Com 3.526 empresas abertas em seis meses, MS tem o melhor 1º semestre em sete anos

Movimento no comércio e novas empresas

O número de empresas abertas em Mato Groso do Sul no primeiro semestre de 2020 é o maior dos últimos sete anos. De janeiro a junho deste ano foram registradas 3.526 aberturas de novos empreendimentos pela Jucems (Junta Comercial de Mato Grosso do Sul).

De acordo com o órgão vinculado à Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), em junho de 2020 foram abertas 620 empresas em Mato Grosso do Sul, resultado 20% maior em relação às 517 empresas registradas no mesmo período de 2019. Esse desempenho no mês de junho também representa o melhor resultado para o mês dos últimos sete anos. Entre os setores da economia, o maior número de abertura de empresas no mês de junho foi o de Serviços (389), seguido pelo Comércio (206) e Indústria (25).

De acordo com os dados da Jucems, a partir de abril deste ano foi sentido o impacto das medidas de combate à pandemia do novo coronavirus na abertura de empresas em Mato Grosso do Sul. Naquele mês houve um desempenho 25% nas aberturas de empresas em relação ao mesmo período de 2019. Em maio de 2020, o resultado foi 14,31% menor na comparação com o mês do ano anterior. Já em junho, o número foi superior em 20% em relação a junho de 2019, sinalizando retomada na abertura de empresas no Estado.

“O bom desempenho na abertura de novas empresas no primeiro semestre de 2020 em Mato Grosso do Sul, em especial no mês de junho, é um indicador que nos sinaliza a movimentação e a retomada de curto prazo da economia em alguns setores. Essa é uma notícia positiva para o Estado. A retomada que estamos observando permite a abertura de novas empresas, mas não podemos menosprezar o quanto a pandemia tem impactado a economia como um todo”, avalia o secretário Jaime Verruck, da Semagro.

O secretário Jaime Verruck ressalta que “com a modernização nos serviços da Junta Comercial e na legislação, o tempo médio para abrir uma empresa em Mato Grosso do Sul hoje é de pouco mais de 2 dias, segundo levantamento do governo federal. Nós fizemos esse prazo cair de 37 dias, para pouco mais de dois dias”. De acordo com dados do Mapa de Empresas, ferramenta do Ministério da Economia, o tempo médio para abertura de empresas em Mato Grosso do Sul no mês de maio de 2020 foi de 2 dias e 15h, enquanto que a média nacional foi de 4 dias e 8h no mesmo período.

“Esse tempo médio de abertura considera o cumprimento da etapa da viabilidade (em que o município e a Junta Comercial, respectivamente, confirmam a possibilidade de a empresa se estabelecer no endereço indicado e usar o nome empresarial escolhido) e da etapa do registro (em que a Junta Comercial arquiva os documentos de constituição da empresa e lhe fornece o número do CNPJ gerado pela Receita Federal)”, informa Augusto de Castro, diretor-presidente da Jucems.

Lei de Liberdade Econômica

No primeiro semestre de 2020, um total de 1.978 empresas foram fechadas em Mato Grosso do Sul, representando aumento de 52,98% (685 empresas), em comparação com o primeiro semestre de 2019, que teve um total de 1.293 empresas fechadas.

“O número de fechamentos é alavancado por dois principais fatores: o atual cenário de retração econômica em decorrência das medidas restritivas causadas pela pandemia do Covid-19 e a extinção da cobrança da taxa pelas juntas comerciais brasileiras para fechamento de empresas, determinada pela Lei da Liberdade Econômica – Lei 13.874 de 20/09/2019”, finaliza Augusto de Castro, diretor-presidente da Jucems. Semagro

Cassilândia/Paranaíba: PMA flagra máquina de esteira realizando desmatamento ilegal e autua infrator

Foto feita pela Polícia Militar Ambiental

Policiais Militares Ambientais de Cassilândia realizavam fiscalização nas propriedades rurais do município de Paranaíba ontem (2) e flagraram um desmatamento ilegal em execução. O proprietário de uma fazenda já havia suprimido 5 hectares de vegetação nativa com uso de uma máquina de esteira, que trabalhava no momento da chegada da fiscalização, sem a licença ambiental. A equipe calcula que o desmatamento seguiria por uma área bem maior caso os Policiais não tivessem fazendo fiscalização preventiva na área.

A máquina de esteira foi apreendida e as atividades foram interditadas. O infrator (45), residente em Paranaíba, foi autuado administrativamente e recebeu multa de R$ 5.000,00. Ele responderá por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção e também foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual. Ednilson Paulino Queiroz / Polícia Militar Ambiental

Cassilândia: Vereador Rodrigo Barbosa de Freitas defende melhor serviço de cirurgias e exames

Durante sessão na Câmara dos Vereadores, o vereador Rodrigo Barbosa de Freitas defendeu melhoria no sistema municipal de Saúde quanto a cirurgias e exames.
“Precisamos rediscutir a compra de cirurgias e exames especializados, da forma que estão essas pactuações regionais não dá mais para continuar.O povo não aguenta mais sofrer por falta de atendimento. Por isso precisamos investir no atendimento especializado em Cassilândia e o que não for possível fazer aqui, que passemos a comprar em São José do Rio Preto, que é a melhor referência em saúde da região.”

Vereador Rodrigo Barbosa de Freitas

Confira: Inmet amplia alerta de ‘chuva intensa’ para 62 cidades de MS

Sexta-feira amanheceu nublada na Capital. (Leonardo de França)

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) estendeu o aviso de chuvas intensas para 62 cidades de Mato Grosso do Sul, o aviso que terminava às 11h desta sexta-feira (26), agora é válido até às 22h59.

De acordo com o instituto há risco de queda de árvores, alagamentos, corte de energia elétrica e estragos em plantações. Os ventos podem chegar aos 60km/h e pode chover 50 mm/dia.

As recomendações para a população são de que em caso de rajadas de vento, não se abriguem debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas. Não estacionar os veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Caso possível, é recomendado que desliguem os aparelhos elétricos e o quadro de energia.Leia Mais

Cassilândia: Prefeitura Municipal faz recapeamento asfáltico no centro nesta quarta-feira

A Prefeitura Municipal de Cassilândia está fazendo recapeamento asfáltico no centro nesta quarta-feira, 24 de junho, mais precisamente na Rua Dr. Manoel Thomaz.

A obra está sendo feita com recursos próprios e terá uma nova fase de recapeamento com recursos obtidos junto ao governo estadual de mais de R$ 3 milhões em recente convênio assinado.

Veja as fotos.

Ensino a distância: 61% das redes municipais não preparam professores

ensino online, educação a distância

Informação está na pesquisa A educação não pode esperar, do IRB

Menos de 40% das redes de ensino municipais qualificaram ou estão dando formação aos seus professores para lecionar durante a pandemia de covid-19, com recursos de educação a distância – 61% das redes informam que não ofereceram qualquer treinamento.

Apesar da falta de capacitação, 82% das redes municipais ouvidas têm alguma estratégia para aula ou oferta de conteúdos pedagógicos a distância durante a pandemia. No caso das redes estaduais, todas estão mantendo atividades não presenciais. A Base Nacional Comum Curricular é a principal referência (93%) para a elaboração dessas atividades.Leia Mais

Cassilândia: Dois morrem em acidente na MS-306

Ocorreu às 9 horas da manhã desta quarta-feira, 10 de junho, um grave acidente de trânsito, na MS 306, Km 168, distante de Chapadão do Sul 30 Km e 70 Km de Cassilândia.

Um Corsa Sedan, cor prata, placas de Cassilândia CVS 5043 que fazia o sentido a Chapadão do Sul, quando bateu na traseira de uma carreta furgão, com carga diversas.

No Corsa duas pessoas, aparentando 30 anos e infelizmente ambos morreram.

As vítimas ficaram presas nas ferragens e o Corpo de Bombeiros de Chapadão do Sul está no local e acionou a Polícia Rodoviária Estadual, de Paranaíba, para atender à ocorrência.

A carreta estava parada na pista devido a uma interdição provocada por uma empresa que realiza recuperação da via. O motorista da carreta, um homem com 43 anos de idade disse que carregou a carga em São Paulo e o seu destino é Sinop (MT). Ele parou o veículo, ligou o alerta, como faz em todas as interrupções de pista, o primeiro na fila. Na rodovia ficou as marcas dos pneus do Corsa. O motorista realizou um frenagem, mas infelizmente sem tempo para parar e evitar a colisão. Fonte: Jovemsulnews (Norbertino Angeli)

Cassilândia: Prefeitura Municipal faz a desinfecção nas ruas da cidade contra o Coronavírus

A Prefeitura Municipal de Cassilândia está realizando a desinfecção das vias públicas de grande movimentação, calçadas e pontos estratégicos como rodovias, rodoviária, Santa Casa, hospital, polícias Ambiental, Civil e Militar, ESFs, barreira sanitária, postos de combustíveis etc, com apoio da Secretaria de Saúde e Secretaria de Obras.

Essas ações estão sendo coordenadas pelo Departamento de Vigilância em Saúde que alerta os munícipes a redrobrerem os cuidados e acatarem as medidas preventivas como:

1 – uso de máscara;
2 – Quando for necessário ir nos estabelecimentos comerciais evitem levar crianças, idosos e pessoas com comorbidades (diabetes, pressão alta, cardiopatas, problemas respiratórios, dentre outros.)
3 – Manter distanciamento em filas (solicite as pessoas que estão na fila que se distanciem);
4 – Procure estabelecimentos que estão seguindo as medidas de prevenção e que se preocupam com a saúde de seus clientes;
5 – Se for em estabelecimentos de alimentação solicite a higienização das mesas e cadeiras e distanciamento de sua mesa a 2 metros da outra;
6 – Informe ao responsável do local qualquer irregularidade que coloque em risco a saúde dos clientes;
7 – Informe sua ESF se estiver com sintomas gripais;
8 – Evite viajar para cidades onde tenha casos positivos de Covid-19;
9 -Lave as mãos periodicamente;
10- Quando houver necessidade de sair de casa leve álcool gel 70% para higienizar as mãos e acessórios que tenham contato com superfícies, exemplo cartão de crédito, celular, bolsa, dinheiro, chaves, dentre outros;
A desinfecção de ambientes poderá ser feita com um borrifador misturando 1 litro de água para 50 ml de água sanitária na composição de cloro 2,0% a 2,5%; essa solução deverá permanecer de 3 a 5 minutos sobre a superfície (não aplicar em metal) para depois passar pano, em calçadas a cada 20 litros de água 500 ml de detergente deixe agir de 7 a 10 min (melhor horário à noite) ou 20 litros de água para 1 litro de água sanitária na composição de cloro 2,0% a 2,5%.

Deixar agir de 2 a 3 minutos.
Previna-se, faça sua parte e ajude as autoridades de saúde pública na luta contra a disseminação do Covid -19.

Confira as fotos.