Cassilândia: Mulheres participam da segunda etapa da capacitação do Programa Criança Feliz em Campo Grande

Secretária Carmem Montelo e colegas de trabalho participaram do evento na Capital

Cassilândia foi muito bem representada em Campo Grande durante capacitação de pessoal para trabalhar no Programa Criança Feliz, realizada nesta semana. Veja fotos e leia matéria do jornalista João Vitor Lemes da Silva.

Participou do evento a secretária municipal de Assistência Social de Cassilândia, Carmem Montelo, acompanhada de sua equipe.

Campo Grande (MS) – O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), realiza a segunda etapa de capacitação para multiplicadores, supervisores e coordenadores do Programa Criança Feliz até quinta-feira (28), na Escola do SUAS/MS “Mariluce Bittar”, na Capital.

O objetivo da capacitação é formar coordenadores e supervisores no Guia da Visita Domiciliar, preparando os supervisores para as capacitações dos visitadores municipais. O público alvo são os coordenadores e supervisores que participam de atividades de sensibilização, estudos de caso, planejamento de visitas e rodas de conversa.

Os municípios que participam desta etapa são: Aquidauana, Campo Grande, Caracol, Cassilândia, Juti, Laguna Carapã, Mundo Novo, Nova Andradina, Paranhos, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo e Ponta Porã.

Programa Criança Feliz – O Programa Criança Feliz foi instituído pelo Decreto no 8.869, de 5 de outubro de 2016, com caráter intersetorial, tendo em vista promover o desenvolvimento integral das crianças na primeira infância, considerando sua família e seu contexto de vida.

O programa fortalece a trajetória brasileira de enfrentamento da pobreza com redução de vulnerabilidades e desigualdades e potencializa a integração do acesso a renda com inclusão em serviços e programas. Renova, ainda, os compromissos do Brasil com a atenção às crianças com deficiência beneficiárias do BPC (Benefício de Prestação Continuada) e suas famílias e também as crianças privadas do convívio familiar, em serviços de acolhimento, e suas famílias.

João Vitor Lemes, sob supervisão de Leomar Alves Rosa- Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho. Foto: Divulgação

Compartilhe:
Posted in Noticias.

Deixe uma resposta