Morre turista irlandês que havia amputado perna após acidente em BR

Acidente ocorreu no último dia 20 na BR-163, a poucos quilômetros de Corumbá (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Morreu na manhã desta quarta-feira (2) o turista irlandês Christopher Eugene Peck, de 37 anos, que havia perdido a perna esquerda em um acidente de trânsito ocorrido no dia 20 de abril na BR-163, a 35 km de Corumbá – a 419 km de Campo Grande.

Ele estava internado no Centro de Tratamento Intensivo da Santa Casa do município. A vítima viajava de moto para a Capital quando houve a colisão frontal contra um automóvel de passeio. Três dias depois do acidente os familiares de Peck chegaram em Corumbá para acompanhar seu estado de saúde.

Peck teve amputação da perna esquerda abaixo do joelho, fratura exposta do fêmur na mesma perna e no quadril, bem como sofreu intensa hemorragia. Ele recebeu os primeiros-socorros de uma equipe da Guarda Municipal que passava pelo local e ajudou a estabilizar seu quadro até a chegada do Corpo de Bombeiros, que o levou ao hospital.

O turista viajava pela América e seguia para a Bolívia,mas precisou retornar a Campo Grande para resolver problemas com a documentação, conforme o Diário Corumbaense. No trajeto, um VW Gol atingiu sua moto quando realizava uma ultrapassagem.

O condutor do Gol não se feriu e permaneceu no local durante o socorro a Peck. Ele se submeteu a teste de alcoolemia, que apontou 0,16 mg de álcool por litro de ar –quando a margem de tolerância é de 0,04 mg/l. Como o índice não configura embriaguez ao volante, ele foi autuado em infração administrativa, sendo multado, autuado por lesão corporal culposa na direção de veículo automotor e liberado. Campo Grande News

 

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta