Vasco é goleado em casa e dá adeus à Libertadores

O adeus do Vasco à Libertadores foi melancólico. Na noite dessa quarta-feira (2), a equipe foi derrotada em São Januário por 4 a 0 para o Cruzeiro e não tem mais chances de chegar às oitavas de final da competição.

Empurrado pela torcida, o Vasco começou o jogo marcando em cima. Nessa pressão, logo no primeiro minuto de jogo, o cruzmaltino conseguiu sua primeira chance de perigo. A equipe da casa roubou bola no campo ofensivo, Thiago Galhardo lançou Andrés Rios, que pegou de primeira para defesa segura de Fábio. Pouco depois, Galhardo bateu de longe, a bola ainda desviou, dificultando a defesa do camisa 1 cruzeirense.
Aos nove minutos, Egídio cruzou, a zaga do Vasco parou pedindo impedimento e o zagueiro Léo fez 1 a 0 para os visitantes. Aos 24, Egídio cruzou de novo e Thiago Neves apareceu para marcar o segundo. Oito minutos depois, Sassá bateu de longe, encobrindo Martín Silva para fazer 3 a 0.

A torcida vascaína começou a protestar. Os principais alvos eram o meia Evander, substituído pouco depois do segundo gol com uma lesão e o presidente Alexandre Campello. Antes do final do primeiro tempo, uma briga entre torcedores do Vasco deixou a partida paralisada por seis minutos.

O Vasco começou o segundo tempo esboçando uma reação. Riascos tentou cruzar, errou, Fábio foi enganado e salvo pela trave. O goleiro cruzeirense ainda fez duas boas defesas. Assim como no primeiro tempo, no momento que o cruzmaltino era melhor, sofreu o gol. Sassá roubou bola de Werley dentro da área e bateu na saída de Martín para fazer o quarto.

No dia 22, o Vasco vai a Santiago enfrentar a Universidad de Chile. Caso os chilenos percam nesta quinta-feira para o Racing, o cruzmaltino ainda brigará pelo terceiro lugar do grupo e uma vaga na Copa Sul-Americana. Destak Esportes

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta