Cassilândia História: Saiba os nomes de todos os prefeitos e vereadores desde o primeiro mandato em 1954

Foto montagem Cassilândia Urgente

O Cassilândia Urgente publica a partir de agora os nomes de todos os prefeitos e vereadores eleitos de Cassilândia desde 1954. Vale lembrar que Sebastião foi o primeiro prefeito eleito, mas Cassilândia teve antes um prefeito nomeado que exercer o cargo por alguns meses, o senhor Caetano Nogueira da Cunha, o popular Chaim.

De todos os gestores municipais de Cassilândia, Jair Boni é o único prefeito com quatro mandatos eletivos, exercendo o quarto na atualidade. Joaquim Pernambuco e Carlinhos do TRR conquistaram dois mandatos nas urnas.

Eis a primeira ata lavrada no dia 1 de fevereiro de 1955 na Câmara de Vereadores de Cassilândia, assinada pelo primeiro presidente do Poder Legislativo, Arbilião Alves Guimarães.

Diz o documento oficial: Ata de posse e instalação da Câmara Municipal de Cassilândia MT. Às 14h do dia 31 de janeiro de 1955, nesta cidade de Cassilândia, Comarca de Paranaíba, Estado de Mato Grosso, em edifício da Prefeitura Municipal, na sala destinada ao funcionamento da Câmara Municipal, sob a presidência do vereador Manoel da Silva, consoante instruções do Egrégio Tribunal Regional Eleitoral, realizou-se a sessão solene pra posse dos vereadores eleitos no pleito de 3 de outubro de 1954, a instalação da Câmara Municipal deste município para o período de 1955 a 1959.

Conheça a nossa rica história política a partir de agora.

Presentes os candidatos eleitos Antônio Manoel da Silva, Ib Fabres de Queiroz, Acyr Barbosa Sandoval, Arbilião Alves Guimarães e Elihú Root Rodrigues do Egito; procedeu-se o senhor presidente a chamada dos mesmos para a apresentação dos respectivos diplomas e demais documentos redigidos pela legislação em vigor; que depois de examinados foram julgados aptos a mister a que se destinavam.

Ib Fabres de Queiroz

Em seguida, o senhor presidente convidou a todos os candidatos para que de pé proferissem o compromisso de posse nos termos seguintes: “Prometo desempenhar fielmente o mandamento que me foi outorgado, respeitar a Lei Orgânica e promover, quanto em mim couber, o bem geral do município”, cujo compromisso foi lido pelo senhor presidente, tendo os seguintes vereadores individualmente declarado “Assim o prometo”. Prosseguindo os trabalhos, o senhor declarou empossados os vereadores Arbilião Alves Guimarães,Ib Fabrews de Queiroz e Acyr Barbosa Sandoval, da bancada do Partido Social Democrático; Antônio Manoel da Silva e Elihú Root Rodrigues do Egito, da bancada da União Democrática Nacional.

Continuando o vereador Manoel da Silva, presidente em exercício, anunciou a eleição dos membros da mesa diretora que regerá os trabalhos da comarca na sessão legislativa; iniciando por escrutínio secreto a votação par ao preenchimento dos cargos de presidente, vice-presidente, primeiro e segundo secretários.

Luiz Tenório de Melo

Terminada a votação o senhor presidente convidou os vereadores Arbilião Alves Guimarães com cinco votos; para vice-presidente Ib Fabres de Queiroz com três votos; pra primeiro secretário Acyr Barbosa Sandoval com quatro votos; e para segundo secretário Manoel da Silva com cinco votos.

Finalizando a sua missão o senhor presidente declarou empossados os vereadores eleitos aos postos de direção da Câmara Municipal e declarando encerrada a presente sessão preparatória, mandou a mim, Leônidas Garcia da Silva, que serviu de secretário, lavrasse a presente Ata e depois de lida e achada conforme vai por todos assinada.”  E foi lavrada uma segunda ata, declarando empossados o prefeito Sebastião Leal e o vice-prefeito Raul Rezende e Silva para os cargos respectivos em mandato de 1955 a 1959.

João Albino Cardoso

Em 1958, foram eleitos os seguintes vereadores: Joaquim Tenório Sobrinho, Cecílio Alves Adriano, José Maria de Souza, Acyr Barbosa Sandoval e Donato Paulino Borges, sendo o presidente da Câmara Joaquim Tenório Sobrinho, por ser o mais idoso. Foi lavrada ata também para a posse do prefeito eleito João Albino Cardoso e vice-prefeito José Severino Borba.

No dia 31 de janeiro de 1963, de acordo com ata, foram empossados os seguintes vereadores, em sessão realizada no Grupo Escolar de Cassilândia: Alceu Vaz Leonel, João da Silva Castro, Ornatino de Souza, Pedro Mora e Waldir Alves Gonçalves. Foi lavrada a ata para a posse do prefeito Joaquim Tenório Sobrinho e do vice-prefeito Manoel Nogueira da Cunha.

Joaquim Tenório Sobrinho e a inseparável esposa Maria

No dia 31 de janeiro de 1967, foram empossados os vereadores eleitos pela Aliança Renovadora Nacional, a Arena: João Garcia de Freitas, João Vicente de Queiroz, Antônio Rodrigues da Silva, Conceição Barbosa Dias, Orácio Gonçalves Neto, Pedro Moura, Mário Pereira de Camargo, Deonato Paulino Borges e Wilson Barbosa da Silva. Em seguida, foram empossados o prefeito Laerte Paes Coelho e o vice-prefeito Laucídio Barbosa Dias.

 

No dia 31 de janeiro de 1970, foram empossados os vereadores Afonso Pereira de Almeida, Antônio Rodrigues Sobrinho, Donato Paulino Borges, Laudelino José de Souza, Natal Gomes, Vanderlan Lima, Claudionor Coelho da Rocha, Luiz Gonzaga Maciel e Souza e Celes de Castro Paulino, eleitos no dia 15 de novembro de 1969.

Carlinhos do TRR

A posse ocorreu no Cine Alvorada. Foi eleito presidente Antônio Rodrigues Sobrinho. Foram declarados prefeito Ib Fabres de Queiroz e como vice-prefeito Joaquim Tenório Sobrinho.

No dia 31 de janeiro de 1973, foram empossados os seguintes vereadores: Francisco Moreira Sobrinho, Waldir de Freitas Chaves, José Barbosa da Silveira, Luiz Gonzaga Maciel e Souza, Joaquim Balduíno Borges, Walter José de Souza, Reginaldo Ramos Cordeiro e Daniel Rezende e Silva. Foram empossados também como prefeito e vice Joaquim Tenório Sobrinho e Antônio Rodrigues Sobrinho.

José Donizete Ferreira de Freitas

No dia 1 de fevereiro de 1977, foram empossados os seguintes vereadores: Armando de Freitas, José Tiago Borges, Erveste Batista Barbosa, Geraldo Fernandes da Silva, Rosírio Barbosa Dias, José de Almeida Valério, Sebastião Machado de Souza, Otaídes Oliveira Cruvinel e Orestes Barbosa do Carmo. Foram eleitos prefeito e vice e empossados Antônio Teixeira de Lima e José Ancelmo dos Santos.

No dia 9 de novembro de 1981, Antônio Teixeira de Lima e José Ancelmo dos Santos renunciaram, não concluindo o mandato. Por ser o presidente da Câmara Municipal, assumiu a Prefeitura de Cassilândia Otaídes de Oliveira Cruvinel até o início de 1983.

Laerte Paes Coelho

Até hoje restam dúvidas sobre o motivo da renúncia de Dr. Antônio Teixeira Lima do cargo de prefeito. A versão oficial é que José Ancelmo seria candidato a prefeito na eleição vindoura e que teria que se desincompatibilizar do cargo um ano antes, o que teria obrigado o prefeito também a renunciar.  Se é fato, aí já é outra história.

Às 9h do dia 1 de fevereiro de 1983, nos salões do Cine Alvorada, presidida por Durvalino Cardoso, foram declarados empossados os 11 vereadores: Armando de Freitas, Luiz Gonzaga Maciel e Souza, Vaildo Pereira Borges, Hugo Eduardo Silva, Sebastião Machado de Souza, Oswaldo José dos Santos, Antônio Walter de Souza, Waldemar Petroviski, Adélia Dias dos Santos Almeida, Durvalino Cardoso e Cauby Moreira Quito. Foram empossados também o prefeito Jair Boni Cogo e o vice Durval Vendrame. Com o mandato de seis anos, ele ficou à frente da Prefeitura até o início do ano de 1989.

Marcelo Pelarin

Na eleição de 1988, foi eleito Luiz Tenório de Melo, o Luizinho, e empossados os vereadores Eltes de Castro Paulino, Luiz Gonzaga Maciel e Souza, Antônio Walter de Souza, Sebastião Machado de Souza, José Donizete Ferreira de Freitas, Walter Carlos Resignollo Venditti, Dejaci Carlos da Silva, Joaquim Esquerdo Filho, David Ferreira de Freitas, Adenilson Pereira de Camargo e Antônio de Oliveira Tenório. Eles tomaram posse no início de 1989.

Na eleição de 1992, Jair Boni Cogo obteve 7.398 votos contra 4.383 votos de Paulo Abud, vencendo o pleito. Foram empossados os vereadores Edino Batista Carneiro, José Donizete Ferreira de Freitas, Edson Teodoro da Silva, Ilma Alves da Costa, Adenilson Pereira Camargo, Janete Bortolaia de Freitas, Dejaci Carlos da Silva, Eltes de Castro Paulino, Romão Maiorchini, Juscelino de Araújo e David Ferreira de Freitas.

Édio Amin

Na eleição de 1996, Édio Amin foi eleito prefeito de Cassilândia com 7.203 votos contra 4.477 de Luiz Tenório de Melo. Foram empossados também no início de 1997 os seguintes vereadores: Juscelino de Araújo, Marco Antônio de Souza, José Donizete Ferreira de Freitas, Adenilson Pereira Camargo, Alcir Leonel da Silva, Valteir Camilo de Araújo, Balzar Soares Silva, Márcio Mouzar de Miranda, Ilma Alves da Costa, Dejaci Carlos da Silva e Sebastião Pereira da Silva.

Na eleição de 2000, Jair Boni Cogo foi eleito com 8.542 votos contra 4015 de José Donizete Ferreira de Freitas. Foram ainda empossados os vereadores: Sebastião Pereira da Silva, Lauro Preis, Juscelino de Araújo, Adenilson Pereira Camargo, Silmara Alves Lima, Baltazar Soares Silva, Luiz Gonzaga Maciel e Souza, Alcyr Leonel da silva, Lázaro Antônio Rodrigues e Madalena da Silva Abud.

Otaídes Cruvinel

Já no pleito de 2004, José Donizete Ferreira de Freitas obteve 7.269 votos e venceu Luiz Gonzaga Maciel e Souza, com 4.815 votos. Foram empossados como vereadores Florisvaldo Barbosa Dias, Ozélio da Silva, Romão Maiorchini, Baltazar Soares Silva, Paulo Fernandes Dalastra, Silvoney Veron da Silva, Juscelino de Araújo, Zirlei Assis de Lima e Ênio Freitas Dias.

Em 2008, na eleição municipal de Cassilândia, foi eleito prefeito Carlos Augusto Augusto da Silva, o Carlinhos do TRR, com 6.067 votos contra Baltazar Soares Silva que obteve 4.618 votos e Guilherme Colagiovanni Girotto com 1.764 votos. O vice-prefeito eleito foi Edivaldo Rezende, hoje um próspero empresário e dono do Supermercado Rezende.

Dr. Antônio Teixeira de Lima

Foram empossados como vereadores Arthur Barbosa de Souza Filho, Claudete Dosso, Eder Gomes, Giuliano Tenório Dantas, Renato César de Freitas, Admilso Cesário Santos, Valdecy Pereira da Costa, Florisvaldo Barbosa Dias e Márcia Leonel de Souza Oliveira.

No ano de 2012, Carlos Augusto da Silva foi reeleito prefeito com 7.037 votos contra Armando Vieira Borges, o Armando do Café, com 5.175 votos. O vice-prefeito foi Marcelo Pelarin, que depois tomou posse devido o afastamento do prefeito pela Justiça. Foram empossados os vereadores, de acordo com o TRE, Márcia Leonel, Fião, Chiquinho da Saúde, Florisvaldo da Farmácia, Marcos Leite, Valdecy Pereira da Costa, Arthur Barbosa,  José Martiniano de Moura, Claudete Dosso, Mineiro e Samuel Béu. Foi escolhido presidente da Câmara de Vereadores Valdecy Pereira da Costa.

Caetano Nogueira da Cunha, o “Chaim”, primeiro prefeito nomeado de Cassilândia

Já na eleição de 2016, foi eleito Jair Boni Cogo (PSDB) e Dr. Eltes de Castro vice, com uma votação de 6.956 votos contra 4.654 votos de Armando Vieira Borges.

Foram eleitos os seguintes vereadores: Wesley Ferreira (presidente da Câmara de Vereadores), Cotchea, Márcio Estevo, Ulisses, Dentinho da Eletrokasa, Rui Pintor, Ana Maria, Cassius Clay, Rodrigo, Waldecy e Fião.

Nota da redação: As fotos foram extraídas do Museu da Imagem de Cassilândia no Facebook, organizada pelo André de Assis.

Os dados foram extraídos do livro A História de Cassilândia, de Corino Rodrigues de Alvarenga.

A finalidade desta matéria especial é deixar um banco de dados da história política de Cassilândia disponível na internet para que todos possam ter acesso.

CASSILÂNDIA URGENTE / CORINO DE ALVARENGA

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta