Número de famílias inadimplentes chega a 25% e alcança maior patamar desde 2010

O número de famílias inadimplentes chegou ao patamar mais alto desde  maio de 2010. De acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), feita pela Confederação Nacional do Comércio, o percentual passou de 24,6% em agosto para 25% em setembro deste ano.

A pesquisa foi publicada pela coluna de Lauro Jardim, em O Globo, e mostra que também aumentou a proporção de famílias que declararam não ter condições de pagar as contas e, portanto, permaneceriam inadimplentes.

Estão nessa condição 10,3% das famílias entrevistas (em agosto era 10,1%). A pesquisa é realizada todo mês pela CNC desde janeiro de 2010, em todas as capitais brasileiras e no Distrito Federal. Cerca de 18 mil pessoas são ouvidas.

Compartilhe:
Posted in Noticias.

Deixe uma resposta