Corpos de irmãos mortos em incêndio, no ES, serão periciados para saber se foram agredidos ou dopados

Irmãos morreram carbonizados em incêndio em Linhares, ES (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

Irmãos morreram carbonizados em incêndio em Linhares, ES (Foto: Reprodução/ TV Gazeta) Incêndio

Os corpos dos irmãos Kauã, de 6 anos, e Joaquim, de 3 anos, que morreram carbonizados em um incêndio em Linhares, no Espírito Santo, vão ser periciados para saber se os irmãos foram dopados ou agredidos.

O incêndio aconteceu no dia 21 de abril. O pastor Geogerval Alves, de 36 anos, que é pai de Joaquim e padrasto de Kauã, foi preso neste sábado (28) e vai cumprir 30 dias de prisão temporária no Centro de Detenção de Viana II.

A Polícia Civil está fazendo um exame de DNA para identificar os corpos dos irmãos. Esse exame deve sair em 9 dias. Em paralelo a isso, os corpos também serão periciados para descobrir se os irmãos foram dopados ou agredidos. Esse exame deve demorar um pouco mais, segundo a polícia, já que é mais minucioso. G1

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta