Nacional do PSDB pode interferir em apoio a Marquinhos em 2020, diz de Paula

Resolução pode obrigar tucanos a terem candidatos próprios nas capitais, mas palavra final em MS deverá mesmo ser de Reinaldo

Decisões tomadas pela executiva nacional do PSDB podem interferir no apoio do partido para a reeleição de Marquinhos Trad (PSD) em 2020, conforme revelou ao Jornal Midiamax o presidente regional tucano Sérgio de Paula. Ainda assim, ele diz que a palavra final será do governador Reinaldo Azambuja.

“A decisão do partido será tomada em março do ano que vem. Na reeleição do governador o Marcos Trad esteve conosco, a equipe e o partido dele estiveram com a gente. Nesse conjunto foram eleitos na mesma chapa o deputado Fábio Trad e o senador Nelson. Existe uma parceria”, explica de Paula, que em seguida fala sobre um “receio”.

“Qual o receio que devemos tomar cuidado: uma decisão da executiva nacional para que o partido tenha em todas as capitais candidatura própria e faça coligação só no segundo turno. Estou falando de todos partidos, não só do PSDB. Todos querem se fortalecer nos grande colégios eleitorais”, comenta o presidente tucano.

Ele ainda destaca que logicamente o partido vê com bons olhos Campo Grande, mas que nenhuma decisão será tomada sem consultar o governador, que segundo ele, é o líder maior do PSDB no Estado. “Temos bom relacionamento com o Marcos Trad, o Governo está presente na Capital com vários tipos de obras”, diz, completando em seguida.

“Devemos ter tranquilidade de ver isso na frente. Em Campo Grande a eleição é de dois turnos. Quando a Rose disputou fizemos a maior bancada, sete vereadores. O presidente da Câmara é do PSDB. Isso é importante e temos que tomar cuidado com tudo isso, consultar os vereadores, as bases”, finaliza.

Ele usou o apoio indiscutível ao Reinaldo em 2018 como argumento para haver retribuição em 2020 e ainda revelou que caberá ao governador indicar o nome do vice de Marquinhos Trad. Nos bastidores, dois nomes estão entre os mais cotados: o do vereador João Rocha e o do secretário estadual Carlos Alberto de Assis. Midiamax

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *