Ministro Moro é cortejado por governo italiano

Titular da Justiça, que comandou Lava Jato inspirado em operação italiana Mãos Limpas, recebe convite oficial para visitar Roma

O Ministro da Justiça, Sérgio Moro, receberá na semana que vem um convite oficial do governo italiano para visitar seu colega em Roma, Alfonso Bonafede. Segundo o próprio ministro da Justiça italiano publicou em seu Facebook e conforme a Agência Ansa, o encontro será “para discutir as bases da cooperação judiciária bilateral entre os dois países”. O embaixador da Itália no Brasil, Antonio Bernardini, confirmou ao blog que levará pessoalmente o convite a Moro.

Bonafede citou em seu post as menções feitas por Moro, em seu discurso de posse, aos magistrados italianos Giovanni Falconi e Paolo Borsellino, considerados heróis em seu país pelo enfrentamento à corrupção e à organização mafiosa Cosa Nostra. “A Itália valorizou seu trágico passado fazendo uma legislação que o ministro da Justiça brasileiro, do outro lado do mundo, indicou como remédio universal”, declarou o colega de Moro.

Battisti – As autoridades italianas trabalham intensamente na aproximação ao governo Bolsonaro com um foco estratégico: obter a máxima cooperação policial e de inteligência para a captura de Cesare Battisti, condenado à prisão perpétua na Itália por triplo homicídio – crimes relacionados a atos terroristas. Battisti é considerado foragido desde o início de novembro e é alvo de buscas policiais a partir da decisão do ex-presidente Michel Temer, que autorizou sua extradição poucas semanas antes de encerrar o mandato. Midiamax

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *