Novos tempos: Mulheres rompem preconceito e se casam em Paraíso das Águas

Juiz Luiz Felipe com Gabriela e Ana Paula, agora, casadas

A cidade de Paraíso das Águas, região norte de MS, recebeu os serviços da Carreta da Justiça durante esta semana e cerca de 300 pessoas participaram da iniciativa do Poder Judiciário de MS que leva justiça às comarcas que ainda não tem Fórum instalados.

Nessa visita houve a primeira mediação da Carreta da Justiça e o casal Ana Paula e Gabriela selou sua união, rompendo o preconceito de morarem em uma cidade de interior. Elas pretendem adotar uma criança ou fazer inseminação artificial para realizarem o sonho de serem mães. Paraíso das Águas é o município mais novo de MS – junto com Figueirão. Com uma população de pouco mais de cinco mil habitantes, a economia gira em torno, exclusivamente, da pecuária.

Mas mesmo com todas estas características, Gabriela garante que o preconceito não é um obstáculo para ter uma união com Ana Paula.  “Por ser uma cidade muito pequena todo mundo se conhece e todos sabem que somos um casal. Às vezes tem uma piadinha, mas a gente não liga”, explica Gabriela, contando que a principal dificuldade foi no começo da relação, para que a família aceitasse a união.

A Carreta da Justiça foi uma grande oportunidade para o casal. Elas contam que pretendiam se casar em um cartório, mas a questão financeira pesou. E foi com a vinda da justiça à Paraíso das Águas que elas conseguiram celebrar a união, pois todos os serviços são totalmente gratuitos para a população. Agora, os sonhos continuam – elas querem ser mães. “Estamos pensando entre adotar ou ter uma criança biologicamente. Já fomos a Campo Grande para procurar uma clínica e ver a possibilidade de uma inseminação artificial”, diz Gabriela.

Durante a passagem da Carreta da Justiça por Paraíso das Águas foram realizados 43 reconhecimentos de união estável em casamento, um divórcio e três reconhecimentos de paternidades.

Também ocorreram 29 consultas e orientações gerais, 46 atendimentos da Defensoria Pública e foram realizadas 12 audiências de processos de Chapadão do Sul, além das 50 ações abertas. A Carreta da Justiça faz parte do Programa Judiciário em Movimento, que é inédito no país e completou um ano de existência no dia 24 de agosto, recebendo desde seu inicio o total apoio do presidente do TJMS, Des. Divoncir Schreiner Maran.

Agora, a Carreta da Justiça dará uma pausa e voltará a atender em novembro, na comarca de Jaraguari, entre os dias 6 a 10. Depois será a vez de Figueirão (de 20 a 24/11) e Alcinópolis (de 27/11 a 1/12).

No mês de setembro, o juiz Luiz Felipe Medeiros Vieira, que responde pela Carreta da Justiça, realizou uma reunião para definir o calendário 2018 dos atendimentos da Carreta da Justiça.

O cronograma de trabalho será enviado ao presidente do TJMS, Des. Divoncir Schreiner Maran, para aprovação e posterior divulgação. Por isto, prepare-se para a volta da Carreta da Justiça em sua cidade e aproveite para converter sua união estável em casamento, fazer pedidos de alimentos e guarda, reconhecimentos de paternidade e diversos outros serviços jurídicos de qualidade e totalmente gratuitos. TJMS Assessoria de Comunicação

Compartilhe:
Posted in Noticias.

Deixe uma resposta