Empresário morre após atropelar animal e capotar caminhonete na BR-060

O empresário Carlos Dias Miranda, de 62 anos, morreu após atropelar uma anta e capotar a caminhonete que conduzia na BR-060, em Bela Vista, a 324 quilômetros de Campo Grande. O acidente aconteceu na noite desta sexta-feira (12).

Carlos havia saído de Jardim, quando no Km-675 o animal, de grande porte, teria atravessado a rodovia, segundo publicou o Jardim MS News. Ele teria atropelado a anta e perdido o controle da direção, momento em que saiu da pista e capotou a caminhonete às margens da rodovia.

Equipe do Corpo de Bombeiros foi acionado, mas ao chegar no local, Carlos já estava morto. Ele teria ficado prensado as ferragens do veículo.

A perícia científica, Polícia Civil de Jardim e Bela Vista, assim como a PRF (Polícia Rodoviária Federal) também estiveram no local realizando os levantamentos.

Carlos era proprietário de uma loja de produtos agropecuários, com unidades em Aquidauana, Jardim, Bela Vista, Bonito, Miranda e Nioaque e na Capital. Jardim News

Compartilhe:

Cassilândia Urgente: R$ 500 milhões! Esse seria o prejuízo dos vazamentos de água em Cassilândia caso a Prefeitura Municipal fosse usuária

Um técnico em recursos hídricos procurou a redação do Cassilândia Urgente, neste sábado, 13 de abril, para fornecer um cálculo alarmante da irresponsabilidade da Prefeitura Municipal de Cassilândia quanto aos vazamentos constantes de água nas ruas da cidade.

“Fazendo um cálculo muito subestimado, eu diria que a Prefeitura de Cassilândia, se fosse responsabilizada pela empresa de água e esgoto do município pelos tantos e tantos vazamentos de água na cidade, teria que pagar uma conta de, no mínimo, uns R$ 500 milhões”, disse o profissional que trabalha em Campo Grande.

“Se a Prefeitura é uma cobradora implacável junto a quem deixa a água vazando em sua residência e não abre mão de receber quantias absurdas do usuário, então essa mesma Prefeitura Municipal teria que estar sendo cobrada, sim, pelos contribuintes cassilandenses”, pois água tratada está sendo desperdiçada todos os dias, em milhares de litros, sem nenhum controle”, afirmou, aconselhando os cassilandenses a promoverem uma ação civil pública contra a Prefeitura Municipal.

Vazamentos de água são corriqueiros em Cassilãndia

Compartilhe:

Cassilândia Urgente: TJMS nega pedido da Prefeitura de Cassilândia para derrubar liminar que suspendeu desapropriação entre Prefeitura e familiares de servidora

O prefeito de Cassilândia, Valdecy Costa (PSDB), sofreu novo revés ontem no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul.

Segundo a contraminuta de agravo do advogado Guilherme Tabosa: “Existem vícios e ilegalidades na desapropriação em combate que podem ser facilmente constatados, com singela verificação das provas documentais que acompanham a inicial. É o caso da nulidade do Termo de Acordo Administrativo celebrado por familiares próximos de servidora pública da municipalidade, em flagrante contrariedade das vedações impostas pela Lei Orgânica do Município e Lei de Licitação.

Já a decisão do Desembargador Amaury Kuklinski confirma: “Ressalto inclusive o fato de que demonstrado nos autos que Fabiana Toledo é servidora pública municipal, filha e sobrinha dos beneficiários do acordo contratado com o município agravante, o que reforça o argumento de possível violação ao artigo 98, da Lei Orgânica, bem como ao artigo 14, VI da Lei de Licitações.”

Leia a decisão judicial de ontem, quinta-feira, 11 de abril.

Compartilhe:

Marido tentou incendiar outra casa em busca de esposa que fugiu em chamas

Hospital de Água Clara, onde vítima recebeu atendimento médico. (Foto: Rádio Caçula)

Hospital de Água Clara, onde vítima recebeu atendimento médico. (Foto: Rádio Caçula) –

O homem que incendiou a esposa, em Água Clara, cidade a 193 km de Campo Grande, também tentou atear fogo na casa de outra pessoa. Ele acreditava que era o local onde a mulher estava escondida após fugir. O caso ocorreu na madrugada desta quarta-feira (10) e a vítima recebe atendimento médico.

O delegado Felipe Rossato explicou que a vítima é usuária de álcool e drogas. Há alguns dias, ela procurou a prefeitura da cidade, com intuito de uma internação voluntária para tratamento. Nesta terça, teve resposta positiva. “Recebeu a notícia que seria disponibilizada a vaga e comunicou ao companheiro”, disse Rossato.

Contudo, o homem não queria que a esposa fosse internada. Houve discussão e ele a agrediu. Durante a madrugada, o casal já estava dormindo, quando o homem colocou um fogão para travar a porta – única saída da casa – e, em seguida, mandou a mulher embora.

A vítima acordou assustada e tentou sair da casa, mas o acesso estava bloqueado. “Então, ele pegou um balde com gasolina, ateou fogo e lançou em direção a vitima, momento em que as chamas acenderam”, afirma o delegado. A vítima, no desespero, conseguiu tirar o fogão e rolou no chão do quintal para apagar as chamas.

Na sequência, ela correu para o hospital. “Enquanto ela se dirigia para a unidade de saúde, o companheiro supôs que a mulher foi até a casa de uma amiga. Então, pegou espuma de colchão, mais gasolina, e esqueiro”, explica Rossato. O homem seguiu até a casa da amiga da vítima, entrou pelo telhado, mas não a encontrou. “Se deparou apenas com a moradora da casa”, diz o delegado. O homem então abandonou os itens e foi embora.

Pouco tempo depois, acabou preso em flagrante pela Polícia Militar. Ele foi autuado por homicídio, na forma tentada, qualificado por motivo fútil, com emprego de fogo, meio de dificultou a defesa da vítima e feminicídio. A Polícia Civil pediu prisão preventiva para o homem e aguarda resposta da Justiça. – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Compartilhe:

Namorado que ateou fogo em mulher em MS invadiu casa da amiga pelo telhado

(Ilustrativa)

O homem de 27 anos que ateou fogo na namorada de 40 anos, em Água Clara, a 193 quilômetros de Campo Grande, invadiu a casa da amiga da vítima na intenção de colocar fogo na residência da mulher, logo após o crime, nesta quarta-feira (10).

Segundo o delegado Felipe Rossato, após atear fogo na namorada, que conseguiu escapar se jogando no chão na tentativa de apagar as chamas de seu corpo, o homem teria separado mais gasolina e um pedaço de colchão.

A mulher foi socorrida e o homem, achando que ela pudesse ter ido para a casa da amiga, foi até o local. Ele invadiu a residência pelo telhado entrando no imóvel, mas quando viu que a namorada não estava na casa saiu, deixando o galão com gasolina no local e o pedaço de colchão.

Ele foi preso e encaminhado para a delegacia. O homem ainda fez ameaças a namorada. “Eu já peguei um ano, se eu pegar 15 anos por causa de você não dá nada!”, teria dito.

Ateou fogo e trancou a porta

Uma mulher de 40 anos sofreu queimaduras nas pernas e braços após ter o corpo incendiado pelo namorado de 27 anos. O autor trancou a porta de casa para que a vítima não saísse. A vítima foi levada para o hospital da cidade e contou aos policiais que era usuária de drogas e havia comunicado ao namorado que tinha conseguido uma internação para ela tratar o vício e queria que ele também fizesse o mesmo.

Segundo ela, o namorado também seria alcoólatra. Na madrugada de quarta, quando a vítima estava em casa, o homem a mandou embora. Ela, então, arrumou seus pertences para sair da residência, mas ele havia bloqueado a porta com um fogão.

Quando a mulher se virou, viu que o autor estava com um balde com gasolina e jogou nela o líquido ateando fogo. Desesperada, ela conseguiu tirar o fogão da porta, saindo para o quintal e se jogando no chão, rolando para que as chamas apagassem.

O namorado ficou assistindo e não a ajudou, só apagou as chamas que se alastraram para dentro da casa. “Eu já peguei um ano, se eu pegar 15 anos por causa de você não dá nada!”, ele ainda teria dito.

Os policiais foram até a casa onde encontraram o autor dizendo que tinha o direito ao silêncio. O acusado foi algemado e levado para a delegacia.

Em revista ao imóvel, foi encontrado o balde e o galão de gasolina que ele furtou de seu tio. Dentro do imóvel havia um odor muito forte característico de combustível fóssil. Também estava perceptível que houve um incêndio no local, pois o sofá de cor azul estava visivelmente queimado. Midiamax

Compartilhe:

Homem é preso após jogar gasolina e fogo na companheira em cidade de MS

Ele ateou fogo dentro desse balde e lançou em direção à vítima’ explicou o delegado de Água Clara, Felipe Rossato – Reprodução

Água Clara -distante cerca de 192,4 km de Campo Grande – foi palco de uma tentativa de feminicídio, onde o agressor da vítima arremessou gasolina e fogo na própria companheira com quem convivia há quase uma década, ainda durante a noite de ontem (10).

Segundo relato policial, a mulher de 40 anos deu entrada no hospital municipal após o ataque, com os policiais chegando à unidade por volta de 01h30.

Titular da Delegacia de Água Clara, o delegado Felipe Rossato cita que a vítima é dependente química em geral e, em busca de uma internação municipal voluntária, foi seu pedido por ajuda para ‘sair das drogas’ que motivou a ira de seu agressor.

Felipe Rossato explica que o homem de 27 anos ‘não gostou da decisão que ela tomou’, com as discussões que seguiram esse assunto resultando em agressões iniciais que terminaram em cenas de horror para a vítima.

O delegado descreve que o agressor teria bloqueado a única saída da casa com um fogão e, acordando ela de forma bruta pedindo que deixasse a residência, pegou um balde cheio de gasolina.

‘Ele ateou fogo dentro desse balde e lançou em direção à vítima. As chamas acenderam em direção a ela que, num ato de desespero, conseguiu tirar o fogão e ir para o quintal onde rolou e conseguiu apagar as chamas’.

Ainda, supondo que sua vítima estaria na casa de uma amiga, o agressor pegou mais gasolina, isqueiro e uma espuma de colchão, invadindo a casa em questão pelo telhado em busca da então companheira.

Preso pelos policiais minutos depois o relato da vítima, ele foi levado em flagrante por praticar um crime hediondo ‘na forma tentado’, que ainda é qualificado ‘por motivo fútil, com emprego de fogo, meio de dificultou a defesa da vítima e feminicídio tentado’, segundo a polícia.

Com investigações em curso, a Polícia Civil ainda entrou com representação pela prisão preventiva do indivíduo.

Feminicídios

Antes mesmo do fim de março, Mato Grosso do Sul já acumulava índices mais altos de feminicídio, se comparado com o mesmo período de 2023, resultando em um aumento de 66% só no primeiro trimestre.

Dados da Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) apontam para seis mulheres vítimas de feminicídio entre janeiro e março de 2023, enquanto, no mesmo período deste ano, o índice chegou a 10 e já somam 11 mortes em 2024.

Ainda no fim de março, a noite do dia 22 foi marcada pela morte de Renata Andrades de Campos Widal, de 39 anos e Dayane Xavier da Silva, de 29 anos, que morreram nos bairros Jardim Centenário e Nova Campo Grande, com duas horas de diferença entre os crimes.

Em 3 de fevereiro de 2023 a Casa da Mulher Brasileira em Campo Grande (a primeira do País) completou 8 anos de acolhimento de mulheres e filhos, sendo espaço seguro onde as vítimas de agressões encontram desde serviços de saúde; hospedagem temporária; apoio psicossocial; delegacia; juizado; Ministério Público; Defensoria Pública e mais.

Em funcionamento 24 horas, inclusive aos finais de semana e feriados, a Casa da Mulher Brasileira fica na rua Brasília, no Jardim Imá, próxima ao Aeroporto Internacional da Capital, e o telefone para contato é o (67) 2020-1300. **(Colaborou Alanis Netto e João Gabriel Vilalba)

Com informações do Correio do Estado

Compartilhe:

Cassilândia: Cirurgião-dentista Dr. Guilherme Wilson da Silva está atendendo a conveniados do Bensaúde

O cirurgião-dentista cassilandense Dr. Guilherme Wilson da Silva está atendendo os conveniados do Bensaúde, um dos melhores planos de saúde do País.

Informe-se melhor e seja bem atendido.

ATENDIMENTOS:

CONVÊNIO BENSAÚDE (Todos atendimentos que esteja na cobertura do Plano)

PARTICULAR
IMPLANTES e PRÓTESES SOBRE IMPLANTE
RESTAURAÇÕES
CIRURGIAS
ENDODONTIA (Canal)
PRÓTESES (Coroa, Dentadura, Ponte Móvel)
PERIODONTIA (Gengiva)
ORTODONTIA

(67) 3596-3048 (67) 98106-1718
Dr. GUILHERME Wilson da Silva
Rua Dr. Manoel Thomaz da Silva, nº 516.

Dr. Guilherme Wilson da Silva é cirurgião-dentista em Cassilândia

Compartilhe:

Cassilandense Leonardo Castro Ferreira faz sucesso nos Estados Unidos

O cassilandense Leonardo Castro Ferreira foi escolhido na noite de ontem quarta-feira (10/04) pela equipe do New York Mavericks, para representar esse time na competição da “Camping World Team Series” do ano de 2024, que é a competição por equipes da PRB americana. Hoje ocorreu apenas o “draft” da expansão 2024, que é a escolha por apenas duas novas equipes que não participaram no ano passado (New York Mavericks e Oklahoma Wildcatters) de atletas que já disputaram a competição.

PBR: cassilandense é "draftado" por novo time no "Camping World Team Series"

Publicação da PBR mostrando a escolha de Leonardo Castro Ferreira

Agora ocorrerá o “draft” geral, incluindo os novatos que não competiram no ano passado. Confira as equipes que participarão do campeonato neste ano:

Arizona Ridge Riders

Austin Gamblers

Carolina Cowboys

Florida Freedom

Kansas City Outlaws

Missouri Thunder

Nashville Stampede

New York Mavericks

Oklahoma Wildcatters

Texas Rattlers

Cassilândia Notícias

Compartilhe:

Vítimas de acidente trágico serão sepultadas na Capital, Coxim e Santa Catarina

Da esquerda para a direita: José Lucas, Jeferson e Ednaldo (Foto: Redes sociais)

Da esquerda para a direita: José Lucas, Jeferson e Ednaldo (Foto: Redes sociais) – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Três das seis vítimas do trágico acidente evolvendo veículos de carga e um carro de passeio, na manhã desta quarta-feira (10), na BR-163, no distrito de Anhanduí, serão sepultadas em Campo Grande, Coxim e Santa Catarina.

O corpo de José Lucas Verus de Albuquerque, 28 anos, passageiro da carreta com porcos, será levado para Coxim, distante 253 quilômetros da Capital. O velório está previsto para começar às 19h de hoje, na Capela Taquari, na Avenida General Mendes de Morais, Jardim Aeroporto. Já o sepultamento deverá ocorrer às 7h de sexta-feira (12).

O motorista da carreta que transportava porcos, Jeferson Carlos Brunetto, 35 anos, será encaminhado para Xaxim, município de Santa Catarina. O corpo está previsto para sair de Campo Grande hoje à noite. O pai da vítima veio para Mato Grosso do Sul e está responsável por resolver os trâmites do velório. Ainda não foi divulgado o local onde ele será sepultado.

Ednaldo Ramos dos Santos, 49, que conduzia o caminhão carregado de produtos alimentícios, será sepultado no Cemitério Memorial Park, na Rua Francisco dos Anjos, no Jardim Universitário, em Campo Grande. Ainda não foi definido o horário para começar o velório.

Até o momento, o único que ainda não teve o local de velório e sepultamento divulgado foi o motorista do caminhão que transportava milho, Ezequiel Nordt, 33 anos. A vítima morava em Treze Tílias, interior de Santa Catarina.

Conforme apurado pela reportagem, as necropsias realizadas nos corpos das vítimas terminaram na madrugada de hoje, na sequência os corpos foram liberados para as funerárias para serem preparados e entregues às famílias.

O casal Fernanda Lopes Ritter e Daniel Azambuja Alves em foto publicada nas redes sociais (Foto: Reprodução/Facebook)
Velados lado a lado – O casal Fernanda Lopes Ritter, de 35 anos, e Daniel Azambuja Alves, 38, estão sendo velados lado a lado, na manhã desta quinta-feira (11), no Cemitério Jardim das Palmeiras, em Campo Grande.

Fernanda e Daniel ocupavam o carro Chevrolet Onix, envolvido no acidente. As informações apuradas pela reportagem são de que ela já trabalhava em uma lotérica e o marido com troca de óleo, na oficina de um posto de combustíveis.

Cenário trágico e de destruição na BR-163, após acidente (Foto: Marcos Maluf)
Acidente – A colisão envolveu uma carreta bitrem, um caminhão que transportava produtos alimentícios, uma carreta carregada com porcos e um carro Chevrolet Onix. Com o impacto da colisão, um dos veículos tombou para a área de vegetação da rodovia, enquanto a cabine de outro ficou completamente destruída.

Uma das carretas transportava grão de milho e a carga ficou espalhada pela pista. O outro veículo estava carregado com porcos. Devido à colisão, alguns animais morreram e outros estão agonizando na rodovia. – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Compartilhe:

Cassilândia Urgente: Vídeo mostra caminhão arrebentando fios da rede no centro de Cassilândia

Um internauta enviou agora de manhã, nesta quinta-feira, 11 de abril, este vídeo mostrando um caminhão que teria acabado de derrubar fio da rede de energia elétrica na esquina das ruas Antônio de Freitas Pedrosa e Amin José, no centro de Cassilândia.

Uma equipe da empresa de energia está no centro para resolver o problema.

Veja.

Compartilhe:

Briga em rancho e 4 horas com corpo em carro: o que se sabe sobre morte de psicóloga e prisão de filho

(Redes Sociais)

Preso depois da morte da mãe, a psicóloga Simone do Nascimento, de 47 anos, neste fim de semana em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, o rapaz contou durante seu depoimento que teria sido ‘abandonado’ por Simone na estrada momentos antes do acidente.

Segundo o jovem de 24 anos, a mãe o convidou para conhecer um lugar novo, que seria o rancho, onde os dois passaram o domingo (7). Eles compraram carne e bebidas para levar para o local. Durante o trajeto, ele disse que a psicóloga foi dirigindo o carro e estava feliz.

Já no rancho, eles beberam, mas segundo o rapaz não ficaram alterados. Em determinado momento, ele foi pescar e havia outras pessoas no local, sendo que resolveu pegar uma criança no colo, e a mãe o teria alertado que a família não havia gostado e que era para irem embora, mas resolveram ficar mais um pouco.

Segundo o rapaz, eles saíram do rancho por volta das 16 horas e Simone estava no volante e passou a ficar agressiva, mas não o agrediu fisicamente. Ela questionou o filho sobre seu celular e o ‘abandonou’ na estrada quando passou a ir embora a pé. Mas, a mãe acabou voltando para buscá-lo.

Nisto, o rapaz resolveu dirigir e Simone foi para o banco ao lado dizendo que iria se matar. O rapaz, então, disse que havia trancado as portas da frente, mas a psicóloga foi para o banco de trás abrindo a porta e se jogando do carro. Ele parou o veículo e pegou a mae a colocando dentro do veículo novamente.

Segundo o rapaz, ele levou a mãe desacordada primeiro para a casa de sua avó, que o mandou levar para a casa dos pais dela, e em seguida ele foi para a casa de seu pai que não estava. O jovem ficou com a mãe machucada e desacordada dentro do carro por cerca de 4 horas até levá-la para uma unidade de saúde.

Simone só foi socorrida quando o filho a levou para a casa de seus avós maternos que acionaram a ambulância. Ele foi preso por omissão de socorro e por embriaguês ao volante.

O rapaz possui boletim de ocorrência de violência doméstica registrado contra a mãe. Exames iniciais indicam que a vítima sofreu agressões. O caso está em investigação.

Compartilhe:

Mais dois envolvidos em morte de casal carbonizado são presos

Leide e Dênis foram encontrados mortos no dia 22 de julho de 2023 (Foto: Rádio Caçula)

Foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (10) a segunda fase da operação Fogo Amigo e mais duas pessoas foram presas por envolvimento na morte de Denis Antônio de Souza Queirós, 31 anos e Leide Jasmin Rodrigues, 21 anos. Ambos encontrados carbonizados na cidade de Três Lagoas, a 327 quilômetros de Campo Grande, no dia 22 de julho de 2023.

A ação foi coordenada pela SIG (Seção de Investigações Gerais) e pelo NRI (Núcleo de Inteligência), ambos de Três Lagoas, onde o caso é investigado. E contou com apoio da 2ª Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã.

Na ocasião foram feitas diligências como desdobramentos da operação realizada em fevereiro deste ano na cidade de Bauru, interior de São Paulo, quando foram presos os primeiros suspeitos do crime dois homens de 34 e 37 anos, que não tiveram os nomes divulgados.

Após a primeira fase, a polícia continuou investigando o caso e conseguiu identificar os outros dois suspeitos. Com isso, foram cumpridos os mandados de prisão hoje   contra uma mulher de 27 anos em Ponta Porã e contra um homem de 34 anos, em Três Lagoas.

Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Criminal de Três Lagoas. OS quatro presos serão indiciados por homicídio qualificado por motivo fútil, pelo recurso que dificultou a defesa das vítimas, pelo emprego de fogo e asfixia. Ninguém teve o nome divulgado.

Relembre – Às 6h20 do dia 22 de julho daquele ano, Leide foi encontrada com o corpo ainda em chamas em área de mata atrás da Unei (Unidade Educacional de Internação). Pessoas que passavam pelo local acionaram a polícia, mas quando a equipe chegou a jovem já estava morta.

Horas depois, por volta das 10h, Denis foi achado parcialmente carbonizado às margens da BR-158. No corpo também havia sinais de estrangulamento e queimaduras na região pélvica. Ambos foram identificados dias depois.

Durante a investigação, a Polícia Civil concluiu que o casal foi morto por amigos próximos e a motivação do crime seria passional, por conta de um relacionamento que Dênis teve antes de conhecer Leide, que acabou executada como queima de arquivo.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Hoje Mais Três Lagoas

Compartilhe:

Cassilândia Urgente: Morador denuncia riscos oferecidos por casa abandonada na Vila Imperatriz, em Cassilândia

Um morador entrou em contato com a redação do Cassilândia Urgente para denunciar uma situação de abandono de imóvel na Rua Isméria Augusta de Almeida, na Vila Imperatriz, em Cassilândia.

O imóvel em estado deplorável tem muito matagal, o que proporciona o surgimento de animais como ratos e escorpiões, bem ao lado da Escola Municipal CEMEIC.

O morador informou que já procurou a Prefeitura de Cassilândia, o dono do imóvel não faz a limpeza e os vizinhos acabam sofrendo com um problema que continua sem solução.

Quem poderá salvá-los? O Chapolim Colorado?

Veja as imagens.

Compartilhe:

Casal morto em acidente ia viajar pela primeira vez para a praia em SC

Irmã de Fernanda acompanha trabalho da perícia amparada pelo marido (Foto: Marcos Maluf)

Casal que morreu na manhã desta quarta-feira (10), no acidente da BR-163, em Anhanduí, distrito de Campo Grande, morava em Campo Grande e estava indo passar férias na praia no estado de Santa Catarina. Fernanda Lopes e Daniel, como foram identificados até o momento, morreram após ter o carro Chevrolet Onix esmagado por duas carretas na rodovia.

De acordo com o cunhado de Fernanda, o motorista Elvis Ajala, 42 anos, ele e a esposa estavam esperando as vítimas em um posto de gasolina, localizado mais à frente do local do acidente. Os quatro seguiriam viagem até Santa Catarina. O passeio estava sendo planejado há 30 dias e essa seria a primeira vez que Elvis conheceria o mar.

“Nós moramos em Sidrolândia, ia ser minha primeira vez na praia. Estava todo mundo ansioso e feliz pela viagem, como moramos em cidades diferentes combinamos de nos encontrar em um posto próximo a Anhanduí, mas eles nunca chegavam e foi quando retornamos para saber o que havia acontecia’, lamentou o rapaz.

Abalada e chorando bastante, a irmã de Fernanda permaneceu na rodovia acompanhando o trabalho da perícia. A moça chegou a cair no chão e foi amparada pelo marido.

Com o impacto da batida, o carro que as vítimas estavam ficou esmagado entre carretas que tombaram nas margens da rodovia. Por isso, a perícia precisou contar com o apoio de um drone para ter acesso aos corpos. Os outros mortos ainda não foram identificados.

A colisão envolveu uma carreta bitrem, um caminhão que transportava produtos alimentícios, uma carreta carregada com porcos e um carro Chevrolet Onix. Com o impacto, um dos veículos tombou para a área de vegetação da rodovia, enquanto a cabine de outro ficou completamente destruída.

A Polícia Civil trabalha com a hipótese de que uma ultrapassagem forçada e proibida possa ter causado a morte das cinco pessoas, na BR-163. Todas as pessoas morreram na hora, sem chance de socorro e ainda buscam uma sexta vítima.

De acordo com o delegado Willian Rodrigues de Oliveira Júnior, plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Cepol (Centro Especializado de Polícia Integrada), apesar de a dinâmica do acidente ainda estar sendo apurada, há indícios de que o condutor da carreta que transportava porcos tenha feito uma ultrapassagem indevida e acabou batendo nos outros veículos envolvidos no acidente.

Campo Grande News

Compartilhe:

Cassilândia: Rosemar Fivela, da Imobiliária Oliveira, recebe o Certificado de Excelência 2023

O empresário e perito em imóveis Rosemar Fivela, da Imobiliária Oliveira, recebeu o Certificado de Excelência 2023 por se destacar no segmento no ano passado, de acordo com enquete simplificada feita em dezembro para o Cassilândia Urgente.

A gestão de aluguéis, além de compra e venda, foi também citada pelos entrevistados como ponto forte da imobiliária que conta com o suporte da esposa Rose Fivela e de colaboradores.

Corino Alvarenga e Rosemar Fivela

Compartilhe:

Cassilândia: Emerson Saeki, da Eletrotécnica Cassilândia, recebe o Certificado de Excelência 2023

O empresário cassilandense Emerson Saeki, da Eletrotécnica Cassilândia, recebeu hoje o Certificado de Excelência 2023 como destaque em seu segmento no ano passado, conforme enquete feita para o Cassilândia Urgente em dezembro.

São oferecidos serviços e peças em manutenção de motores industriais e bomba d’água, além de material elétrico e hidráulico.

Emerson Saiki e Corino Alvarenga

Compartilhe:

Cassilândia: Salvador Tomaz Miranda Junior, da Infonet Informática, recebe o Certificado de Excelência 2023

O empresário cassilandense Salvador Tomaz Miranda Junior, da Infonet Informática, recebeu hoje o Certificado de Excelência 2023, conforme resultado de enquete feita em dezembro passado para o Cassilândia Urgente.

A empresa está localizada na Rua Sebastião Leal, no centro de Cassilândia, e foi bem avaliada pelos consumidores da cidade.

Corino Alvarenga e Salvador Tomaz Miranda Junior

Compartilhe:

Cassilândia: Sérgio Vendrame recebe o Certificado de Excelência 2023

O empresário e contador Sérgio Vendrame, diretor da Informax Contabilidade Comercial e Rural, recebeu hoje o Certificado de Excelência 2023 por se destacar no ano passado, conforme enquete feita para o Cassilândia Urgente.

Sérgio divide o prêmio com a esposa Divina Vendrame e com os colaboradores e clientes.

Corino Alvarenga e Sérgio Vendrame

Compartilhe:

Cassilândia: Fábio Aparecido Valentim e colaboradores da Peba Oficina Mecânica e Auto Socorro recebem o Certificado de Excelência 2023

O empresário Fábio Aparecido Valentim Colso e colaboradores da Peba Oficina Mecânica e Auto Socorro receberam hoje o Certificado de Excelência 2023 como destaque do ano em seu segmento.

A empresa é especializada em mecânica em geral e em serviço de guincho.

Fábio Aparecido Valentim Colso e colaboradores da Peba Oficina Mecânica e Auto Socorro

Compartilhe:

Cassilândia: Ótica Visual recebe o Certificado de Excelência 2023

A Ótica Visual, localizada na Rua Sebastião Leal, no centro de Cassilândia, recebeu hoje o Certificado de Excelência 2023 como melhor ótica do ano passado, conforme enquete feita para o Cassilândia Urgente.

Alta qualidade e precisão foram citadas como ponto forte da empresa.

Na foto, Carlos Sérgio Amaral, Márcia Macedo, Dilcilene Ferraz e Corino Alvarenga

Compartilhe:

Cassilândia: Gigabyte Fibra Óptica recebe o Certificado de Excelência 2023

O gerente Eduardo Garcia Lima, da Gigabyte Internet Fibra Óptica, recebeu hoje o Certificado de Excelência 2023 como a melhor empresa de internet de Cassilândia, conforme apontou enquete feita em dezembro passado para o Cassilândia Urgente.

Na opinião dos entrevistados, a Gigabyte oferece internet estável diariamente aos seus usuários.

Eduardo Garcia Lima, da Gigabyte Internet Fibra Óptica

Compartilhe:

Cassilândia: Stefanio Sandrell Saeki recebe o Certificado de Excelência como Empresário do Ano de 2023

Stefanio Sandrell Saeki recebeu hoje o Certificado de Excelência como Empresário do Ano de 2023 após ter sido o nome mais lembrado pelos consumidores ouvidos pela enquete feita em dezembro passado para o Cassilândia Urgente.

Jovem empreendedor e visionário, Stefanio tem no sangue herança de uma família com muito tino e visão para os negócios, tornando-se hoje um excelente incentivo e exemplo para a juventude cassilandense ao deixar uma certeza: é preciso sonhar e trabalhar muito para alcançar bons resultados na vida.

“Este reconhecimento é primeiramente de Deus, de todos nós, da família, dos colaboradores, dos clientes, enfim, dos amigos, porque a Center Mix existe para atender a todos e depende de todas as pessoas”, conclui Stefanio Sandrell Saeki.

Stefanio Sandrell Saeki, da Center Mix Variedades, a maior loja da região nesse segmento

Compartilhe:

Cassilândia: Center Mix recebe o Certificado de Excelência 2023 como destaque no segmento de variedades

A Center Mix, que conta com o suporte da liderança da Shop Mix Variedades, recebeu o Certificado de Excelência 2023 como destaque no setor de variedades na região de Cassilândia.

A empresa é comandada pelo casal Stefanio Saeki e Ana Lúcia Saeki, contando com uma equipe de colaboradoras que atendem bem a todos os seus clientes no dia-a-dia.

Ana Lúcia Saeki, Stefanio Saeki e Corino Alvarenga

Compartilhe:

Cassilândia: Marcos Boca, da Cometa Auto Peças, recebe o Certificado de Excelência 2023

O empresário Marcos Roberto, o popular Boca, da Cometa Auto Peças, recebeu hoje o Certificado de Excelência 2023 como destaque no ano de 2023 no segmento de auto peças em geral.

A Cometa é líder no mercado da região de Cassilândia e foi bem avaliada na enquete feita em dezembro para o Cassilândia Urgente.

Além de empreendedor, Marcos Boca realiza importante trabalho com foco social, contribuindo com as iniciativas cassilandenses.

Cometa Auto Peças está localizada na Rua Antônio Paulino, no centro de Cassilândia.

Corino Alvarenga e Marcos Roberto Boca, da Cometa Auto Peças

Compartilhe:

Cassilândia Urgente: Egon Henrique de Lima Santos é o novo gerente da loja Gazin de Cassilândia

Ele veio de Nova Andradina, Mato Grosso do Sul, e acaba de assumir a gerência da melhor loja de eletrodomésticos, a Gazin, que recebeu o Certificado de Excelência 2023.

Chama-se Egon Henrique de Lima Santos e já está trabalhando na loja atendendo a clientela e organizando as vendas diárias.

A loja está localizada na Rua Sebastião Leal, no centro da cidade, e Egon assume para manter o padrão Gazin de qualidade.

Que seja bem-vindo à Cidade Sorriso!

Egon Henrique de Lima Santos, o gerente da loja Gazin de Cassilândia

Compartilhe:

Fotogaleria: cassilandense já está no Rio de Janeiro em mais uma fase das Olimpíadas

Fotogaleria: cassilandense já está no Rio de Janeiro em mais uma fase das Olimpíadas

O cassilandense Luís Fernando é o único representante de Mato Grosso do Sul nas Olimpíadas

O estudante cassilandense Luis Fernando já chegou em Barra do Piraí, no Rio de Janeiro, e já começou seus treinamentos e provas da fase final das Olimpíadas de Astronomia. Ele está entre os 50 brasileiros classificados na fase final, sendo o único sul-matogrossense classificado.

Os 10 classificados nesta última fase serão os representantes brasileiros na Olimpíada Latino-Americana e na Olimpíada Internacional de Astronomia.

Pode ser uma imagem de 14 pessoas, clarinete e texto que diz "礼龍 Treinamento: lançamento lançamentodefogu de foguetes @escolaevangelica eeab Li"

Compartilhe:

Agora: grave acidente deixa pessoas mortas na BR-163

Acidente congestionou rodovia

Foto: Alvorada Informa

Um gravíssimo acidente de trânsito, logo nas primeiras horas da manhã, desta quarta-feira (10), deixou pessoas mortas na rodovia BR-163, próximo ao distrito de Anhanduí, em Campo Grande.

O número de vítimas fatais ainda é incerto, mas a princípio, pelo menos duas mortes estão confirmadas. A reportagem do JD1 Notícias acompanha o desenrolar do caso e tenta confirmar com as autoridades o número exato de óbitos decorrentes da colisão que envolveu pelo menos quatro veículos.

O acidente aconteceu no trecho entre Campo Grande e Nova Alvorada do Sul. Segundo informações do site Alvorada Informa, a colisão envolveu uma carreta bitrem, outra carreta carregada com suínos, um caminhão baú e um veículo de passeio, Chevrolet Ônix.

A CCR MSVia, concessionária responsável pela rodovia, é quem atendeu o local. A PRF (Polícia Rodoviária Federal) também está pelo local apurando as circunstâncias do acidente.

Polícia Civil e Polícia Científica também estarão presentes no local.

JD1 Notícias –

Compartilhe:

Covid-19: MS registra 765 novos casos da doença e duas mortes na última semana

Covid-19: MS registra 765 novos casos da doença e duas mortes na última semana

Covid-19: MS registra 765 novos casos da doença e duas mortes na última semana

Os casos de Covid-19 em Mato Grosso do Sul mais que dobraram na última semana. De acordo com o novo boletim epidemiológico divulgado pela SES (Secretaria Estadual de Saúde) nesta terça-feira (9), os registros aumentaram quase 300%. Nos últimos sete dias, 765 novos casos da doença foram confirmados e 2 mortes no Estado.

As vítimas se traram de duas idosas. Uma residia em Campo Grande e a outra em Ponta Porã. Elas tinham 66 e 88 anos, respectivamente, e tinham doença cardiovascular crônica.

Diante os novos dados, o número total de mortes causadas pela doença no Estado em 2024 chega a 56, incluindo a trágica morte de um bebê recém-nascido.

Além disso, Mato Grosso do Sul já registrou 8.622 casos confirmados este ano até o momento.

Em Campo Grande, 453 novos casos foram confirmados esta semana. Na tabela, Aral Moreira registrou 81, Dourados (31), Jardim (28), Brasilândia (27) e Ponta Porã (26).

Vacinação

Segundo a Sesau (Secretaria Municipal da Saúde), a procura por doses das vacinas contra a Covid-19 na Capital permanece baixa.

Até o momento, apenas 10.300 doses foram aplicadas este ano. Lembrando que as doses estão disponíveis em todas as unidades básicas de saúde de Campo Grande. JD1 Notícias –

Compartilhe:

Em parque de diversões em MS, soldado tenta beijar menina de 12 anos e vai preso

Imagem de compartilhamento para o artigo Em parque de diversões em MS, soldado tenta beijar menina de 12 anos e vai preso da MS Todo dia

Vítima relatou que o militar do Exército ainda passou a mão em seu corpo

Soldado do Exército, que não teve o nome divulgado, foi preso no domingo (7), suspeito de tentar beijar uma menina, 12, em um parque de diversões, em Campo Grande. O rapaz passou por audiência de custódia na manhã desta terça-feira (9).

De acordo com o boletim de ocorrência, a mãe da menina é feirante e estava trabalhando na Expogrande no domingo e a menina estava com ela. Em determinado momento, a vítima pediu para ir até um dos brinquedos do parque de diversões, com a prima.

Passados alguns minutos, a prima da vítima foi até a tia e disse que a menina tinha saído correndo do brinquedo e se escondido em uma barraca de doces, porque um homem havia passado a mão em seus seios, coxas, pescoço e tentou beijá-la à força.

A situação foi repassada para a Polícia Militar que estava no local do evento e o homem foi preso em flagrante pelo crime de importunação sexual.  O suspeito optou por permanecer em silêncio ao ser interrogado na delegacia.

O militar teve a liberdade provisória concedida em audiência de custódia e ficou proibido de manter contato com a vítima. Além de ficar recolhido no local onde presta serviço militar no período noturno e nos dias de folga.

Ao Campo Grande News, o CMO (Comando Militar do Oeste) informou que o soldado está preso e à disposição da Justiça no 9º Batalhão de Polícia do Exército. Em nota, a instituição disse em nota que aguarda a conclusão das investigações conduzidas pela Policia Civil e a decisão judicial.

“Após os trâmites processuais, serão tomadas as medidas administrativas decorrentes. O CMO reforça que não coaduna com quaisquer condutas que desrespeitem as leis constituídas, as condutas éticas, assim como os valores militares”, finaliza a nota.

Fonte: Campo Grande News
Foto: Paulo Francis/Arquivo

Compartilhe:

Prova do Concurso Público Nacional será aplicada em quatro cidades de Mato Grosso do Sul

Estão inscritos 2,1 milhões de candidatos (Freepik)

Com aplicação das provas previstas para o dia 5 de maio, o CPNU (Concurso Público Nacional Unificado) bateu o recorde nacional de inscritos em um concurso público já realizado no País. Apenas em Mato Grosso do Sul, são 34.449 inscritos, em provas que serão realizadas em Campo Grande, Corumbá, Dourados e Três Lagoas.

A cidade com o maior número de inscritos é Campo Grande, com 21.538 pessoas inscritas. Em seguida, aparece Dourados, com 7.739 inscritos. Depois aparecem praticamente com números idênticos, Corumbá com 2.611 e Três Lagoas com 2.561 inscritos.Além destes, as provas serão aplicadas em 224 outros municípios em todos os estados e Distrito Federal; esta é a unidade da federação com maior número de inscritos, com 220 mil candidatos, superando cidades mais populosas como Rio de Janeiro e São Paulo.

O MGI (Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos) enviou ofícios aos governadores e prefeitos das cidades onde serão aplicadas as provas. O documento solicita cooperação para garantir a segurança e a logística necessárias à realização do certame. A correspondência, assinada pela ministra da Gestão, Esther Dweck, destaca a importância de evitar a realização de grandes eventos nas cidades na data da aplicação da prova, a fim de facilitar o deslocamento dos candidatos e garantir a segurança nos locais de prova.

Além disso, a Fundação Cesgranrio, empresa aplicadora do concurso, em parceria com órgãos como a Secretaria de Segurança Pública do Ministério da Justiça e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, está em contato com as autoridades estaduais e municipais para tratar de questões logísticas e de segurança.

Para viabilizar a logística e segurança do certame, uma rede de aplicação foi estabelecida conectando órgãos das administrações públicas federais e estaduais. Houve, inclusive, a integração com a Senasp/MJSP (Secretaria Nacional de Segurança Pública), PF (Polícia Federal), PRF (Polícia Rodoviária Federal), Abin (Agência Brasileira de Inteligência), FN (Força Nacional) e Secretarias de Segurança Pública Estaduais. Midiamax

 

 

Compartilhe:

Homem é esfaqueado no pescoço e encontrado morto em banheiro

Delegacia de Sidrolândia, onde o caso foi registrado e será apurado. (Foto: Divulgação)

Um homem de 59 anos foi encontrado morto no banheiro da casa onde morava, em Sidrolândia, a 70 km de Campo Grande, na tarde desta segunda-feira (8). Ele tinha ferimento causado por faca no pescoço e o caso foi registrado como morte a esclarecer.

Os familiares contaram que estranharam a vítima não aparecer para ver as visitas em outro imóvel. Então, decidiram ir até a residência do homem, na região de Capão Seco. Eles bateram na porta e, sem sucesso, arrombaram o imóvel, encontrando José Floriano da Silva caído no banheiro.

O corpo tinha ferimento no pescoço e ao lado a faca, que pode ter sido utilizada para golpear a vítima. A polícia foi acionada para atender possível suicídio, mas o caso foi registrado como ‘morte a esclarecer’. A Polícia Civil apura as circunstâncias que levaram à morte do homem. BATANEWS/CGNEWS

Compartilhe:

Cassilândia: José Donizete Ferreira de Freitas, presidente da ACEC, recebe o Certificado de Excelência 2023

A ACEC – Associação Comercial e Empresarial de Cassilândia – foi escolhida a entidade do ano de 2023 e recebeu hoje o Certificado de Excelência.

Ferreira de Freitas disse que essa certificação pertence a todos os colaboradores e associados.

José Donizete Ferreira de Freitas recebe o Certificado de Excelência em nome da ACEC

Compartilhe:

Homem tem celular furtado após entrar em quarto de boate com mulher em Cassilândia

Imagem Ilustrativa da internet

Um jovem de 23 anos teve o celular furtado na noite de ontem (7), em uma boate, em Cassilândia.

De acordo com o boletim de ocorrência, o homem contou que entrou para o quarto com uma mulher.

Após alguns minutos, ele notou que o celular não estava mais em seu bolso. Ele afirma que tinha um homem no quarto assim que ele chegou.

A mulher ajudou o jovem a procurar o aparelho. Os funcionários também ajudaram, mas o celular não foi encontrado.

O aparelho estava desligado.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil.

Fonte: MS Todo Dia

Compartilhe:

Homem condenado por matar aluno ex morador de Cassilândia é assassinado na cadeia

Railson de Melo Ponte (Alicce Rodrigues, Jornal Midiamax)

O guardador de carros, Railson de Melo Ponte, de 28 anos, “o Maranhão”, condenado a 18 anos de prisão no dia 20 do mês passado, pela morte do estudante Danilo Cezar de Jesus Santos, de 29 anos, foi assassinado na madrugada deste domingo (7), no presídio da Gameleira II, onde cumpria a pena.

Gabriel Chaves da Silva, de 23 anos, e Geilson Rodrigues Santos, de 35 anos, confessaram o crime. Eles disseram que um segurou e o outro asfixiou Railson até a morte com um travesseiro.

Conforme boletim de ocorrência, Railson cumpria pena no pavilhão 1, ala disciplina A, na companhia dos dois autores. Por volta das 3h30, os policiais penais foram chamados pelos presos do pavilhão informando que havia uma pessoa morta dentro da cela 2. O rapaz foi encontrado próximo ao vaso sanitário com marcas e lesões no pescoço. Gabriel e Geilson foram isolados e ao serem questionados confessaram o crime.

Em interrogatório, realizado por meio de recurso audiovisual, pelo delegado Rodrigo Alencar machado Camapum, Geilson disse que ele e Gabriel são “decretados” (jurados de morte) pelas facções criminosas PCC (Primeiro Comando da Capital) e CV (Comando Vermelho) e por isso estavam isolados. Ainda conforme a versão do preso, Railson era do PCC e iria mata-los. Já Gabriel fez uso do seu direito constitucional de permanecer calado. Os dois respondem a processos por tráfico de drogas de homicídio.

Julgamento – Railson foi condenado na 2ª Vara do Tribunal do Júri pelos crimes de homicídio qualificado por motivo torpe, meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima, e ocultação de cadáver e furto.

Danilo, que era ex morador da cidade de Cassilândia e onde ocorreu sepultamento do seu corpo, foi encontrado morto com ferimento na cabeça no dia 8 de março do ano passado, dois dias depois do seu desaparecimento, por equipe da DHPP (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídios e Proteção à Pessoa).

Ele era mestrando de Antropologia Social pela UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). Na ocasião, Railson confessou o crime alegando ter assassinado o estudante após tentativa de relação sexual por parte da vítima.

Danilo Cezar de Jesus Santos era estudante de mestrado em Antropologia Social, pela UFMS. (Foto: Alicce Rodrigues)
O Cassillandense Danilo Cezar de Jesus Santos era estudante de mestrado em Antropologia Social, pela UFMS. (Foto: Alicce Rodrigues)
Campo Grande News
Compartilhe:

Suplente renuncia e análise de cassação do presidente da Câmara de Cassilândia é adiada pela 3ª vez

(Divulgação)

Com renúncia de suplente, a análise de cassação do presidente da Câmara Municipal de Cassilândia, Arthur Barbosa (União), que aconteceria no último dia 25 de março, foi adiada mais uma vez e deve acontecer só no dia 15 de abril.

A denúncia foi feita pela vereadora Sumara Leal (PDT), que teria sofrido violência política de gênero na Casa de Leis. O presidente da Câmara, durante uma sessão, recomendou que a vereadora Sumara ‘use o corpo para trabalhar, assim como usa a língua’.

Com faltas seguidas do suplente, o pedido de análise de cassação não foi votado nas duas últimas sessões. “Ele faltou e o pedido não vai ser votado nesta segunda-feira pelo fato dele renunciar. Na sessão de hoje a renúncia vai ser lida e vão convocar um novo suplente. Sendo assim, a votação deve acontecer dia 15 de abril”, disse a vereadora ao Midiamax.

A votação deveria acontecer no dia 25 de março, mas foi adiada três vezes. A parlamentar afirma que foi vítima de machismo e humilhação, enquanto o vereador diz que as falas foram mal interpretadas.

Viajou mais de 100 km para registrar boletim de ocorrência

 

Sumara Leal precisou viajar mais de 100 quilômetros até Paranaíba para registrar um boletim de ocorrência contra o presidente da Casa. Isso porque, segundo a parlamentar, o delegado de Cassilândia, onde ela é vereadora, teria se recusado a registrar a ocorrência.

O Jornal Midiamax acionou a corregedoria da Polícia Civil, que informou que “O Departamento de Polícia do Interior está fazendo o levantamento de informações preliminares quanto a situação ocorrida e, sendo necessário, [o caso] será encaminhado à Corregedoria para apuração”.

Medida protetiva

Em campo grande, a vereadora criticou a demora da Casa de Leis de Cassilândia em tomar as providências necessárias e relatou falta de suporte para a situação. A parlamentar pede uma medida protetiva contra o vereador.

“Eles ainda não tomaram nenhuma providência sobre o caso. O Ministério Público entrou com uma ação. O meu advogado também vai pedir a cassação e uma medida protetiva. Só que isso vai ter que ser votado. O que ele fez foi um crime. A violência de gênero está acontecendo até nos bastidores”, informa.

Sumara diz sofrer pressão dos próprios vereadores para ‘enterrar o assunto’. “Os vereadores estão pedindo para eu não fazer isso, mas o que aconteceu foi um crime. Eu não entendia o que era violência política e não gostaria de ser conhecida por isso, mas já que aconteceu, eu vou levantar a bandeira sim para que isso não aconteça novamente”, conta.

A violência política de gênero pode ser caracterizada como “todo e qualquer ato visando excluir a mulher do espaço político, impedir ou restringir seu acesso, ou induzi-la a tomar decisões contrárias à sua vontade. As mulheres podem sofrer violência quando concorrem, já eleitas e durante o mandato”.

União Brasil

O União Brasil emitiu nota de repúdio na última terça-feira (12) e informou que irá apurar a conduta do presidente da Câmara Municipal de Cassilândia, Arthur Barbosa (União), que cortou fala da colega vereadora, Sumara Leal (PDT), durante sessão e disse para ela trabalhar com o corpo ‘assim como a língua’.

A nota é assinada pela presidente estadual do partido e superintendente da Sudeco, Rose Modesto, e Michaela Dutra, Presidente do União Mulher em MS. Midiamax

Compartilhe:

Esposo que matou esposa atropelada é indiciado por crime sem intenção em Cassilândia

Esposo que matou esposa atropelada é indiciado por crime sem intenção em Cassilândia

Esposo que matou esposa atropelada é indiciado por crime sem intenção em Cassilândia

Gustavo Santiago Caixeta Silva, esposo de Roseli Silva de Paula, de 34 anos, morta atropelada pelo próprio marido, foi indiciado pela Polícia Civil por homicídio culposo e lesão corporal culposa na direção de veículo automotor. O inquérito policial está em andamento na Delegacia de Cassilândia, que entendeu que ele não teve a intenção de cometer a fatalidade.

Morte ocorreu após festa em área rural, na madrugada do dia 30 de março, em Cassilândia, município a 412 quilômetros de Campo Grande. Gustavo chegou a socorrer a mulher para uma unidade de saúde, onde ela já chegou sem vida. A equipe médica acionou a polícia.

A vítima estava vestida apenas com sutiã, shorts e com a calcinha abaixada. Ela apresentava marcas de pneus no tórax e pescoço.

Inicialmente, o marido informou aos médicos que Roseli havia caído e, acidentalmente, ele a atropelou. Porém, o homem mudou a versão, alegando não se recordar do que havia acontecido.

Ele foi encaminhado à delegacia para prestar esclarecimentos. Aos policiais ele relatou que os dois estavam com mais um casal em uma festa, sendo a irmã de Roseli e o cunhado. Durante a madrugada, eles resolveram voltar para a fazenda onde moram, quando, no meio do caminho, a irmã da vítima começou a brigar com o próprio marido.

Neste instante, Gustavo parou o veículo, desceu do carro, e entrou em maio a mata. Roseli e a irmã, sem saber o que fazer, resolveram voltar a pé para a fazenda de que haviam saído.

Após algum tempo, Gustavo retornou ao carro e, percebendo estar abandonado, resolveu voltar a fazendo. Ele dirigiu então de ré por 35 minutos até avistar inesperadamente, Roseli, a cunhada e um antigo funcionário na estrada.

No mesmo momento, o homem gritou para Gustavo que ele havia acabado de atropelar a própria esposa. A cunhada, também foi atropelada.

O cunhado teria pegado Roseli e, com Gustavo, foram até um seringal próximo pedir ajuda. No local, um funcionário teria concordado em os levar até o hospital de Cassilândia em troca de 400 reais.

Para a polícia, o homem relatou que, a todo instante, a vítima queixava-se de fortes dores e dizia que não aguentaria chegar até o socorro. Ele afirmou que, durante o caminho, parou o carro, pois ela queria urinar. No entanto, logo depois, ela morreu, dando entrada no hospital já sem vida.

Após o depoimento, Gustavo acabou sendo liberado logo em seguida. A polícia continua investigando o caso.

TopMídiaNews

Compartilhe:

Cassilândia: Morre David Abner Gomes de Araújo

Faleceu hoje em Guarantã do Norte, estado de Mato Grosso, o cassilandense David Abner Gomes de Araújo. Abner, como era conhecido em Cassilândia na juventude, era servidor público municipal em Guarantã do Norte (enfermeiro).

Seu corpo está sendo trasladado de Guarantã para Cassilândia e, conforme informações recebidas pelo site Cassilândia Notícias, o velório deverá começar ao meio dia desta terça-feira, na Veladoria da Funerária Unapaz.

O sepultamento está programado para as 17h30 no Cemitério Municipal de Cassilândia, Waldomiro Pontes. Cassilândia Notícias

Cassilândia: morre David Abner Gomes de Araújo

David Abner Gomes de Araujo (foto: redes sociais)

Compartilhe:

Dos 11 ministros do STF, sete foram indicados por Lula e Dilma, do PT

O Supremo Tribunal Federal (STF) é composto por 11 ministros. Além de ser indicado pelo presidente da República, para poder entrar na Casa é preciso ser brasileiro, ter mais de 35 anos e menos de 65 anos, amplo conhecimento jurídico e boa reputação, sem qualquer acusação ou suspeita.

O último magistrado a tomar posse foi Cristiano Zanin, que assumiu a vaga aberta pela aposentadoria de Ricardo Lewandowski. Ele foi a primeira indicação de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no terceiro mandato como chefe de Estado. Veja aqui o perfil de Zanin.

Uma vez que a indicação do presidente é aprovada pelo Senado e a posse é confirmada, o ministro pode permanecer na Corte até completar 75 anos.

A ministra Rosa Weber se aposentou da Suprema Corte em outubro de 2023, por completar a idade-limite. O presidente Lula ainda anunciará quem será o próximo nome a integrar o tribunal, que atualmente conta com uma vaga aberta.

Atualmente, a composição dos ministros é a seguinte:

Luís Roberto Barroso (presidente)

O ministro do STF Luís Roberto Barroso
O ministro do STF Luís Roberto Barroso / Nelson Jr./SCO-STF (23.out.2013)

Nascido em Vassouras (RJ), Barroso é bacharel e mestre em Direito, doutor em Direito Público e livre-docente. Indicado por Dilma Rousseff (PT), é ministro do STF desde junho de 2013 e atual vice-presidente da Corte.

Foi procurador do Estado do Rio de Janeiro e assessor jurídico da Secretaria de Justiça do Estado do RJ, e é autor de vários livros.

Luiz Fux

O ministro do STF Luiz Fux
O ministro do STF Luiz Fux / Fellipe Sampaio/SCO-STF (10.set.2020)

Nascido na cidade do Rio de Janeiro, Fux é doutor em Direito Processual Civil e membro da Academia Brasileira de Letras Jurídicas. Indicado por Dilma Rousseff (PT), é ministro do STF desde março de 2011 e presidiu a Corte de 2020 a 2022.

Foi ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de 2001 a 2011, e desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) de 1997 a 2001. Presidiu o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de fevereiro a agosto de 2018.

Cármen Lúcia

A ministra do STF Cármen Lúcia
A ministra do STF Cármen Lúcia / Carlos Moura/SCO-STF (7.nov.2019)

Nascida em Montes Claros (MG), Cármen Lúcia é formada em Direito, mestre em Direito Constitucional e especialista em Direito de Empresa. Indicada por Luiz Inácio Lula da Silva (PT), é ministra do STF desde junho de 2006 e presidiu a Corte de 2016 a 2018.

Ao longo da carreira, atuou como advogada, procuradora do Estado de Minas Gerais e professora.

Gilmar Mendes

O ministro do STF Gilmar Mendes
O ministro do STF Gilmar Mendes / Carlos Moura/SCO-STF (12.fev.2020)

Nascido em Diamantino (MT), Gilmar Medes formou-se em Direito e atuou como procurador da República em alguns processos do STF, de outubro de 1985 a março de 1988. Indicado por Fernando Henrique Cardoso (PSDB), é ministro do STF desde junho de 2002 e presidiu a Corte de 2008 a 2010.

Foi subchefe para Assuntos Jurídicos da Casa Civil de 1996 a 2000, e Advogado-Geral da União de janeiro de 2000 a junho de 2002.

Edson Fachin (vice-presidente)

O ministro do STF Edson Fachin
O ministro do STF Edson Fachin / Rosinei Coutinho/SCO-STF (27.nov.2019)

Edson Fachin nasceu em Rondinha (RS) e se formou em Direito. É mestre e doutor em Direito das Relações Sociais. Indicado por Dilma Rousseff (PT), é ministro do STF desde junho de 2015.

Ao longo da carreira, atuou como professor, advogado e procurador do Estado do Paraná. É membro da Academia Brasileira de Letras Jurídicas.

Dias Toffoli

O ministro do STF Dias Toffoli
O ministro do STF Dias Toffoli / Nelson Jr./SCO-STF (5.ago.2020)

Dias Toffoli nasceu em Marília (SP) e se formou em Direito. Indicado por Luiz Inácio Lula da Silva (PT), é ministro do STF desde outubro de 2009 e presidiu a Corte de 2018 a 2020.

Atuou como Advogado-Geral da União de 2007 a 2009, e como presidente do TSE de 2014 a 2016.

Alexandre de Moraes

O ministro do STF Alexandre de Moraes
O ministro do STF Alexandre de Moraes / Rosinei Coutinho/SCO-STF (20.fev.2020)

Nascido em São Paulo (SP), Alexandre de Moraes é formado em Direito e doutor em Direito do Estado. Indicado por Michel Temer (MDB), é ministro do STF desde março de 2017.

Exerceu os cargos de secretário municipal de Transportes de São Paulo, secretário de Estado da Segurança Pública de SP e é o atual presidente do TSE.

Kassio Nunes Marques

O ministro Kassio Nunes Marques
O ministro Kassio Nunes Marques / Fellipe Sampaio/STF (5.nov.2020)

Nunes Marques nasceu em Teresina (PI), se formou em Direito e se especializou em Processo e Direito Tributário. Indicado por Jair Bolsonaro (PL), é ministro do STF desde novembro de 2020.

Ocupou diversos cargos na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Piauí, tornou-se juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) e, em 2011, assumiu o cargo de desembargador federal no Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1).

André Mendonça

O advogado-geral da União André Mendonça
André Mendonça  / Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Natural de Santos, no litoral paulista, o advogado, pastor e ex-ministro da Justiça é formado pela Faculdade de Direito de Bauru, no interior de São Paulo. Indicado por Jair Bolsonaro (PL), é ministro do STF desde abril de 2022.

Tem também o título de doutor em Estado de Direito e Governança Global e mestre em Estratégias Anticorrupção e Políticas de Integridade pela Universidade de Salamanca, na Espanha.

Cristiano Zanin

Cristiano Zanin, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF)
Cristiano Zanin, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) / Supremo Tribunal Federal STF

Natural de Piracicaba (SP), Cristiano Zanin tomou posse no STF em agosto de 2023. Se formou em Direito na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) em 1999. É especialista em litígios estratégicos e decisivos, empresariais ou criminais, nacionais e transnacionais.

Trabalhou em casos como da recuperação judicial da Varig, a falência da Transbrasil e a revisão do acordo de leniência da J&F. Zanin se tornou o principal advogado de Lula nas investigações da Lava Jato — ele integrava a equipe quando foi feito pedido de habeas corpus que resultou na anulação das condenações do petista.

Flávio Dino

Flávio Dino, ministro aprovado ao Supremo Tribunal Federal (STF)/ Edilson Rodrigues/Agência Senado

Natural de São Luis, no Maranhão, Flávio Dino foi aprovado pelo Senado em dezembro de 2023, após ser indicado por Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Se formou em Direito na Universidade Federal do Maranhão em 1991.

Foi juiz federal por 12 anos e assumiu cargos ligados à magistratura, como secretário-geral do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) e assessor da Presidência do Supremo Tribunal Federal (STF). Além disso, foi deputado federal, governador, senador e ministro da Justiça.

Mandato do presidente do STF

O presidente do STF, que também é presidente do Conselho Nacional de Justiça, e o vice-presidente são eleitos pelo Plenário da Casa e têm mandatos de dois anos.

Segundo o Regimento Interno do STF, isso deve ser feito na segunda sessão ordinária do mês anterior ao do fim do mandato do presidente atual.

Turmas do STF

O STF conta com duas turmas, cada uma composta por cinco ministros e presidida pelo membro mais antigo do grupo. A formação dura um ano, até que todos os integrantes tenham ocupado a presidência, na ordem decrescente de idade.

Atualmente, as composições são as seguintes:

Primeira Turma

Alexandre de Moraes (presidente), Cármen Lúcia, Luiz Fux, Cristiano Zanin e Flávio Dino.

Segunda Turma

Dias Toffoli (presidente), Gilmar Mendes, Edson Fachin, Nunes Marques e André Mendonça.

Fonte: CNN Brasil

Compartilhe:

Cassilândia: Marido que atropelou e matou mulher é indiciado por homicídio culposo

Santa Casa de Cassilândia, onde a vítima estava internada. (Foto: Divulgação)

O homem que atropelou e matou a esposa Rosely Silva de Paula, de 53 anos, em Cassilândia, cidade a 419 km de Campo Grande, foi indiciado pela Polícia Civil. Ele responderá por homicídio culposo na direção do veículo automotor, ou seja, quando não há intensão de causar a morte.

O caso ocorreu na noite do dia 29 de março e chegou ao conhecimento da polícia através do hospital. A equipe médica informou que o marido e outro homem chegaram com a vítima já morta. Ela apresentava marcas de pneu no tórax e pescoço. Também usava apenas sutiã, short e estava com a calcinha abaixada.

Inicialmente, o marido afirmou aos policiais que atropelou a esposa, mas depois mudou a versão dizendo que não se lembrava do que havia acontecido. Dessa forma, ele e outro homem foram conduzidos para a delegacia.

Aos policiais, o homem contou que estavam com amigos em uma confraternização na área rural e no final da tarde foram embora. Na caminhonete, além dele e a vítima, estavam a irmã de Rosely com o esposo (nos bancos da frente), que começaram a discutir.

Durante a briga, todos saíram do veículo – exceto o marido de Rosely – e entraram em uma área de mata, deixando a chave no contato. O homem, então, conta que resolveu ir atrás da esposa e dirigiu em marchá ré por aproximadamente 35 minutos.

Em determinado momento, viu os três na estrada, incluindo Rosely. “Você atropelou sua esposa”, disse uma das pessoas. Com dores e dificuldade em respirar, o marido conta que levou a vítima até o hospital, mas ela morreu no caminho.

Campo Grande News

Compartilhe:

TRAGÉDIA! Motorista morre após perder controle de carro, capotar e bater de frente em caminhão

Corpo de Bombeiros, imagem ilustrativa. (Henrique Arakaki, Midiamax)

Colisão entre carro de passeio e caminhão, por volta das 14h desta segunda-feira (8), vitimou uma pessoa na MS-162, rodovia entre os municípios de Sidrolândia e Maracaju, distante cerca de 100 quilômetros de Campo Grande. O nome da vítima não foi informado.

De acordo com o cabo Cristiano, do Corpo de Bombeiros, chovia na hora do acidente. O condutor do veículo de passeio perdeu o controle da direção, fazendo com que o carro capotasse várias vezes. Na sequência, o carro acabou atingido por um caminhão que trafegava na via.

O veículo ficou totalmente destruído. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi a primeira assistência a chegar no local, mas o motorista já estava morto. O trânsito na área ficou lento, devido à colisão, e à chuva.

Equipes do BPMRv (Batalhão de Polícia Militar Rodoviária) e de perícia, até o momento da publicação desta matéria, ainda estavam no local do acidente.

Liana Feitosa / Midiamax

Compartilhe:

Cassilândia: Suplente renuncia e análise de cassação do presidente da Câmara de Vereadores é adiada pela 3ª vez

Com renúncia de suplente, a análise de cassação do presidente da câmara Municipal de Cassilândia, Arthur Barbosa (União), que aconteceria no último dia 25 de março, foi adiada mais uma vez e deve acontecer só no dia 15 de abril.

A denúncia foi feita pela vereadora Sumara Leal (PDT), que teria sofrido violência política de gênero na Casa de Leis. O presidente da Câmara, durante uma sessão, recomendou que a vereadora Sumara ‘use o corpo para trabalhar, assim como usa a língua’.

Com faltas seguidas do suplente, o pedido de análise de cassação não foi votado nas duas últimas sessões. “Ele faltou e o pedido não vai ser votado nesta segunda-feira pelo fato dele renunciar. Na sessão de hoje a renúncia vai ser lida e vão convocar um novo suplente. Sendo assim, a votação deve acontecer dia 15 de abril”, disse a vereadora ao Midiamax.

A votação deveria acontecer no dia 25 de março, mas foi adiada três vezes. A parlamentar afirma que foi vítima de machismo e humilhação, enquanto o vereador diz que as falas foram mal interpretadas.

Artur Barbosa e Sumara Leal

Viajou mais de 100 km para registrar boletim de ocorrência

Sumara Leal precisou viajar mais de 100 quilômetros até Paranaíba para registrar um boletim de ocorrência contra o presidente da Casa. Isso porque, segundo a parlamentar, o delegado de Cassilândia, onde ela é vereadora, teria se recusado a registrar a ocorrência.

O Jornal Midiamax acionou a corregedoria da Polícia Civil, que informou que “O Departamento de Polícia do interior está fazendo o levantamento de informações preliminares quanto a situação ocorrida e, sendo necessário, [o caso] será encaminhado à Corregedoria para apuração”.

Medida protetiva

Em campo grande, a vereadora criticou a demora da Casa de Leis de Cassilândia em tomar as providências necessárias e relatou falta de suporte para a situação. A parlamentar pede uma medida protetiva contra o vereador.

“Eles ainda não tomaram nenhuma providência sobre o caso. O Ministério Público entrou com uma ação. O meu advogado também vai pedir a cassação e uma medida protetiva. Só que isso vai ter que ser votado. O que ele fez foi um crime. A violência de gênero está acontecendo até nos bastidores”, informa.

Sumara diz sofrer pressão dos próprios vereadores para ‘enterrar o assunto’. “Os vereadores estão pedindo para eu não fazer isso, mas o que aconteceu foi um crime. Eu não entendia o que era violência política e não gostaria de ser conhecida por isso, mas já que aconteceu, eu vou levantar a bandeira sim para que isso não aconteça novamente”, conta.

A violência política de gênero pode ser caracterizada como “todo e qualquer ato visando excluir a mulher do espaço político, impedir ou restringir seu acesso, ou induzi-la a tomar decisões contrárias à sua vontade. As mulheres podem sofrer violência quando concorrem, já eleitas e durante o mandato”.

União Brasil

O União Brasil emitiu nota de repúdio na última terça-feira (12) e informou que irá apurar a conduta do presidente da Câmara Municipal de Cassilândia, Arthur Barbosa (União), que cortou fala da colega vereadora, Sumara Leal (PDT), durante sessão e disse para ela trabalhar com o corpo ‘assim como a língua’.

A nota é assinada pela presidente estadual do partido e superintendente da Sudeco, Rose Modesto, e Michaela Dutra, Presidente do União Mulher em MS.

Anna Gomes / Midiamax

Compartilhe:

Cassilândia Urgente: Moradora denuncia água escura que está chegando em sua torneira

Uma moradora fez hoje a seguinte denúncia em sua rede social.

Leia.

“Tem que dá os parabéns para a empresa de água da prefeitura de Cassilândia, uma palhaçada olha a cor da água que está saindo em todas as torneiras em casa, como vc vai fazer comida tomar água ou Tamar banho hoje . É uma vergonha uma palhaçada com os moradores , agente paga cara a água pra vim barro . Sujou a água da caixa e a água do cavalete está pior saindo lama . Quero ver quem vai tomar providência com essa falta de respeito mandar barro em vez de água potável para as pessoas. Quero ver quem vai se responsabilizar pela lama que vai fica dentro da caixa d’água e vim lavar.”

Confira as fotos.

Compartilhe:

Cassilândia Urgente: Jonas Romão e Sérgio Rodrigues, uma parceria que faz a grandeza da HBL

Na foto o diretor-adjunto Sérgio Aparecido Rodrigues de Oliveira e o diretor Jonas Romão da Rocha que representam a força educacional da Escola Estadual Hermelina Barbosa Leal, considerada uma das mais eficazes no ensino do MS.

É padrão Certificado de Excelência, reconhecimento que é dividido com todos os demais colaboradores da HBL.

Sérgio Aparecido Rodrigues de Oliveira e Jonas Romão da Rocha

Compartilhe:

Prepare o guarda-chuva: Semana será de muita chuva, tempestades e tempo abafado em MS

(Foto: Henrique Arakaki, Jornal Midiamax)

A capa ou guarda-chuva serão acessórios essenciais para a semana em Mato Grosso do Sul, devido à previsão de chuvas frequentes. Entretanto, a sensação térmica será de tempo abafado, já que os termômetros indicam temperaturas acima de 30°C.

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) indica que há possibilidade de chuva a partir deste domingo (7) até quinta-feira (11), principalmente na região central, norte, pantaneira, sul e cone-sul. A expectativa é de sol com muitas nuvens e chuva a qualquer momento do dia, entretanto, com máximas de 30°C a 34°C.

Conforme o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), há probabilidade para chuvas de intensidade fraca a moderada e, pontualmente, chuvas mais intensas e tempestades acompanhadas de raios e rajadas de vento. Essas instabilidades ocorrem devido à atuação de uma área de baixa pressão atmosférica, aliada ao transporte de calor e umidade.

Frente fria no clima de MS

Além disso, a aproximação de uma frente fria e o avanço de cavados favorecem a formação de nuvens e chuvas no Estado. Uma massa de ar frio de origem polar deve chegar ao país a partir do dia 10, intensificando-se no dia 13 e se espalhando por toda a região Sul entre os dias 15 e 20.

Em Mato Grosso do Sul, a previsão é que por volta do dia 20, temperaturas baixas chegarão, assim como nos estados vizinhos de São Paulo e Minas Gerais. Karina Campos / Midiamax

Compartilhe:

Cassilândia: Anta na pista causa acidente na MS-112

Cassilândia: anta na pista causa acidente na MS 112

Veículo destruído e animal morto na pista

Uma anta na pista causou um acidente na madrugada deste sábado (6) na rodovia MS-112, próximo ao posto de pedágio da Way, em Cassilândia. O acidente aconteceu por volta das 4h00 da manhã e envolveu um veículo de passeio Jeep Renegade. O condutor, identificado pelo nome de Wagner, 44 anos, morador de Brasília, dirigia sentido Inocência/Cassilândia, quando o animal apareceu no meio da pista, não tendo tempo de desviar.

Segundo informações do vereador Josimar Oba Oba, que passou pelo local logo após o acidente, o motorista não sofreu nenhum arranhão. “Ele estava bem, apesar de assustado com a situação”, disse o vereador ao site Cassilândia Notícias.

A PMR orienta aos motoristas que redobrem a atenção ao trafegar em horários noturnos, quando os animais são mais propensos a aparecer nas vias. Cassilândia Notícias
Cassilândia: anta na pista causa acidente na MS 112
Cassilândia: anta na pista causa acidente na MS 112

Compartilhe:

Jovem morre na Santa Casa após colidir com ônibus escolar

 

Fachada do hospital onde a vítima foi socorrida (Foto: Divulgação)

Um jovem de 20 anos, que não teve o nome divulgado, morreu cinco dias após colidir com um ônibus escolar em Maracaju, cidade que fica a 159 km da Capital. O homem estava internado na Santa Casa de Campo Grande, depois de ser transferido à vaga zero, desde o dia 2 de abril.

Conforme o boletim de ocorrência, a mãe da vítima relatou que o jovem pilotava uma motocicleta, no cruzamento da Rua Zebulândia, quando um ônibus escolar não respeitou a preferencial.

Devido a gravidade do acidente, o jovem foi transferido no mesmo dia para a Santa Casa através da vaga zero. Conforme a ficha de atendimento, o jovem deu entrada no hospital com politrauma e trauma cranioencefálico grave.

O quadro do jovem evoluiu para o óbito neste sábado (6). O caso foi registrado como morte a esclarecer na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Cepol (Centro Especializado de Polícia Integrada). Campo Grande News

Compartilhe:

EDITORIAL Um berranteiro desafinado

Cassilândia nunca foi de fato colocada no centro das atenções pela administração municipal que brinca de governar.

O município e seu povo pagador de impostos sempre estiveram excluídos do planejamento, do debate e do foco administrativo.

O jogo de interesses, decisões erradas, dúvidas sobre aplicação das verbas públicas, CPI, falta de realizações importantes e muita desorganização tem sido a marca do atual governo municipal.

Além de governar de olho no retrovisor e em atos coronelistas, o município mantém-se estagnado na economia e triste quanto ao direito até de sonhar com dias melhores.

A juventude continua indo embora e pegando as estradas rumo a Campo Grande, São Paulo, Goiânia e a outros centros onde possam encontrar oportunidades de trabalho.

Cercado por um secretariado sem autonomia para gerir suas pastas, o prefeito faz no dia-a-dia a velha politicalha dos coronéis, enquanto o futuro promissor parece muito distante e além do horizonte.

A única coisa certa que se tem conhecimento é que o alcaide quebrou um município que possuía dinheiro sobrando no caixa e boa organização financeira até maio de 2022.

De lá para cá Cassilândia lembra o caranguejo: um passo para o lado, um passo para o outro.

É assim que o berrante é tocado por aqui: desafinado, muito desafinado, afinal nunca foi por Cassilândia. Jamais foi por Cassilândia.

O berranteiro desafinado que o diga.

CORINO ALVARENGA

EDITOR DO CASSILÂNDIA URGENTE

Imagem ilustrativa

Compartilhe: