Caso do garoto desaparecido: Não há pistas recentes sobre o seu paradeiro

Escola Dona Maria Paula de Oliveira, onde o garoto Luiz Danilo está matriculado

Ao contrário do que alguns veículos de comunicação publicaram, não há pistas recentes do garoto desaparecido Luiz Danilo Marques, de 15 anos, que está sumido desde o dia 17 de abril da Fazenda Bela Vista, no Alto do Tamandaré, povoado pertencente a Paranaíba.

Hoje de manhã a reportagem do Cassilândia Urgente esteve no Alto Tamandaré e constatou que as buscas oficiais feitas pelos bombeiros e policiais já foram encerradas nesse domingo, 29 de abril, mas os familiares e vizinhos continuam a procura do garoto desaparecido.

De acordo com informações, um grupo de amigos da família continua as buscas nas imediações do Alto Tamandaré e da fazenda onde a família mora, localizada a cerca de 15 quilômetros do povoado.

A reportagem constatou que as pistas encontradas pelo pai do menino, Maurelei, não são recentes, mas logo no início das buscas, portanto há cerca de 14 dias. Os vestígios de que o garoto estaria vivendo precariamente no alto de uma serra não se confirmaram, pois ele não foi localizado por lá nem seus pertences.

Para as pessoas que ajudaram nas buscas, como Jerônimo da Bilica, dono de um bar no povoado, não há possibilidade de o garoto ter sido atacado por onça, conforme foi cogitado, pois nesse tipo de caso de ataque ficariam os vestígios como as roupas.

Pessoas ouvidas pela reportagem acreditam que o menino esteja vivo e protegido por alguma família da região, esperando a poeira baixar para voltar para a sua casa, afinal ele fugiu de casa após tombar um trator da fazenda e por temer a reprimenda dos pais.

Por enquanto não há nenhuma pista concreta sobre o paradeiro do menino Luiz Danilo. Da reportagem local e redação

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta