Com encerramento da última edição, Governo Presente mapeia mais de mil demandas em MS

Com encerramento da última edição, Governo Presente mapeia mais de mil demandas em MS

Em três meses de atendimentos, de setembro a novembro, mais de uma mil demandas dos municípios foram mapeadas nas áreas de saúde, educação, segurança pública e, em especial, infraestruturaDepois de percorrer seis regiões de Mato Grosso do Sul colhendo demandas de prefeitos e demais lideranças municipais, o programa Governo Presente chega ao fim nesta última sexta-feira (22) em Dourados.

Agora, com as reivindicações em mãos, o governador Reinaldo Azambuja, o vice, Murilo Zauith, e a equipe técnica do Governo preparam um planejamento de investimentos e obras para os próximos três anos (2020/2022). “Muitos dos pedidos serão atendidos, sem lado a ou lado b, apenas como lado da população”, afirmou o governador. A estimativa é de que até R$ 2 bilhões sejam aplicados nas 79 cidades de Mato Grosso do Sul, nas áreas urbanas e rurais.

Dividido em seis etapas, o Governo Presente passou por Três Lagoas, Rio Verde de Mato Grosso, Aquidauana, Campo Grande, Naviraí e Dourados. Nessas cidades, lideranças de 78 municípios apresentaram ao Executivo Estadual projetos de investimentos e parcerias. Para completar os atendimentos, o município de Miranda será atendido em reunião extemporânea na próxima segunda-feira (25), na governadoria em Campo Grande.

“Nosso objetivo com o Governo Presente foi identificar prioridades e transformar elas em planejamento e investimento. O Governo Presente foi isso: aproximação do Governo com as cidades e com as lideranças”, disse Reinaldo Azambuja. “O programa chega ao fim e o trabalho começa. Daqui sairá uma série de ações para os próximos três anos em Mato Grosso Sul para que a gente atenda as demandas da população”, completou o secretário de Estado e Governo, Eduardo Riedel.

O programa foi amplamente aprovado pelos prefeitos, que destacaram a gestão municipalista de Reinaldo Azambuja. Presidente da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul), o prefeito Pedro Arlei Caravina, de Bataguassu, destacou “a oportunidade que os executivos e legislativos municipais tiveram para tratar de assuntos relevantes com mais tempo e facilidade”.

“O governador nos recebeu muito bem com Governo Presente. Ele já foi prefeito e sabe das dificuldades dos municípios. O governador tem feito um governo municipalista dando atenção especial aos municípios de pequeno porte, como é o caso de Anaurilândia”, avaliou o prefeito Edson Takazono. “Sabemos da dificuldade de atender todas as cidades, pois o Governo tem a demanda dele. Mas saímos satisfeitos desse encontro, com pensamento muito esperançoso de que vamos ser atendidos”, completou o prefeito de Nova Alvorada do Sul, Arlei Barbosa.

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged , .

Deixe uma resposta