Em 4 anos, MS registrou 32 casos de doença causada pelo zika vírus em crianças

zika-surdez.jpg

Ao todo foram 4 óbitos de crianças relacionados ao zika

O Ministério da Saúde divulgou nesta quinta-feira (5), o boletim epidemiológico da síndrome congênita associada à infecção pelo vírus Zika. O levantamento feito entre novembro de 2015 e outubro de 2019, mostrou que em Mato Grosso do Sul foram 32 casos confirmados de crianças com alteração no crescimento e desenvolvimento possivelmente relacionados ao zika.

Ao todo, nos quatro anos, o Estado recebeu 75 notificações de crianças que tiveram doença causada possivelmente pelo vírus zika, desse total foram 32 confirmados, 32 descartados, 4 prováveis, 3 excluídos, 3 inconclusivos e 1 ainda segue em investigação.

O levantamento mostrou também que entre 2015 e 2019 foram confirmados em MS 4 óbitos de crianças relacionados ao vírus de 10 casos notificados, desse total 3 foram descartados, 2 considerados prováveis e 1 inconclusivo.

No país ao todo foram 18.282 casos suspeitos de alteração no crescimento e desenvolvimento de crianças, possivelmente relacionados ao vírus Zika. Desse total foram 3.474 confirmados, 2659 ainda estão sendo investigados, 2241 descartados, 743 classificados como prováveis e 615 inconclusivos.

SES-MS

O último boletim epidemiológico do vírus Zika da SES-MS (Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul), divulgado no dia 16 de outubro, mostrou que foram 131 casos confirmados da doença em 2019. Em Campo Grande foram 107 confirmações.

Midiamax

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta