Mulher morre após tomar cerveja e fumar narguilé em tabacaria

Segundo a polícia, o fato ocorreu por volta das 3h30. Larissa começou a ficar tonteada, caiu e começou a espumar pela boca.

Uma amiga relatou à polícia que Larissa sofria de pressão alta e fazia uso de medicação para controlar a doença.

Ainda de acordo com testemunhos, era comum ela apresentar os mesmos sintomas quando saía para beber com as amigas.

Na Depac do Centro, onde o caso foi registrado, a mãe disse que ela tinha feito exames há 15 dias e nada de anormal havia sido constatado.

O corpo será periciado e o caso será investigado.

Nas redes sociais, amigos e familiares de Larissa lamentavam o ocorrido. Correio do Estado

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *