Promotores Eleitorais propõem 371 ações de impugnações aos ‘fichas sujas’

Os Promotores Eleitorais ajuizaram 371 ações de impugnação de registros de candidaturas aos cargos de prefeito, vice-prefeito e de vereadores em todo o Mato Grosso do Sul. O Tribunal Regional Eleitoral já impediu 153 candidaturas de prefeito e vereadores em todo o Estado, conforme último levantamento feito pelo Correio do Estado.

Os dados foram fornecidos pelos Promotores Eleitorais das diversas Zonas Eleitorais existentes em Mato Grosso do Sul. Segundo o órgão, a maioria das impugnações foi motivada por irregularidades previstas pela legislação eleitoral que impedem os candidatos concorrerem, entre as quais destacam-se: a falta de condição de elegibilidade, a existência de causas de inelegibilidade ou a falta de requisitos de registrabilidade.

Ainda, de acordo com os Promotores, foram requeridas dezenas de diligências para que candidatos juntassem documentos necessários para comprovação da regularidade de suas candidaturas.

Para o Promotor de Justiça e Coordenador do Núcleo Eleitoral do MPMS, Moisés Casarotto, a atuação dos Promotores Eleitorais na busca e análise das informações no registro de candidatura é imprescindível para a lisura do processo eleitoral.

“O registro de candidatura é um momento fundamental para identificar os candidatos que realmente preencham todos os requisitos constitucionais e legais para terem suas candidaturas deferidas pela Justiça Eleitoral, sendo papel do Ministério Público, como fiscal da ordem jurídica e defensor do regime democrático, impugnar os candidatos que não atendem estes requisitos, protegendo, assim, a sociedade e a legitimidade do pleito”, explicou. Correio do Estado

VÍDEO: Jacaré fica preso em anzol e morre enrolado por sucuri gigante

Não se sabe a autoria do vídeo e nem se as imagens foram registradas no Pantanal sul-mato-grossense. No entanto, o tamanho da cobra impressiona. Pelo vídeo, é possível presumir que a sucuri acabou de matar o jacaré e ainda tentava engolir o bicho para comer.

O pescador resolve deixar o anzol no lugar e vai embora., A única informação repassada é que as imagens foram feitas na manhã de 21 de outubro deste ano.

Petrecho proibido

O anzol de galho é um petrecho proibido para pescadores amadores. A explicação é de Gustavo, proprietário de uma loja de produtos de pesca que divulgou as imagens nas redes sociais.

“É considerado proibido porque é um meio mais fácil de pesca, facilitando a pesca predatória. Somente pescadores profissionais podem usar”, destacou.

Ele disse que recebeu as imagens via WhatsApp e que elas impressionam. “Está todo mundo surpreso, é bem raro”, explicou. Midiamax

Operação prende suspeito de roubos em série e recupera produtos de vítimas

Operação prende suspeito de roubos em série e recupera produtos de vítimas

Homem usava arma falsa e abordava principalmente mulheres

Procurado pela polícia há pelos menos duas semanas, assaltante de 28 anos foi preso na noite de quarta-feira (22) em operação das polícias Civil e Militar. O homem, que estava foragido, é suspeito de pelo menos oito roubos e outras tentativas de roubo em Chapadão do Sul, distante 321 quilômetros de Campo Grande.

Além de casas, o homem roubou uma padaria na cidade.Segundo investigações, ele sempre agia da mesma maneira. Andava pelas ruas com roupas de trabalho a procura de vítimas que estivessem sozinhas em residências ou comércios, preferencialmente mulheres.

Quando decidia quem ia roubar, o suspeito usava simulacro de arma de fogo para intimidar e roubar quem abordava. Nas últimas 72 horas há registro de pelo menos quatro crimes cometidos por ele.

Com o suspeito preso, celulares roubados foram recuperados em pontos de vendas de drogas. Na casa dele também foram localizados bicicleta, roupas e calçados utilizados nos assaltos, além da arma de fogo falsa. Campo Grande News

Anvisa nega influência externa nos processos de avaliação de eficácia das vacinas

O diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antônio Barra, negou nesta quarta-feira, 21, que a autarquia possa passar por influências externas nos processos de avaliação de eficácia das vacinas contra a covid-19

Barra afirmou ainda não haver data predefinida para conclusão dos estudos clínicos ou concessão de registro a qualquer uma dos quatro imunizantes em desenvolvimento no País contra o novo coronavírus.

“A Anvisa não participa de compra feito pelo governo federal, de nenhum medicamento ou insumo, como também das políticas públicas que são de competência do Ministério da Saúde, então, para nós pouco importa de onde veio a vacina e qual é seu País de origem. Nosso dever constitucional é fornecer a resposta de que esses produtos têm ou não têm qualidade, segurança e eficácia”, disse

“Processo de avaliação não sofre nenhuma alteração, influência ou ação de qualquer outra situação que não a ciência e o apego à boa técnica. Não há influência externa nesse sentido”, respondeu ainda ao ser questionado sobre as declarações de Bolsonaro de que não vai comprar a “vacina chinesa”.

As declarações de Barra foram dadas após uma reunião de quase duas horas com o governo de São Paulo, João Doria, e parlamentares.

Doria disse que saiu confiante da reunião e disse ainda que sua intenção é que a vacina que vem sendo desenvolvida pelo Instituto Butantã seja distribuída pelo Ministério da Saúde, por meio do Sistema Único de Saúde.

O governador paulista afirmou ainda que o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, saiu “fortalecido” dos episódios envolvendo a vacina ocorridos entre ontem e hoje. Para Doria, Pazuello saiu em defesa da vida. Estadão Conteúdo

Reboco de concreto cai de parede e acerta mulher no centro de Campo Grande

O bloco de concreto tinha cerca de 1 metro e acertou a cabeça da pedestre que teve ferimentos e cortes na cabeça, reclamando de dores. Populares socorreram a mulher até a chegada dos bombeiros. Uma funcionária de uma ótica, que fica ao lado do estacionamento de onde caiu parte do concreto, disse que o dono está internado com coronavírus.

A mulher foi socorrida e levada para a unidade de saúde do Tiradentes consciente e orientada. Midiamax

Chapadão do Sul chega aos 1.017 casos de Covid-19

O município tem 1017 casos confirmados da doença, desses 963 já estão curados, 39 encontram-se em tratamento e 15 vieram a óbito. Outras 16 pessoas aguardam resultados de exames do Lacen/MS – Laboratório Central Mato Grosso do Sul, e 2.469 casos foram descartados.

Dos pacientes em tratamento, 2 encontram-se internados, no Hospital Municipal de Chapadão do Sul, em Leito de Clínico sendo caso confirmado para COVID-19.

A Vigilância Epidemiológica juntamente com a equipe NASF e Unidades de Saúde da Família monitoram 124 pessoas, entre elas estão os casos positivos ativos, os casos que estão aguardando resultados e casos de pessoas que tiveram contato com paciente positivo e estão em isolamento domiciliar. O Correio News

Informação sobre o quadro clínico do advogado Alcir Leonel da Silva

A médica que recebeu o advogado Alcir Leonel da Silva na UTI, da Beneficência Portuguesa, em São José do Rio Preto, o acordou para ver a resposta neurológica. Está bem, segundo a Aparecida, a esposa do Alcir.

Foi informada de que foi diminuída a oxigenação, está sem febre, urinando bem, dentro do esperado  para internados com Covid-19. Foi sedado novamente. Caso continue evoluindo deverá permanecer assim por mais cinco dias. Cassilândia Notícias

Advogado Alcir Leonel da Silva

Funcionário do Sindicato Rural de Paranaíba capota caminhão na MS-306

A.C.S., de 61 anos, funcionário do Sindicato Rural de Paranaíba, sofreu um grave acidente na MS-306, a cerca de 17 Km de Chapadão do Sul, sentido a Cassilândia.

Ele estava transportando raçoes para animal, em um caminhão Mercedes Bens 1719, e acabou saída da pista, perdeu o controle e capotou.

A vítima ficou presa nas ferragens, foi retirada pelos bombeiros de Chapadão do Sul e encaminhada ao Hospital Municipal, com dilaceração na orelha esquerda e corte na mão esquerda. O Correio News

  

Cassilândia: Duratrat, uma empresa especializada em tratamento de madeiras

A Duratrat é uma empresa especializada no tratamento de madeiras, especialmente o Eucalipto Citrodora.

Assim, quem busca por madeira de alta qualidade e com preço competitivo no mercado, basta falar com a Duratrat.

Sustentabilidade

Nosso negócio tem como base o fomento da prática de reflorestamento, reduzindo o impacto da destruição de florestas nativas e fornecimento de energia limpa para industrias. Além disso, contamos com um rigoroso processo de gestão de resíduos sólidos industriais.

Qualidade

Seleção dos insumos florestais e rigoroso controle de qualidade no tratamento.

(67) 3596-2679  98150-3742  99902-1550

Av. Presidente Dutra, 3560 – Cassilândia – MS – (Saída para Paranaíba)

Fachada da Duratrat

Cassilândia: H4 Veículos, onde os bons negócios acontecem

Quem deseja comprar, vender ou trocar veículos precisa ir à H4 Veículos, localizada na esquina das avenidas Presidente Dutra e Cândido Barbosa Dias, em Cassilândia, na saída para Paranaíba.

A empresa trabalha ainda com o sistema consignado e financiamento, o que cria alternativas para os clientes na hora de negociar o seu veículo.

Os telefones de contato são (67) 3596-1007, 99654-5558 e 99667-2505.

Fachada da H4 Veículos

Cassilândia: Casa dos Radiadores entende do assunto

A Casa dos Radiadores comercializa radiadores novos, usados e recondicionados, faz troca de colmeia, consertos em geral, solda em alumínio em tanque, conserto de intercoolers e outros serviços.

Fale com Luiz Carlos Ferreira e sua equipe. A empresa fica na Avenida Presidente Dutra, 2524, Bairro Imperatriz, em Cassilândia. Os contatos são 67 98111-4694 e 99649-6079.

Casa dos Radiadores

Criança que se afogou em parque aquático está na UTI em estado gravíssimo

Ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros. (Foto: Reprodução)

Após ser transferida para o Hospital da Cassems ainda no domingo (18), a criança de três anos que se afogou em um parque aquático de clube localizado na BR-262, está internada na UTI. Segundo informações do hospital, o estado dela é considerado gravíssimo.

Além de estar na UTI Pediátrica do hospital, ela segue entubada. Quando foi transferida da Santa Casa no domingo, ela também precisou dos equipamentos, mas o estado de saúde era considerado estável.

A criança foi retirada da água por pessoas que estavam no local e passou por tentativa de reanimação ainda na sede do clube. Na sequência, o Corpo de Bombeiros chegou e prestou atendimento, levando em seguida a criança para o hospital. Midiamax