PE); PREMIERE

tvtest3

19:00 Campeonato Paulista (semifinal) : Palmeiras x Ponte Preta
  PREMIERE

tvtest3

19:00 Campeonato Gaúcho (semifinal) : Grêmio x Novo Hamburgo
  SPORTV (menos RS); PREMIERE

tvtest3

19:30 Troféu Inconfidência (MG) : Uberlândia x Boa Esporte
  GE.COM

Doentes por Futebol

Pandemia: 82% dos dentistas continuaram atendimento, diz pesquisa

dentista

Do total, 72% seguiram restrições exigidas pelo conselho profissional

Pesquisa feita pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO) com 40 mil cirurgiões-dentistas entre os dias 25 de junho e 3 de julho revelou que 82% desses profissionais continuam exercendo a odontologia durante a pandemia do novo coronavírus, mas seguindo os cuidados de biossegurança recomendados pela entidade.

Desse total, 72% disseram que continuaram trabalhando com as restrições exigidas, entre as quais alteração do horário de atendimento, menor número de auxiliares, prioridade para urgências e emergências; 10% afirmaram continuar trabalhando sem qualquer tipo de restrição; e 18% interromperam os trabalhos nesse período. O Presidente do CFO, Juliano do Vale, afirmou que essa é a primeira vez na história do Sistema Conselhos que o trabalho foi feito nessa escala. Leia Mais

Mulher tenta passar notas falsas no comércio de Chapadão do Sul

Mulher tenta passar notas falsas no comércio de Chapadão do Sul

Mulher tenta passar notas falsas no comércio de Chapadão do Sul

Nesta sexta-feira (31) um comerciante de Chapadão do Sul informou que uma mulher tentou passar notas falsas. Imagens de câmeras de segurança estão sendo analisadas.

Segundo os comerciantes que alertam sobre o crime, a mulher flagrada estaria com mais notas falsas em uma bolsa, o que deu para perceber no momento em que ela efetuava a compra. A mulher até o momento não foi identificada.

Todos devem ficar atentos. Frequentemente o comercio é vítima de circulação de notas falsas em Chapadão do Sul, principalmente de 50 e 100 reais.

 JOVEM SUL NEWS

A cobra coral pode matar? Coral-verdadeira e falsa-coral são extremamente parecidas e confundem predadores

De cores vivas, os anéis vermelho, preto e branco tornam a cobra-coral uma das serpentes mais conhecidas. A dificuldade para se camuflar dificulta os acidentes com a espécie, ponto positivo já que o veneno é um dos mais ativos no ser humano.

A dúvida quanto à identificação dos indivíduos, porém, é um problema. Isso porque a distinção entre a coral-verdadeira e a falsa-coral é quase impossível de ser feita por leigos.

O diretor do Museu Biológico do Butantan Giuseppe Puorto explica que as serpentes são extremamente parecidas e a diferença mínima está na boca. “Nós que trabalhamos com animais sabemos identificar”, diz. O conselho do herpetólogo para o público leigo é este: “Encontrou alguma cobra que tenha cor vermelha e padrão em anéis, considere como potencialmente perigosa.”

A proximidade na aparência não é por acaso. Para confundir eventuais predadores, e assim garantir a sobrevivência, a falsa-coral imita a verdadeira, mas apenas na coloração, já que, diferentemente da coral-verdadeira, não possui veneno.

Confira as características das duas espécies:

Coral-verdadeira (Micrurus lemniscatus) é cobra peçonhenta que ocorre no Brasil — Foto: Renato Gaiga

Coral-verdadeira (Micrurus lemniscatus) é cobra peçonhenta que ocorre no Brasil — Foto: Renato Gaiga

Coral-verdadeira (Micrurus lemniscatus)

Descritas em 1758, as cobras-corais verdadeiras apresentam coloração em tons de vermelho, laranja, amarelo e branco contrastantes com anéis ou manchas que variam do negro ao castanho-escuro. A espécie possui cabeça oval, recoberta por escamas grandes, olhos pequenos e pretos, corpo cilíndrico com escamas dorsais lisas, cauda curta e roliça.

Distribuídas do sul dos Estados Unidos até a Argentina, ocorrem em todos os países continentais americanos, exceto no Chile e no Canadá, e possuem a capacidade de habitar diferentes tipos de ambientes, desde paisagens desérticas do Peru até savanas elevadas das Guianas e florestas tropicais da Bacia Amazônica.

No Brasil são conhecidas 32 espécies de cobras-corais-verdadeiras, entre elas a Micrurus lemniscatus, que ocorre em todo o território brasileiro e, com frequência, nos estados do Pará, Maranhão e Amapá.

A espécie, diferentemente de outras descritas pelos estudiosos, apresenta hábitos aquáticos e se alimenta de peixes e de vertebrados alongados, como serpentes e lagartos.

Peçonhenta, a cobra-coral verdadeira provoca sérios riscos quando ataca humanos. Com atividade neurotóxica, o efeito do veneno bloqueia o sistema neuromuscular e causa insuficiência respiratória, além de deixar a visão turva, dificultar a deglutição e provocar vômitos.

Para o tratamento, é indicado dirigir-se rapidamente a postos de atendimento, já que o estado de saúde deve ser considerado grave.

Falsa-coral (Erythrolamprus aesculapii) imita coral-verdadeira para despistar predadores — Foto: Renato Gaiga

Falsa-coral (Erythrolamprus aesculapii) imita coral-verdadeira para despistar predadores — Foto: Renato Gaiga

Falsa-coral (Erythrolamprus aesculapii)

Amplamente distribuída no Brasil, a Erythrolamprus aesculapii é uma das 52 espécies de serpentes não peçonhentas que apresentam o padrão coralino ou então a cor vermelha em sua coloração e são chamadas de falsas-corais.

Muito comum em várias regiões do território brasileiro, os indivíduos apresentam atividade diurna e terrícola. Quando adultos, alimentam-se de outras cobras e, quando jovens, predam pequenos lagartos.

Como forma de defesa, a falsa-coral pode achatar o corpo e enrodilhar a cauda (comportamento também realizado por corais-verdadeiras).

Não peçonhenta, a serpente não está envolvida com acidentes graves, mas ainda oferece risco ao humano. Portanto, em caso de ataques, é necessário recorrer a postos de atendimento para ser medicado com uma dose do soro específico. A quantidade é igual tanto para crianças quanto para adultos e o número de ampolas deve ser proporcional à gravidade do acidente. G1

Carreta carregada de gás tomba na BR-262

Carreta carregada de gás tomba na BR-262

Equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada

Uma carreta carregada com aproximadamente 28 mil litros de gás GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) tombou no final da tarde desta sexta-feira (31), na rotatória da rodovia BR 262, no município de Água Clara.

Equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada para atender a ocorrência. Por sorte, o motorista da carreta não se feriu.

Não houve vazamento do material inflamável, os militares do Corpo de Bombeiros de Três Lagoas, com a PRF (Polícia Rodoviária Federal) acompanharam a remoção do veículo e da carga.

Não há informações sobre as circunstâncias que levaram ao acidente.

Top Midia News

Pesquisa aponta que 40% das pessoas desconhecem o glaucoma

Olho

A doença ocular provoca lesões no nervo ótico e pode levar à cegueira

O glaucoma é uma doença crônica, que provoca lesões no nervo óptico e não tem cura. Apesar da gravidade do quadro, quatro em cada dez pessoas não sabem o que é, de acordo com levantamento realizado pelo Ibope Inteligência. 

O índice chega a 53% entre jovens com idade entre 18 a 24 anos e a 71% entre adultos com 55 anos ou mais. Há, ainda, diferença em relação ao gênero: 44% dos homens consultados estão desinformados sobre o assunto, contra 38% das mulheres.

A pesquisa, intitulada “Um olhar para o glaucoma no Brasil”, avaliou o nível de conhecimento de 2,7 mil internautas sobre a doença. Os participantes eram provenientes de sete estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Bahia, Ceará e Pernambuco.Leia Mais

Mega-Sena acumulada pode pagar prêmio de R$ 23 milhões neste sábado

Foto: Arquivo/Agência Brasil

O concurso da Mega-Sena número 2.285 pode pagar, neste sábado (1°), o prêmio de R$ 23 milhões para quem acertar as seis dezenas. O prêmio está acumulado, e será realizado a partir das 20h, horário de Brasília.

Se o ganhador aplicar o valor em uma conta poupança da Caixa Econômica Federal, receberá mais de R$ 29 mil em rendimentos. A aposta custa R$ 4,50, com seis números, e as lotéricas funcionam até às 19h. Pelo Portal Loterias Caixas, os apostadores também podem registrar seus palpites.

Midiamax

Pai manda rapaz ir embora de casa por causa de drogas e é agredido e ameaçado de morte

O irmão ainda teve que defender o pai

No início da manhã deste sábado (1º), rapaz de 27 anos foi detido por agredir e ameaçar de morte o pai e também o irmão. O fato aconteceu após o homem de 50 anos flagrar o filho usando drogas no fundo de casa, no Tiradentes, e o mandar embora.

Segundo as informações do registro, o rapaz é usuário de drogas e estava consumindo entorpecente na companhia de amigos, nos fundos da casa. Com isso, o pai mandou ele sair dali, quando foi agredido pelo filho com socos e chutes.

Ainda segundo o pai, o rapaz usou uma faca para o ameaçar de morte, quando o filho mais novo de 24 anos o defendeu. Assim, a Polícia Militar foi acionada, mas o suspeito já tinha saído do local. No entanto, momentos depois ele retornou armado com um bastão de madeira.

Novamente a Polícia Militar foi ao local e deteve o rapaz, que foi encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol, onde o caso foi registrado como lesão corporal dolosa, ameaça e vias de fato.

Midiamax

Cassilândia: veja a lista de quem recebeu o auxílio emergencial em junho

Auxílio Emergencial: 4,9 milhões recebem primeira parcela em 16 e ...

2.965 pessoas residentes em Cassilândia foram beneficiadas com o auxílio emergencial em junho deste ano

Confira nesta lista o nome de quem recebeu o auxílio emergencial em Cassilândia no mês de junho/20. É uma forma de ajudar a fiscalizar o dinheiro distribuído para amenizar o efeito da pandemia de coronavírus.

Desta forma, você pode conferir na lista o CPF parcial, o nome e o valor recebido por cada pessoa cadastrada no Ministério da Cidadania como morador na cidade de Cassilândia. Através desta publicação, o leitor poderá verificar quem recebeu e identificar suspeitas, como pessoas que não precisam e se cadastraram, além de fraudes (uso indevido do seu nome).

Assim, no Portal da Transparência, você pode comunicar oficialmente ao Ministério da Cidadania com a ferramenta Fala.BR. Ou pode ainda indicar se alguém recebe um benefício indevidamente pelo link “Fique de Olho!”.Leia Mais

Sobrinho mata idoso de 66 anos a facadas durante surto psicótico

Vítima foi morta a facadas pelo sobrinho (Foto: JP News)

Na tarde de sexta-feira (31), por volta das 16h45, idoso de 66 anos foi morto a facadas em Paranaíba, a 407 quilômetros de Campo Grande. O autor do crime seria o sobrinho dele, de 33 anos, que teria tido um surto.

Segundo as primeiras informações da Polícia Militar, o idoso assistia televisão quando o sobrinho teve o surto e o atacou. Assim, com uma faca ele golpeou várias vezes o tio, que acabou morrendo no local.

Conforme o JP News, a vítima morava em um conjunto de casas, onde outros familiares também residiam. O sobrinho era vizinho de frente e foi preso pela Polícia Militar. Assim, os parentes contaram que ele sofre de distúrbio mental e que teria tido um surto.

O caso é tratado como homicídio simples e será investigado. Midiamax

Futebol: Jogos de hoje na TV

JOGOS AO VIVO DE SÁBADO – 01/08/2020
Horário de Brasília (GMT -3)

07:00 Campeonato Chinês : Guangzhou R&F x Guangzhou Evergrande
tvtest3  ESPN BRASIL

13:30 Copa da Inglaterra : Arsenal x Chelsea
tvtest3  DAZN – (ASSISTA AQUI DE GRAÇA POR 30 DIAS)

15:00 Amistoso de Clubes Sub-23 : Botafogo x Fluminense
tvtest3  SPORTV

15:00 Campeonato Catarinense (playoff rebaixamento) : Tubarão x Concórdia
tvtest3  TVN SPORTS

16:00 Copa do Nordeste (jogo 1 da final) : Ceará x Bahia
tvtest3  SBT NE; FOX SPORTS; COPA DO NORDESTE (Youtube); LIVE FC

16:00 Campeonato Pernambucano : Decisão x Sport
tvtest3  PREMIERE

16:45 Taça de Portugal (final) : Benfica x Porto
tvtest3  SPORTV

17:00 Campeonato Italiano : Partida indefinida
tvtest3  RAI Internacional

19:00 Campeonato Paraense : Paragominas x Paysandu
tvtest3  TV CULTURA (PA)

21:00 Campeonato Norte-Americano – MLS : San Jose Earthquakes x Minnesota United FC
tvtest3  WATCHESPN

23:30 Campeonato Norte-Americano – MLS : New York City x Portland Timbers
tvtest3  DAZN – (ASSISTA AQUI DE GRAÇA POR 30 DIAS)

Doentes Por Futebol

Cassilândia: Detran notifica motoristas sobre veículos que podem ir a leilão

Sede do Detran-MS, em Campo Grande (Foto: Marcos Maluf - Arquivo)

Sede do Detran-MS, em Campo Grande (Foto: Marcos Maluf – Arquivo)

O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito) notificou 84 motoristas das cidades de Cassilândia e Eldorado para regularizarem a situação de veículos que estão apreendidos em suas unidades. Caso não haja o pagamento no prazo de 10 dias, os automóveis e motocicletas seguirão para leilão.Leia Mais

Mês com maior alta da Covid registra média de isolamento social de 39,2% em MS

Mês com maior alta da Covid registra média de isolamento social de 39,2% em MS

01Há algum tempo as taxas de isolamento social mapeadas em Mato Grosso do Sul vêm mantendo o mesmo patamar dia após dia. Nesta quinta-feira (30) o índice médio de pessoas que permaneceu em casa foi de 37,6%. Essa mesma média foi registrada durante todo o mês de julho, tendo uma pequena elevação aos sábados e domingos, ainda assim, não ultrapassando a barreira dos 50%.Leia Mais

Brasil tem 12,2 milhões de pessoas sem trabalho, segundo IBGE

Dados são da Pnad Covid-19 sobre a segunda semana de julho

A taxa de pessoas desocupadas no Brasil é de 13,1% da população, em um total de 12,2 milhões de pessoas sem trabalho. Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios  (Pnad ) para a segunda semana de julho, entre os 5 a 11, divulgada hoje (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ().Brasil tem 12,2 milhões de pessoas sem trabalho, segundo IBGEBrasil tem 12,2 milhões de pessoas sem trabalho, segundo IBGE

O número fica acima da taxa de 12,3% da semana anterior (11,5 milhões) e da primeira semana de maio, que registrou 10,5% da população desocupada.Leia Mais

Mulher tenta dar descarga em drogas durante batida da polícia e acaba presa

Foi presa em flagrante. Imagem: Divulgação

Durante operação de policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil na manhã desta sexta-feira (31), uma mulher de 31 anos tentou se desfazer de drogas jogando no vazo e dando descarga. Ela acabou presa. O caso aconteceu em Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande.

O SIG cumpriu várias diligências de investigações em pontos de vendas de drogas no município. Recentemente o local, na Vila Cachoeirinha, foi alvo de outra operação da Polícia Civil de combate ao tráfico de drogas. Conforme ocorrência, ao avistar os agentes chegando na residência, a suspeita correu e para o banheiro e deu várias descargas.

De acordo com o Dourados News, durante vistoria, os policiais encontraram 30 papelotes de pasta base de cocaína prontos para comercialização, fora a quantidade que a mulher deu descarga e a equipe conseguiu recuperar. Também foi localizado um pedaço de tablete de maconha e uma porção pronta para a venda, além de uma a granel.

Além disso, no interior da residência foi encontrado um celular, um simulacro de pistola e uma moto que, segundo informações, a autora utiliza para fazer a “correria” da droga. Ela foi encaminhada para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) e será autuada por tráfico de drogas. Midiamax

Vizinhos capam cachorro por xixi no quintal e caso vai parar na delegacia

Animal estava sangrando muito. (Foto: Divulgação/O Pantaneiro)

Uma mulher de 42 anos procurou a delegacia depois de encontrar seu cachorro com os testículos cortados em Aquidauana, a 143 km de Campo Grande. O animal teria saído de casa e quando retornou estava com uma corda no pescoço e sangrava muito. Os vizinhos da mulher confessaram que ‘caparam’ o cachorro e que fariam de novo.

Até as patinhas do animal foram cortadas. (Foto: Divulgação/O Pantaneiro)

Conforme informações divulgadas pelo jornal O Pantaneiro, a dona do cão estava em casa até que ouviu os barulhos feitos pelo cachorro, que pareciam de sofrimento. Ela foi olhar o que tinha acontecido, quando encontrou o animal amarrado com uma corda no pescoço, sem os testículos e sangrando muito.

O caso foi registrado na Primeira Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana. O ato de maus-tratos aconteceu na quarta (29), mas o boletim só foi registrado na quinta-feira (30).

Ainda segundo o Pantaneiro, a mulher foi questionar a vizinha se ela sabia o que havia acontecido. Foi quando a vizinha confessou que tinha castrado o cachorro. “Nós capamos ele”, teria dito.

O filho da mulher apareceu e confirmou. “Eu capei e capo de novo”. Os dois disseram à dona do animal que haviam castrado o cachorro simplesmente porque ele tinha feito xixi no quintal da casa. Ainda de acordo relatos da vítima à polícia, o cachorro precisou ser internado porque perdeu muito sangue. Midiamax

Energisa é autorizada a retomar cortes de luz a partir deste sábado

Energisa é autorizada a retomar cortes de luz a partir deste sábado

Energisa é autorizada a retomar cortes de luz a partir deste sábado

Termina hoje (31) o prazo de prorrogação da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) que proibiu o corte de energia em todo o país, devido a pandemia do coronavírus. A partir deste sábado (1), as concessionárias de energia, incluindo a da Capital, podem retomar os cortes em clientes com contas atrasadas.

A permissão vale para fornecimento de energia para clientes das zonas urbana e rural, além de prestadores de serviços essenciais. A nova autorização não se aplica a consumidores de baixa renda inscritos no programa de tarifa social e às unidades onde existam pessoas que utilizem equipamentos essenciais para a vida, como hospitais e unidades de saúde.

Para quem deseja quitar suas dívidas com a concessionária, a Energisa informou, em nota, que oferece condições de parcelamento para aqueles que estão com contas de luz em atraso. Ainda segundo divulgado, cerca de 100 mil clientes procuraram a empresa para regularizar as pendências desde o final do mês de março.

Também a partir de amanhã (1), a Energisa enviará avisos para todos os clientes inadimplentes, passíveis de corte. Conforme a nota, “os clientes podem entrar em contato através do WhatsApp 9 9980-0698 ou pelo Call Center 0800 722 7272” para verificar cada situação. MIDIAMAX

Discussão sobre religião termina em acidente e duas pessoas feridas na BR-060 em Chapadão do Sul

Discussão sobre religião termina em acidente e duas pessoas feridas na BR-060 em Chapadão do Sul

Carro bateu em colheitadeira e ocupantes ainda brigaram no meio da rodovia após o acidente

Dois moradores da cidade de Trindade (GO), identificados como Luiz e Alan, ficaram feridos após colisão traseira entre o Fiat Doblo e uma colheitadeira na BR-060, cerca de 18 km de Chapadão do Sul, no sentindo Paraíso das Águas. O acidente ocorreu na manhã desta sexta-feira (31).

Uma das vitimas contou que estava seguindo com outro homem, do interior de Mato Grosso do Sul, com destino a cidade de Trindade. Eles estavam discutindo sobre religião e que em determinado momento, o carona bateu com a mão no volante e ele colidiu na traseira da colheitadeira.

Briga após acidente – após o acidente, segundo testemunhas os dois passageiros da dôblo, saíram de dentro do carro e começaram a se agredir com socos e pontapés, sendo contido por motoristas que passavam no local. As vitimas foram socorridas pelos bombeiros para o hospital municipal, consciente e orientados.

O CORREIO NEWS

Caixa paga auxílio emergencial a 3,8 milhões de brasileiros nascidos em abril

Caixa paga auxílio emergencial a 3,8 milhões de brasileiros nascidos em abril

Dinheiro é creditado pela caixa nesta sexta-feira (31)

Nesta sexta-feira (31), a Caixa credita as parcelas do Ciclo 1 do Auxílio Emergencial para 3,8 milhões de brasileiros. A partir desta data, os valores já podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem para pagamento de boletos, compras na internet e através das maquininhas em mais de 1 milhão de estabelecimentos comerciais.

Também está disponível para saque ou transferência os valores do Saque Emergencial do FGTS para as pessoas nascidas em janeiro. Os valores também podem ser movimentados através do aplicativo Caixa Tem, sem que o beneficiário precise se deslocar até uma agência.

Já os beneficiários do Auxílio Emergencial nascidos de abril a maio que tenham a conta bloqueada, podem procurar uma agência para desbloqueio.

MS TODO DIA

Óbitos por Covid-19 em julho já superam 3 vezes o registrado no mês passado

Foto: Marcos Morandi | Midiamax

As 286 mortes decorrentes de Covid-19 registradas no mês de julho até o momento já são mais de 4 vezes os 70 óbitos registrados no mês anterior, conforme o boletim epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde) desta sexta-feira (31).

O relatório final com os números de julho consolidados, porém, deve ser apresentado apenas nos próximos dias – o próximo boletim ainda considerará óbitos registrados das 19h01 da quinta-feira (30) até às 19h de hoje e, além disso, há possibilidade de óbitos suspeitos, que ainda não integram a estatística, receberem a confirmação de Covid-19.

Com base nos números parciais, no entanto, o salto de junho para julho é de 308% em número de óbitos. Neste mês, com registros diários de mortes em MS, a SES introduziu mais um indicador, que é a média móvel de mortes. Ele calcula a média dos últimos sete dias e apresenta um valor mais estável, que é comparado aos indicadores de 15 dias atrás. É a partir dele que se observa melhora ou piora.Óbitos por Covid-19 em julho já superam 3 vezes o registrado no mês passado

Neste mês, a SES também viu o a taxa de letalidade da Covid-19 subir meio porcento, resultando em 1,5%: até 30 de junho, este indicador era de apenas 1%. Campo Grande é a cidade que, até o momento, tem o maior número de registros de óbitos, em 129 vítimas, e taxa de letalidade em 1,3%. Dourados vem na sequência, com 55 mortes e taxa de letalidade 1,3%. Corumbá tem 36 mortes (2,9%) e Três Lagoas, 14 (2,4%). As maiores taxas de letalidade estão em Alcinópolis (40%), Angélica (8,1%), Rio Negro (6,3), Corguinho (5,6%), Cassilândia (5,2%), Anastácio (4,7%) e Miranda (4,5%).

Clique AQUI para conferir a lista completa de óbitos por município, no boletim epidemiológico desta sexta-feira (31). Midiamax

Auxílio emergencial elevou em 24% renda pré-pandemia, mostra pesquisa

Pessoas formam fila em agência da Caixa Econômica Federal no Rio de Janeiro

Segundo estudo, dado destaca a pobreza e a desigualdade do país

As pessoas que recebem o auxílio emergencial, pago pelo governo federal durante a pandemia de covid-19, tiveram seus rendimento aumentados em 24% em relação ao que recebiam usualmente antes da pandemia. Os dados, divulgados hoje (30), são do Centro de Estudos em Microfinanças e Inclusão Financeira da Fundação Getulio Vargas (FGV).

O impacto do auxílio emergencial é maior no caso dos empregados informais, cuja elevação de renda proporcionada pelo auxílio chegou a 50%, passando de uma média de R$ 1.344 (pré-pandemia) para R$ 2.016.

“Para aqueles que receberam o auxílio emergencial, o acréscimo de renda mais do que compensou, pelo menos até o momento, as perdas de renda derivadas da crise. Isso não significa que o auxílio emergencial seja excessivo, mas sim que o nível de pobreza e desigualdade do Brasil é muito alto”, destaca o texto do estudo.

O levantamento mostra que alguns profissionais foram mais afetados pela pandemia, como cabeleireiros e manicure, que perderam, sem levar em conta o auxílio emergencial, 42% da renda usual. Vendedor ambulante (-38%), motorista (-36%), vendedor a domicílio (-33%), e artesão, costureiro e sapateiro (-33%), também tiveram quedas acentuadas em seus rendimentos.

De acordo com o estudo, o auxílio emergencial já foi pago a cerca de 64 milhões de brasileiros, de um total de 104 milhões de solicitações. “O número de pessoas que solicitaram o auxílio mostra que o volume de recursos do Bolsa Família pode não ser suficiente. Existe uma parcela da população que é bastante vulnerável, que não está sendo atendida”, destacou o coordenador do Centro de Estudos em Microfinanças e Inclusão Financeira da FGV, e um dos autores do estudo, Lauro Gonzalez.

“São pessoas que não são pobres suficientemente para estarem no Bolsa Família, mas que são pobres também, estão sujeitas aos efeitos negativos de choques, como esse que a gente teve na pandemia. Um mecanismo mais adequado [para corrigir isso] seria alguma coisa na linha de uma renda básica, abrangendo um número maior de pessoas”, acrescentou.

O levantamento foi feito com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Covid-19 realizada em junho de 2020 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Benefício

O benefício foi criado pelo governo federal para tentar reduzir os efeitos negativos na economia causados pela pandemia novo coronavírus, que obrigou o mundo a suspender diversos setores da atividade econômica. O auxílio é destinado a trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEIs), autônomos, desempregados e famílias integrantes do programa Bolsa Família. A parcela é R$ 600 ou de R$ 1,2 mil, para mães solteiras.

Agência Brasil –

‘Quem manda aqui é Deus’: grupo é flagrado em igreja e diz que Covid não existe

Imagem ilustrativa

Na noite de quinta-feira (30), homem de 50 anos foi levado para a delegacia após desacatar fiscais da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano). Ele estava com um grupo em uma igreja no Jardim Centro Oeste após o toque de recolher.

Conforme o registro policial, equipes da Guarda Civil Municipal acompanhavam os fiscais da Semadur, além de promotor de Justiça. Assim, foi feita fiscalização naquela igreja, onde foram encontradas várias pessoas descumprindo o toque de recolher.Leia Mais