Gente de Cassilândia: Tiãozinho da Kaiser atende na Conveniência 3J, na Vila Pernambuco

Sebastião Garcia, o popular Tiãozinho da Kaiser, atende os clientes da Conveniência 3J, na Avenida JK, na Vila Pernambuco, em Cassilândia, ao lado da família

O empresário Sebastião Garcia, o “Tiãozinho”, está sempre atendendo na Conveniência 3J, uma empresa especializada em distribuição de bebidas em geral.

Lá o cliente também pode alugar freezers, cadeiras, mesas, térmicas e acessórios para grandes eventos públicos e festas particulares.

Além disso, há toda variedade em bebidas. Passe lá na Avenida JK, 416, Vila Pernambuco, ou ligue para 3596-4066 / 98213-6214 / 99921-8384.

E você será bem atendido.

Motorista de 28 anos morre em acidente após bater em carreta na BR-463

Os Bombeiros chegaram a ser acionados para socorrer a vítima, mas ela morreu no local

Foi identificada como Nádia Caroline Ramires Canteiro, de 28 anos, a motorista que morreu em colisão com carreta na tarde desta terça-feira (28) na BR-463, em Ponta Porã. A jovem morreu no local.

Conforme informações do portal Ligados na Notícia, Nádia conduzia uma Fiat Toro quando em trecho da rodovia bateu em uma carreta. O veículo que a moradora estava saiu da pista e capotou algumas vezes até parar na mata.

Foi acionado a equipe do Corpo de Bombeiros de Ponta Porã para realizar o socorro da vítima, mas ao chegar no local, os militares constataram que Nádia Caroline já estava morta.

Polícia Civil esteve no local e investigará as causas do acidente. Midiamax

 

No auge da pandemia em MS, escolas particulares retornam em duas cidades

escolas particulares já retornaram às aulas

Escolas particulares em duas cidades de MS já retornaram às aulas. (Foto: Reuters)

Enquanto Mato Grosso do Sul está perto de atingir o pico da pandemia pelo novo coronavírus, que causa o Covid-19, escolas particulares em duas cidades do interior já retornaram às aulas.

Em São Gabriel do Oeste – a 140 quilômetros de Campo Grande, as unidades de ensino haviam retornado em maio. Entretanto, o avanço da doença no município fez com que as aulas fossem suspensas. No início de julho, os alunos entraram de férias e, no segundo semestre, já voltaram a frequentar as escolas.Leia Mais

Cantora Simone, dupla de Simaria, anuncia gravidez

Cantora Simone, dupla de Simaria, anuncia gravidez

A informação foi confirmada pela assessoria da sertaneja

A cantora Simone Mendes que faz dupla com Simaria, anunciou que está grávida. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da dupla sertaneja. A artista, que já é mãe de Henry de 6 anos, com o marido, o empresário Kaká Diniz, já está grávida de dois meses.O casal ainda não sabe qual o sexo do bebê.Leia Mais

Cassilândia: Casa lotérica permanece fechada hoje

Devido a um caso de Covid-19, a casa lotérica permanece fechada na Rua Sebastião Leal, no centro de Cassilândia, nesta terça-feira, 4 de agosto.

Assim os demais pontos de recebimento de contas estão com longas filas, um dia após o feriado de aniversário da cidade.

Confira a imagem.

Cassino Loterias: sem atendimento

Cassilândia: Márcio Miranda, o homem do Posto Independência

O nosso destaque empresarial cassilandense é o Márcio Miranda, proprietário do Auto Posto Independência, localizado na saída para o Chapadão do Sul.

O empreendedor é herdeiro do saudoso Edmundo Miranda e da dona Vilma Miranda, que até hoje está sempre presente na empresa que ajudou a erguer durante quase meio século.

Márcio Miranda tem a oferecer no Auto Posto Independência produtos e combustíveis da marca Petrobras com o melhor serviço e atendimento graças a uma equipe bem preparada.

Márcio Miranda é o nosso destaque empresarial.

Márcio Miranda, do Independência: produtos Petrobras

Mulher é agredida ao pedir que netas parassem com som alto e bebedeira

Delegacia de Rio Negro Arquivo Midiamax)

Uma mulher de 60 anos foi agredida no momento em que duas netas, de 17 e 23 anos, faziam uma confraternização em uma casa no Bairro Santa Fé em Rio Negro, cidade a 154 quilômetros de Campo Grande, na noite deste domingo (02).

A vítima disse à polícia que as netas ingeriam bebida alcoólica e escutavam som alto com mais três homens na casa que fica em frente à sua. Consta no boletim de ocorrência, que ela foi até o local, para pedir que parassem com a bebedeira e som alto, pois precisava dormir para trabalhar no dia seguinte.

Neste momento, ela então foi xingada e empurrada duas vezes por um dos homens que estava no local. Uma das netas ainda teria tentado agredi-la, quando uma filha da vítima chegou ao local e a impediu. O caso foi registrado como lesão corporal dolosa, injuria e pertubação da tranquilidade na delegacia da cidade.

Midiamax

 

Cassilândia: Você conhece o número de WhatsApp da Fibernet?

A FIBERNET,  empresa de internet fibra óptica de Cassilândia, visando a melhor comunicação com seus clientes, disponibiliza também o contato através de mensagens via WhatsApp.

Neste canal você poderá solicitar segunda via de boleto, comunicar um problema técnico, abrir ordem de serviço, solicitar informação sobre planos e velocidade e muito mais!

No WhatsApp 067 98402-7674 você encontrará todas as vantagens de ter um suporte técnico local, falando diretamente com a equipe técnica da cidade de Cassilândia, acelerando assim o atendimento com o cliente.

E claro, o telefone fixo 3596 2616 continua disponível para todas essas funções.

É a FIBERNET visando sempre a transparência e a facilidade de comunicação com seus clientes.

Auxílio Emergencial: governo divulga calendário de pagamento para mais 1,15 milhão de beneficiários

O Ministério da Cidadania divulgou nesta segunda-feira (3) o calendário de pagamentos do Auxílio Emergencial para novos aprovados e pessoas que tiveram o pagamento reavaliado. O total de beneficiados no novo calendário chega a 1,15 milhão de pessoas. Com isso, o total de brasileiros já aprovados ao auxílio chega a 66,2 milhões.Leia Mais

A dureza do protocolo da COVID-19 causando sofrimentos

Verdadeiras ditaduras são as regras impostas nos protocolos da COVID-19, tanto para o tratamento, que já levou a Anvisa a exigir receita médica até para um simples vermífugo, atendimento médico e destino de corpos dos falecidos que tem causado grandes sofrimentos.

Nenhum morador de Chapadão do Sul morreu até o momento por insuficiência respiratória causada diretamente pelo vírus COVID-19, mas das consequências, apenas dois casos até o momento.

Nesta semana faleceu um cidadão do município por infarto fulminante, mas em teste rápido realizado no Hospital Municipal, constatou-se inicialmente que ele estava contaminado pelo vírus, a aí começou o sofrimento.

O protocolo de atendimento no hospital é duríssimo com os profissionais da saúde, e quando há falecimento, com suspeita de contaminação da COVID-19, a sua dureza se estende aos agentes funerários e mais ainda, aos familiares, que se quer tem o direito de olhar o ente falecido.

Lembra um agente funerário de Chapadão do Sul, que eles são chamados no Hospital, quando falece uma pessoa contaminada pela COVID-19, ou em consequência direta dela, são obrigados a seguir o protocolo. Como os familiares, os agentes não vêm o corpo, quando são autorizados a agir ele já está embalado em duas capsulas e apenas é colocado em uma urna e levado direto para o cemitério. Não há preparação do corpo como nos demais casos de morte.

Por falta de vacinas, de supostos mais conhecimentos sobre o vírus, interesses obscuros, que aparentemente estão levando à demora na aprovação dos remédios, que já são usados para a cura da doença respiratória causada pela COVID-19, até pelas mais altas autoridades do mundo, os protocolos seguem com as suas rigidezes.

Existem orientações sobre o acondicionamento de corpos contaminados em necrotérios, desde que em primeiro lugar haja o necrotério e em segundo a existência da câmara refrigerada. Nesses casos existe a possibilidade da entrega do corpo a uma funerária, que lacra a urna e realiza o velório. Para este caso são necessários investimentos públicos na montagem dos necrotérios com as câmaras frias. Na região de Chapadão do Sul, ou Bolsão não existe câmara em funcionamento. Na cidade de Paranaíba, segundo funerárias de Chapadão do Sul, existe uma câmara no IML, porém está desativada por falta de manutenção.

Infelizmente teremos outros casos de morte de pessoas contaminadas em Chapadão do Sul e demais localidades pelo Brasil e pelo mundo afora, mas enquanto não tivermos a segurança e garantia dos remédios e métodos de cura da doença causada pelo vírus, deveremos conviver com a dureza dos protocolos.

Casal com recém-nascido capota veículo lotado de droga durante perseguição

Carro capotou na entrada da cidade (Foto: Jornal da Nova)

Na noite de segunda-feira (3), um homem que não teve nome ou idade divulgados foi preso por tráfico de drogas em Nova Andradina, a 297 quilômetros de Campo Grande. Acompanhado da esposa e do filho recém-nascido, ele fugiu da polícia e acabou capotando o carro.

O motorista seguia pela MS-276 com o Fiat Siena, placas de São Paulo (SP), quando furou o bloqueio policial e iniciou a fuga. Assim, foram aproximadamente 30 quilômetros de acompanhamento tático, até que o homem perdeu o controle da direção.

Casal com recém-nascido capota veículo lotado de droga durante perseguição
(Foto: Jornal da Nova)

Cassilândia: Casa Lotérica está fechada devido ao Coronavírus

A Casa Lotérica de Cassilândia, localizada na Rua Sebastião Leal, está fechada desde a sexta-feira, 31 de julho, em função de um caso de Covid-19.

A empresa decide hoje cedo se irá abrir as portas nesta terça-feira. Leia a nota.

“A Lotérica Cassilândia informa que devido uma de suas funcionárias ter diagnosticado positivo para o Covid-19, mesmo estando afastada de suas funções há mais de 20 (vinte) dias, para resguardar a saúde das demais funcionárias e de seus clientes, ponderou em suspender as atividades para uma completa higienização de suas instalações, bem como para aguardar os resultados dos testes das demais colaboradoras da empresa. Nesta terça-feira, as 8h30, haverá uma reunião com a Secretaria Municipal de Saúde para tratar sobre o assunto. Agradecemos a compreensão de todos.”

Casa Lotérica de Cassilândia