Cassilândia: Márcio Miranda, o homem do Posto Independência

O nosso destaque empresarial cassilandense é o Márcio Miranda, proprietário do Auto Posto Independência, localizado na saída para o Chapadão do Sul.

O empreendedor é herdeiro do saudoso Edmundo Miranda e da dona Vilma Miranda, que até hoje está sempre presente na empresa que ajudou a erguer durante quase meio século.

Márcio Miranda tem a oferecer no Auto Posto Independência produtos e combustíveis da marca Petrobras com o melhor serviço e atendimento graças a uma equipe bem preparada.

Márcio Miranda é o nosso destaque empresarial.

Márcio Miranda, do Independência: produtos Petrobras

Cassilândia: Você sabia que no site da Fibernet dá para você tirar segunda via de boleto e pagar com o cartão de crédito?

Você sabia que no site da Fibernet dá para você tirar segunda via de boleto e pagar com o cartão de crédito?
Basta você ligar na Fibernet e solicitar o usuário e a senha.
Com a senha em mãos, você deverá entrar no site www.fibernetms.com.br, procure a área de login e tenha acesso a diversas informações de sua conta de internet.
Saiba mais no 0800 940 0190 ou no WhatsApp 67 98402-7674.

Cassilândia: Hotel Esplanada está pronto para atender bem a todos

Está passando pela cidade de Cassilândia e procura um bom hotel?

O Hotel Esplanada tem ótimas opções para você e sua família, além de recepcionar bem os representantes comerciais e viajantes em geral.

Um ótimo hotel não custa mais e oferece amplo leque de serviços.

Consulte nossos preços. Telefone para contato: (67) 3596-1415.

Hotel Esplanada está localizado em Cassilândia na saída para Paranaíba.

Cassilândia: Professora Sônia Paulino está fazendo aniversário nesta terça-feira

Hoje ela faz aniversariante. Uma professora dos bons tempos do ensino cassilandense que fez história. Esta é Sônia Paulino, esposa de José Ancelmo dos Santos, que hoje reside em Campo Grande.

Cassilandense nata, Sônia Paulino desfruta de sua merecida aposentadoria ao lado dos netos e demais familiares.

Parabéns para a nossa inesquecível professora Sônia!

Sônia Paulino e o esposo José Ancelmo

Gente de Cassilândia: Veidia Marques, a gerente multitarefas da Padaria JK, da Vila Pernambuco

Veidia Marques é a faz tudo da empresa

O Cassilândia Urgente está sempre mostrando as pessoas da cidade.

Hoje destacamos a Veidia Marques, gerente da Padaria JK, do empresário Wesley Ferreira, empresa localizada na Avenida JK, na Vila Pernambuco, em Cassilândia.

Veidia é sempre atenciosa e interessada, sendo a primeira a chegar e a última a sair todos os dias, dando exemplo de esforço, competência e comprometimento com a empresa.

Não é à-toa que ela está na Padaria JK há cerca de 15 anos.

Veidia Marques é gente de Cassilândia.

Cascavel: Serpente que vive em todo o Brasil tem veneno perigoso

Cascavel é uma das cobras mais venenosas do país

Você alguma vez na vida se deparou com uma cascavel balançando o seu chocalho e pronta para dar o bote? Se isso não aconteceu, você é uma pessoa de sorte. Essa serpente peçonhenta dos gêneros Crotalus e Sistrurus existe em todo o continente americano, sendo bastante comum no Brasil.

Em nosso país, essa grande cobra (no caso a espécie Crotalus durissus) está em segundo lugar no ranking das mais venenosas — a primeira é a coral-verdadeira. Porém, a sua abrangência está mais concentrada no sudoeste dos Estados Unidos e norte do México, segundo um artigo de Jessie Szalay, do Live Science.Leia Mais

Gente de Cassilândia: Marcelo Ferreira é o aniversariante desta quinta

Marcelo, Silvone e Valdir

O jovem universitário Marcelo Ferreira, que está cursando Veterinária em Campo Grande, está comemorando aniversário nesta quinta, 18 de março. Ele é filho da Silvone Ferreira e recebe os abraços também do Valdir Machado, do irmão Murilo, da avó Antônia, do Zeca e de toda a família.

Ao Marcelo Ferreira, futuro “dotô dos animais”, votos de muito sucesso e realizações.

Afinal Marcelo Ferreira é gente de Cassilândia.

Cassilândia Recordar É Viver: Em 1985 era inaugurado o Lar dos Idosos São Francisco

Reprodução de notícia do Cassilândia Jornal, dirigido na época por Wanderleiy de Carvalho

Publicamos foto extraída do Museu da Imagem de Cassilândia que mostra o momento da inauguração do Lar dos Idosos São Francisco, no ano de 1985, com participação, dentre outras pessoas, do vice-prefeito da época, Durval Vendrame, representando o prefeito Jair Boni. 

O Lar dos Idosos foi erguido graças à união de cassilandenses num trabalho voluntário digno de elogios, pois uniu boa parte da comunidade. A notícia foi publicada pelo Cassilândia Jornal e o recorte foi guardado por Durval Vendrame.

Vale a pena ver esta foto, pois recordar é viver.

Por que 8 de março é o Dia Internacional da Mulher?

Mulheres e o um dia de lutas no mundo inteiro

As histórias que remetem à criação do Dia Internacional da Mulher alimentam o imaginário de que a data teria surgido a partir de um incêndio em uma fábrica têxtil de Nova York em 1911, quando cerca de 130 operárias morreram carbonizadas. Sem dúvida, o incidente ocorrido em 25 de março daquele ano marcou a trajetória das lutas feministas ao longo do século 20, mas os eventos que levaram à criação da data são bem anteriores a este acontecimento.

Desde o final do século 19, organizações femininas oriundas de movimentos operários protestavam em vários países da Europa e nos Estados Unidos. As jornadas de trabalho de aproximadamente 15 horas diárias e os salários medíocres introduzidos pela Revolução Industrial levaram as mulheres a greves para reivindicar melhores condições de trabalho e o fim do trabalho infantil, comum nas fábricas durante o período. Leia Mais

Cassilândia Recordar É Viver: Terminal rodoviário, uma das grandes obras do prefeito Jair Boni em seu primeiro mandato

No segundo ano de seu primeiro mandato, mais exatamente em 1983, o prefeito Jair Boni construiu o terminal rodoviário de Cassilândia, substituindo o ponto de ônibus improvisado da Rua José Cristino Sobrinho, perto do antigo Hotel da Delza, no centro da cidade.

O terminal rodoviário de Cassilândia foi construído em 1983

A construção da rodoviária fez a cidade expandir para os lados da Vila Izanópolis e assim nasceram diversas vilas e bairros, em função principalmente dessa grande obra. Na época, a rodoviária de Cassilândia era uma das maiores de todo o Bolsão e motivo de orgulho para o cassilandense.

O tempo passou, pelo menos 34 anos, e o terminal rodoviário de Cassilândia continua atendendo à demanda de passageiros de ônibus, isto é, foi uma obra voltada para o futuro décadas depois. A foto é do acervo do ex-vice-prefeito Durval Vendrame e foi extraída do Museu da Imagem de Cassilândia/Facebook.