Cassilândia: Secretaria Municipal do Turismo e Meio Ambiente investe na preservação da fauna e da flora com o uso de placas de publicidade

Placa alerta sobre travessia de jaguatirica na BR-158

A secretária municipal do Turismo, Meio Ambiente, Esporte, Lazer e Cultura de Cassilândia, Nivalda Candeias, afirmou em entrevista ao Cassilândia Urgente que estão sendo instaladas placas de publicidade voltadas para a conscientização dos moradores em rodovias e estradas vicinais abordando .a preservação da fauna e da flora no município.
Algumas placas já foram colocadas na MS-112, ligando Cassilândia a Inocência, e na BR-158, que dá acesso a Paranaíba, com fotografias de animais como onça, tamanduá, capivara e outros, onde há travessia desses exemplares da fauna, evitando assim acidentes que geralmente provocam a morte de animais e pessoas, além de prejuízos materiais para os condutores de veículos e perdas inestimáveis para a natureza.
Nivalda Candeias informou também que estão sendo colocadas cerca de 30 placas nas estradas de Cassilândia nesta primeira fase de um total de aproximadamente 100 unidades que fazem parte de uma parceria com o Imasul – Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul -, com recursos do ICMS Ecológico, que é repassado mensalmente com base nos trabalhos promovidos pela Secretaria no município.
“Temos cerca de 98 córregos para serem catalogados e protegidos que fazem parte da APA – Área de Preservação Ambiental de Cassilândia, por isso precisamos conscientizar os moradores e os proprietários rurais quanto à necessidade de preservação dos córregos, das matas de proteção ambiental, quanto à proibição da pesca em propriedades públicas e em determinadas épocas do ano”, disse Nivalda Candeias, informando que esse
trabalho faz parte do Plano de Manejo de 2016 da Sub-bacia do Rio Aporé e do Plano de Trabalho do ano de 2018 da Secretaria de Turismo, Meio Ambiente, Esporte Lazer e Cultura de Cassilândia.
Ela disse ainda que os casos de desrespeito ao meio ambiente são encaminhados para a Polícia Militar Ambiental, que tem o poder de autuar e multar os infratores, pois a degradação ambiental, seja contra a fauna, seja contra a flora, é crime, conforme a legislação vigente no Brasil.
“No Parque Industrial serão colocadas 22 placas com conteúdo de conscientização ambiental, já que precisamos cuidar do nosso município e prepará-lo para as gerações futuras, preservando a fauna e a flora e buscando mecanismos para que haja um ambiente saudável e de convivência respeitosa entre o ser humano e a natureza”, completou Nivalda Candeias, finalizando: “Estamos desenvolvendo um trabalho de esclarecimento para que as pessoas possam saber o que podem fazer e o que não podem, pois estamos assim combatendo a degradação ambiental e preparando um município preservado em suas riquezas naturais para os nossos filhos e netos.”
Quem estiver interessado em obter mais informações sobre esse programa ambiental basta procurar a Secretaria de Turismo, Meio Ambiente, Esporte, Lazer e Cultura na sede da Prefeitura de Cassilândia, na Rua Domingos de Souza França, 720, no centro da cidade. Da reportagem local e redação / Fotos: Cassilândia Urgente

Veja outras fotos.

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta